header print

Uma Dieta Saudável Para o Cérebro Também é Importante!

 A alimentação e a nutrição podem desempenhar um papel influente quando se trata da saúde do seu cérebro. Uma recente pesquisa sugere que o que você come pode afetar suas habilidades de pensamento, e diminuir ou acelerar o aparecimento de demência e Alzheimer. Os pesquisadores acreditam que a nutrição pode desempenhar um papel na prevenção do encolhimento do cérebro conforme as pessoas envelhecem. Estudos recentes observaram que adultos mais velhos que seguiram uma dieta mediterrânea apresentaram maior volume cerebral do que pessoas na mesma faixa etária que seguiram outras dietas.
 
A Dieta da Mente (The Mind Diet), desenvolvida por Martha C. Morris, do Rush Medical Center em Chicago, Estados Unidos, é uma combinação da dieta mediterrânea e da dieta DASH (Dietary Approaches to Stop Hypertension, ou Abordagens Dietéticas Para Acabar com Hipertensão). Esta dieta progressiva mescla as práticas saudáveis de ambos os planos de alimentação para ajudar a beneficiar o cérebro.
 
os benefícios da dieta do cérebro tudoporemail

Esta nova super dieta recomenda o consumo de muitas frutas, legumes, nozes e verduras. Recomenda-se grãos integrais, quantidades moderadas de vinho (uma taça ou duas por dia) e enfatiza o consumo de peixe, aves e sementes. A dieta descarta e bane gorduras saturadas, açúcar e sal. Há uma pequena quantidade de laticínios, ovos e carne vermelha, mas inclui muito azeite.

Este estilo de comer pode reduzir a inflamação e o acúmulo de placa no cérebro. A inflamação tem sido associada à doença de Alzheimer e outras doenças crônicas. Uma dieta típica ocidental não é tão diversa e é rica em açúcar, sal, gorduras saturadas e alimentos processados, que levam à inflamação. Já os nutrientes da Dieta da Mente podem bloquear caminhos para a doença de Alzheimer. Foi observado que alimentos como azeite, uvas, bagas, ameixas, damascos, vegetais verdes folhosos e nozes reduzem o acúmulo de placa no cérebro.

 
os benefícios da dieta do cérebro tudoporemail

Essa dieta também favorece os alimentos anti-inflamatórios e corta alimentos inflamatórios. Por exemplo, ácidos graxos ômega-3 encontrados em peixes, sementes, nozes e azeite são anti-inflamatórios. Um estudo feito com 1.200 adultos com idade superior a 65 anos, que acompanhou de perto uma dieta mediterrânea durante quatro anos, mostrou que o risco de Alzheimer caiu em 34%, em comparação aos que não consumiram esse tipo de alimentação.

O Alzheimer também tem sido chamado de "diabetes tipo 3" por alguns pesquisadores. Dietas ricas em açúcar aumentam o risco de desenvolver diabetes, o que por sua vez aumenta o risco de doença de Alzheimer. A resistência à insulina causada pela diabetes tipo 2 resulta em danos nos tecidos cerebrais, declínio mental e outros sinais precoces de Alzheimer. A Dieta da Mente corta todos os tipos de açúcar.

os benefícios da dieta do cérebro tudoporemail
Um fator adicional ao desenvolvimento da doença de Alzheimer é o estresse oxidativo. Isso ocorre quando o sistema imunológico não pode parar os efeitos prejudiciais das toxinas que entram ou se desenvolvem no corpo. Há evidências de que dietas ricas em alimentos antioxidantes combatem o estresse oxidativo. A Dieta da Mente recomenda alimentos como mirtilos e espinafre, que contêm muitos antioxidantes.
Fonte: webmd.com
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade