header print

Saiba Como Acabar Com Calos Nos Pés!

 Calos e calosidades são um tipo de anomalia que surgem na pele quando ela fica cada vez mais dura e áspera, especificamente na camada externa dos pés. Os médicos referem-se a esse problema como hiperqueratose, e usualmente surgem devido a fricções prolongadas, pressão sobre a área ou outras formas de irritação. Segundo a Associação Americana de Podologia (American Podiatric Medical Association), nos Estados Unidos, os calos atingem cerca de 5 por cento da população do país todos os anos, e muitos deles sequer buscam ajuda profissional para resolver o problema.
Existem muitas formas de tratá-los, assim como medidas de prevenção que podem ser tomadas para evitá-los. Você pode procurar por um tratamento com um podólogo, mas existem formas naturais que podem ser feitas no conforto da sua casa. Veja todas as informações abaixo.
 
Qual a diferença entre os dois?
como acabar com calos nos pés

Calos - O calo surge quando há um espessamento da pele que cobre uma parte óssea do seu pé. No centro desse calo, há um tipo de caroço muito duro, que surge por causa da forte pressão ou excesso de fricção. Usualmente os mais duros surgem na superfície dos dedos dos pés, enquanto outros calos mais flexíveis formam-se entre os dedos.

Calosidades - Surgem quando há fricção em excesso na área. Embora seja mais comum nas solas dos pés, também podem surgir em outras partes do corpo. Por exemplo, pessoas que executam trabalhos pesados e adeptos de musculação costumam ter calos grossos nas mãos. Este espessamento da pele pode até ser considerado uma vantagem, pois pode amortecer as mãos, protegendo a pele e, assim, impedindo que sintam dor ao executar tais tarefas. Nos pés, esses calos aparecem debaixo dos dedos do pé.

Sintomas
Calos e calosidades são usualmente caracterizados por uma formação escura na área (marrom, vermelha ou até preta), que surge devido a uma pequena quantidade de sangramento entre a pele normal e a pele grossa. Nos casos mais severos, pode ocorrer a separação da pele normal e da mais espessa, levando a infecções ocasionais. Os diabéticos em particular precisam prestar mais atenção se eles tiverem mais calos e calosidades.

Diagnóstico
Caso procure um médico ou dermatologista para tratar desse problema, primeiramente o profissional irá perguntar sobre os seus calçados. Em seguida, ele pode querer saber o histórico de saúde dos seus pés e se você já teve algum problema anteriormente, e pode perguntar também sobre outras doenças como diabetes e problemas de circulação. Além disso, calos e calosidades podem surgir como resultado de algumas mudanças no funcionamento dos pés, como alguns pontos de pressão em certas áreas.

Prevenção
como acabar com calos nos pés

A melhor forma de prevenir calos e calosidades é, primeiramente, escolher calçados adequados, que devem ser confortáveis, não apertados e, no caso de saltos, não devem ser muito altos. O ideal é experimentá-los antes de levar. Verifique o material e veja se os seus pés conseguem "respirar", ou seja, evite materiais que façam a pele dos seus pés transpirarem demais, como tecidos muito espessos que evitam entrada e saída de ar. Veja abaixo algumas outras formas de prevenção:

  • Mantenha seus pés em boas condições: Deixe seus pés sempre limpos e secos o tempo todo. É difícil evitar a transpiração, mas pode-se evitar que os pés fiquem úmidos o tempo todo.
  • Proteja as áreas mais sensíveis: Se pretende fazer longas caminhadas e corridas, cubra as áreas dos pés que são mais sensíveis e propensas a calos, como calcanhares e a base dos pés. Uma boa dica é fazer uso da vaselina para proteger a pele do excesso de fricção.
  • Dê uma pausa aos seus pés: Troque seus sapatos de vez em quando. Por exemplo, ao usar sandálias com frequência, a probabilidade de ter calos é muito maior, pois esse tipo de calçado tem pouca proteção para os pés. Uma boa opção é usar tênis adequados para atividades físicas, pois são leves e feitos com tecidos adequados que deixam a pele dos pés respirar.
 

Tratamento
Basicamente, há dois procedimentos comuns para tratar esse problema. Um deles é lixar a pele grossa da calosidade, com lixas especializadas para isso. Outra solução é inserir algumas proteções dentro dos calçados para evitar o excesso de fricção da pele.
Depois de remover calos e calosidades, uma boa dica é tratar a área com ácido salicílico, em forma de cosmético ou adesivos, que podem ser encontrados em farmácias e lojas de cosméticos, embora não sejam adequados para quem tem neuropatia ou problemas de circulação.
Em casos mais severos, pode ser necessário um tratamento mais longo com um podólogo ou até mesmo uma cirurgia.

Faça Você Mesmo: Tratamento Caseiro em 3 Passos

Se você quer acabar com esse problema nos pés no conforto do seu lar, veja abaixo o passo a passo de como proceder. Há diferentes formas em cada passo, então você pode escolher qual a melhor opção para o seu caso.

1. Imersão
como acabar com calos nos pés
Nesse processo, você deve misturar alguns produtos em água quente e deixar seus pés embebidos nessa mistura. Você também pode massagear seus pés para otimizar o processo. Os remédios naturais abaixo têm excelentes propriedades que vão ajudar a acabar com os calosidades:
  • Bicarbonato de sódio: Esse maravilhoso ingrediente atua como esfoliante natural por causa dos pequenos cristais contidos nele, que ajudam a suavizar a pele mais dura. Adicione três colheres de sopa de bicarbonato à água quente e deixe seus pés imergidos por 30 minutos para remover células mortas da pele. Quer saber mais sobre os benefícios do bicarbonato? Clique aqui e confira!
  • Chá de camomila: Esta erva é conhecida por ter um efeito suavizante na pele, e tem propriedades anti-inflamatórias que ajudam a reduzir o desconforto. Antes de dormir, prepare 2 xícaras de chá de camomila, despeje-as em uma bacia com um pouco de água quente e deixe em imersão por 30 minutos. Depois, lave os pés com água e sabão antes de deitar, para não deixar a sua cama com aroma de camomila. 
  • Vinagre de maçã: Faça bom uso da acidez do vinagre e acabe com os calos, mantendo sua pele mais suave, acelerando o processo de cura. Pegue uma fatia de pão e deixe-a embebida em vinagre de maçã durante 10 horas, formando uma pasta. Depois, aplique-a nos calos e calosidades, coloque algo para selar os pés, como um tecido para curativo ou saco plástico antes de dormir. Deixe agir durante a noite e lave com água quente pela manhã. Quer saber mais sobre os incríveis benefícios deste vinagre para a sua saúde? Confira clicando aqui.
  • Sal de Epsom: Esse é um dos remédios caseiros mais eficazes para calos. Adicione sal de Epsom em uma bacia com água quente e deixe os pés imergidos por cerca de 10 minutos para amolecer os calos, calosidades e toxinas, para então removê-las por completo. Esfregue a área com uma escova macia (veja no próximo passo) e veja se o sal consegue remover a pele dura. O sal de Epsom também ajuda a prevenir contra infecções.
2. Esfregar
como acabar com calos nos pés
Esfregar os pés é fundamental para remover calos, e a melhor forma é fazer isso logo após o banho (ou até antes, se você já deixou os pés em imersão em um dos métodos acima). Este processo vai ajudá-lo a eliminar a pele mais dura dos pés.
  • Aproveite que a pele dos seus pés ainda está suave e úmida após a imersão ou o banho, e esfregue a área com pedra-pomes.
  • Esfregue fazendo movimentos circulares até a pele ficar mais fina e de coloração rosa.
3. Secar
como acabar com calos nos pés

Depois de esfregar, certifique-se de secar seus pés corretamente. Para isso:

  • Utilize toalhas secas para remover qualquer tipo de umidade.
  • Você pode aplicar um pouco de amido de milho na área afetada para mantê-la seca e prevenir infecções.

Importante: Se você é diabético, precisa de ajuda profissional para acabar com calos e calosidades ao invés de realizar esses métodos.

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
App Logo
Nosso app é fácil!