header print

Um Composto de Fruta Inibe o Crescimento de Pedra Nos Rins!

 Parece que a medicina realizou recentemente uma grande descoberta – uma pesquisa revolucionária descobriu que o extrato natural de uma fruta é capaz de dissolver o oxalato de cálcio, o composto químico que forma os temidos cálculos renais, mais conhecidos como pedras nos rins. Esses resultados fornecem uma base sólida que pode ser um grande salto nas pesquisas médicas no tratamento de cálculo no renal nos últimos 30 anos.
 

Os resultados foram publicados no dia 8 de agosto de 2016 na edição virtual da conceituada revista científica britânica Nature por Jeffrey Rimer, autor principal deste estudo, que é professor associado de engenheira química da Universidade de Houston, nos Estados Unidos. A pesquisa descobriu, pela primeira vez, que um componente chamado ácido hidroxicítrico é efetivo na inibição do crescimento de oxalato de cálcio.

Quando este ácido é colocado sobre certas condições, tem a habilidade de dissolver o oxalato de cálcio que forma as pedras nos rins. Os resultados publicados na revista mencionada acima são a junção de experimentos computacionais e estudos humanos.

pedra nos rins tem cura

As pedras nos rins são mais comuns do que podemos imaginar – afetam cerca de 12% dos homens e 7% das mulheres. Os riscos são ainda maiores para indivíduos que têm pressão alta, diabetes ou são obesas.

Apesar de inúmeros estudos relacionados às pedras nos rins realizados no mundo todo, o tratamento para esse problema não evoluiu muito nos últimos 30 anos. O tratamento convencional prescrito pela maioria dos médicos é tomar muita água e evitar o consumo de alimentos ricos em oxalato de cálcio, como ruibarbo, quiabo, espinafre e amêndoas.

Ocasionalmente, médicos também prescrevem um suplemento à base de citrato de potássio para reduzir o crescimento das pedras. Infelizmente, este suplemento não pode ser consumido por todos, pois algumas pessoas têm intolerância à substância, o que desencadeia efeitos colaterais.

 
pedra nos rins tem cura

John Asplin, um nefrologista da Litholink Corporation (empresa científica que estuda e trabalha na prevenção de pedras nos rins), foi o primeiro a sugerir que o ácido hidroxicítrico seria um potencial tratamento para acabar com a enfermidade.

Estudos similares sobre o citrato de potássio e o ácido hidroxicítrico mostraram que ambos os componentes são capazes de inibir o crescimento de oxalato de cálcio, mas o ácido é mais eficaz, e mostrou mais benefícios que podem ser bem mais vantajosos no uso de novas terapias no tratamento de pedras nos rins.

O ácido hidroxicítrico também foi usado em estudos humanos como parte da pesquisa e nos resultados publicados na revista. Os participantes tomaram o suplemento por três dias para que os pesquisadores pudessem examinar qual composto foi eliminado através da urina, que é um pré-requisito para um suplemento ser efetivo em um tratamento como este.

pedra nos rins tem cura

O resultado foi positivo, pois o composto agiu bem em todos os participantes, embora ainda sejam pesquisas iniciais para criar um medicamento que pode ser feito no futuro, para acabar com o problema do cálculo renal.

Apesar da pesquisa estar ainda em seus primeiros passos, há uma grande esperança por parte dos pesquisadores em desenvolver esse remédio o mais rápido possível. Por enquanto, ainda há algumas questões a serem respondidas, como a segurança do composto para os pacientes em uso no longo prazo, assim como a dosagem certa.

A capacidade de interromper o crescimento do oxalato de cálcio e, em alguns casos, dissolvê-lo completamente, mostra que o ácido hidroxicítrico terá um enorme impacto sobre a taxa de incidência global de pessoas que sofrem de pedras nos rins.

Créditos: sciencedaily.com | Imagens: 1, 2, 3

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: