header print

Consumir Muito Destes Alimentos Saudáveis Pode Fazer Mal

Médicos e especialistas sempre nos falam que nós devemos comer alimentos menos gordurosos, mais vegetais, frutas e outras coisas. Ninguém, no entanto, se preocupa em nos avisar que certos alimentos saudáveis também podem se transformar em alimentos tóxicos em um piscar de olhos, se consumidos em grande escala. A maioria das pessoas não poderia imaginar que esses 6 alimentos podem ser terríveis dependendo da quantidade, o que os torna ainda mais perigosos. Lembrem-se, esses alimentos são saudáveis em moderação, então não deixe de consumi-los, somente certifique-se de não ingerir muito.
 
1. Carnes magras
Alimentos saudáveis que enganam
Carne é uma das melhores fontes de proteínas e vitamina B-12 e a maioria dos dietistas irão aconselhar seus pacientes a consumir carnes magras e evitar carnes gordas. O problema é que consumir muita proteína animal causa no corpo a reação da produção de um hormônio chamado IGF-1 (Sigla em inglês para Fator de Crescimento Semelhante à Insulina Tipo 1). Esse hormônio pode acumular-se no corpo e levar ao envelhecimento acelerado e câncer. Se você precisa de mais proteínas, tente balancear a sua dieta com carne magra e vegetais.
2. Laranjas e tomates
Alimentos saudáveis que enganam
Ambas as frutas são ricas em vitamina C e são constantemente recomendadas por causa dos seus benefícios. Embora elas sejam de fato boas para a saúde, quando consumidas em excesso podem tornar-se um problema sério. Tomates e laranjas são altamente ácidos, e uma grande quantidade ingerida dessas frutas pode te levar a desenvolver refluxo. Sozinho, o refluxo ácido é relativamente inocente, mas em repetidos ataques irá danificar o seu esôfago e causar o que chamamos de esôfago de Barrett, um estado onde o esôfago fica coberto de escoriações pré-cancerosas.
3. Espinafre
Alimentos saudáveis que enganam
Essa folha verde é rica em vitaminas, minerais, ferro, proteína e fibra: é um aliado maravilhoso da sua dieta. O espinafre é também uma boa fonte de luteína, popularmente conhecida como a vitamina dos olhos e que ajuda a prevenir a degeneração macular. Então, você deve estar se perguntando, mas qual é o problema? A resposta é que espinafre também possui altos níveis de oxalatos, o que desencadeia a formação de pedras nos rins. Se você tem um histórico de pedras nos rins, deve evitar o espinafre.
 
4. Soja
Alimentos saudáveis que enganam
Uma substituta da carne para os vegetarianos, a soja é rica em proteína, ajuda a reduzir os níveis de colesterol e até mesmo reduzir a pressão arterial. No entanto, a soja também tem um ‘’lado negro’’ - ela dificulta a absorção do ferro no corpo, o que pode levar a uma anemia. Além disso, a soja tem fitoestrógeno, que imita o hormônio feminino estrógeno. O fitoestrógeno pode levar à hiperplasia endometrial, o que pode ajudar a desenvolver o câncer uterino. Além disso, se consumido em grandes quantidades por homens, o fitoestrógeno pode levar ao desenvolvimento de características femininas.
5. Atum enlatado
Alimentos saudáveis que enganam
O atum enlatado é frequentemente recomendado por dietistas e treinadores como uma boa fonte de proteína, também por ter baixo teor de calorias. No entanto, problemas surgem por causa do alto nível de mercúrio encontrado nas latas de atum. A intoxicação pelo mercúrio causa problemas de visão, fala e audição, a coordenação fica prejudicada e também podem ocorrer danos severos aos tecidos musculares. Em casos graves, pode ser irreversível, por isso não coma mais que cinco latas por semana.
6. Castanhas do Pará
Alimentos saudáveis que enganam
Com moderação, as castanhas do Pará são pequenas delícias e bombas de saúde; ricas em fibras, proteínas e ácidos graxos. Acrescente isso à sua capacidade de reduzir os níveis de colesterol e a pressão arterial e vocês vão pensar que as castanhas definitivamente podem ser um bom lanche ou uma refeição leve. Contudo, problemas surgem devido ao alto nível de selênio nessas castanhas. O selênio é um nutriente essencial, mas em grandes doses torna-se tóxico e essa toxicidade pode levar à queda de cabelo, unhas quebradiças, danos neurológicos e eventualmente à morte. Pra ter certeza de que você não está excedendo a quantidade, evite comer mais que 10 por dia.
Bônus: Água
Alimentos saudáveis que enganam
Água é fonte de vida. Nós precisamos dela para sobreviver e não podemos ficar mais do que 3 dias a mesma. As pessoas em média precisam de cerca de 3 litros de água por dia para continuarem saudáveis e energéticas.
Mas o que aconteceria se consumíssemos muito mais do que o esperado? Beber 6 litros de água dentro de um período de três horas pode levar a uma intoxicação, um estado onde o equilíbrio de eletrólitos do corpo é perturbado.
No início desta condição, o fluído de fora das células tem uma quantidade muito baixa de sódio e outros eletrólitos. Isso causa o inchaço das células. No cérebro, esse inchaço aumenta a pressão intracraniana, o que pode levar à dores de cabeça, mudanças de personalidade e comportamento, confusão, irritabilidade e sonolência.
Estes sintomas podem ser seguidos por dificuldades de respirar durante algum esforço; fraqueza, dores e câimbra nos músculos; náuseas, vômitos, sede e uma capacidade reprimida de perceber e interpretar informações sensoriais. As células do cérebro podem inchar até o fluxo de sangue ser interrompido, resultando em um edema cerebral, ou podem pressionar o tronco cerebral ou encefálico, causando a disfunção do sistema nervoso central. O edema cerebral e a interferência com o sistema nervoso central são perigosos e podem resultar em convulsões, danos ao cérebro, coma ou até a morte.
Portanto, lembre-se sempre: o segredo da vida é a moderação!
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
App Logo
Nosso app é fácil!