maavaron
Você está sendo transferido para a página solicitada...
header print

Por Que Algumas Pessoas Sentem Mais Frio?

Todos nós sentimos frio. Porém, algumas pessoas sentem mais frio do que outras, especialmente nos pés e mãos. Por que isso acontece? O que as faz sentir mais frio?
 
Aqui estão algumas explicações dos motivos pelos quais você sente mais frio do que a maioria das pessoas.
 
 
 
Hipotireoidismo
A glândula tireoide supervisiona o metabolismo do corpo com a ajuda de dois hormônios: tiroxina (T4) e triodotironina (T3), que são formados a partir do iodo. O mau funcionamento da tireoide pode levar à sua pouca atividade (hipotireoidismo) ou à demasiada atividade (hipertireoidismo).
 
No hipotireoidismo, o metabolismo fica mais lento, manifestando-se pela sensibilidade ao frio, cansaço, aumento de peso, batimentos cardíacos mais lentos, perda de cabelo, cãibras, ressecamento da pele, unhas fracas e redução da libido.
 
“Exames de sangue do tipo padrão normalmente não registram 50 por cento dos casos de hipotireoidismo”, explica o Dr. Jacob Teitelbaum, autor do livro De Fatigado a Fantástico. Se o exame de sangue específico para o problema não acusar nenhuma anormalidade,” diz Teitelbaum, “mas você sente que há algo errado, talvez precise consultar com um médico mais generalista, mais holístico.”
 
 
 
 
Carência de ferro
O ferro é necessário para transferir o oxigênio do sangue às células do corpo, que fornecem energia. Baixos níveis de ferro no organismo podem ser a explicação para o seu frio. “Se você não tem energia devido à carência de ferro, seu termostato interno pode se danificar e por isso você sente frio”, diz o Dr. Teitelbaum.
 
Peça ao seu médico para fazer um exame de sangue e verificar a capacidade de retenção de ferro no seu organismo. Os níveis normais para homens são 12-300 nanogramas por ml. Para mulheres, 7-140 nanogramas por ml. Para crianças, 7-140 nanogramas por ml.
 
Se o exame indicar uma baixa contagem de ferro, é preciso ter cuidado, pois isso pode levar à anemia. Você pode aumentar seus níveis de ferro consumindo carne vermelha, fígado bovino ou ostras. Feijão preto também é bom. E, é claro, existem os suplementos vitamínicos. Porém, recomenda-se uma consulta médica.
 
 
Falta de sono
Quando o corpo não descansa o suficiente, o sistema nervoso, que auxilia a regular a temperatura corporal, fica debilitado e pode manifestar esse estado através da baixa temperatura do corpo. Em décadas passadas, muito mais pessoas conseguiam dormir as saudáveis oito horas noturnas. Porém, na era dos televisores, celulares, internet e afins, esse período de repouso está encolhendo e, com ele, a qualidade do sono. Permita-se fazer tempo para as horas essenciais de sono necessárias para manter o equilíbrio do seu sistema nervoso.
 
Síndrome de Raynaud
Se você sente dores ou formigamento nas mãos sempre que está ao ar livre, pode ser que esteja sofrendo da Síndrome de Reynaud. "Isso ocorre quando os vasos capilares que fornecem sangue à pele se encolhem e restringem o fluxo de sangue para as extremidades", diz o Dr. Teitelbaum.
 
Esta síndrome se manifesta pela aparência pálida nas extremidades dos dedos das mãos e pés e, em muitos casos, como resultado de exposição prolongada ao frio, acompanhada de pressão no crânio. Também pode ocorrer devido ao uso excessivo de cigarros ou uso de vasoconstritores. Para saber se você tem esse problema, ponha seus dedos no freezer e veja se eles fica, brancos. Tomar suplementos de magnésio pode ajudar a combater os sintomas, bem como parar de fumar, usar luvas e meias e tratar do problema da pressão craniana crônica.
 
Cândida
A cândida é um fungo relacionado à fermentação, encontrado naturalmente no cólon e que é controlado por nosso sistema imunológico. Às vezes, a cândida foge do controle, causando pressão nas atividades do hipotálamo, uma área do cérebro responsável, entre outras coisas, pela regulagem e monitoramento da temperatura corporal. Normalmente, a cândida se prolifera em pessoas que tomaram muitos antibióticos, que afetam negativamente as bactérias boas nos intestinos e se manifestam através de prolongadas dores de cabeça, cansaço e sensibilidade ao frio. Nas mulheres, aparecem também em forma de corrimento vaginal.
 
"Para livrar-se da cândida", diz o Dr. Teitelbaum, "recomenda-se o consumo de substâncias probióticas e limitar o consumo de açúcar e fermento, para não alimentar o fungo."
 
 
Estresse
Uma das maiores características da nossa sociedade atual é o estresse. Embora seja impossível eliminar todas as preocupações do nosso dia a dia, o estresse pode sobrecarregar o hipotálamo e causar problemas no seu funcionamento. Até mesmo um nível baixo de estresse que não melhora pode acumular-se e debilitar as funções do organismo que dependem do hipotálamo, como o bom funcionamento da glândula tireoide ou o controle da temperatura interna do corpo.
 
Não é fácil combater o estresse, mas entre as melhores  soluções estão a meditação, a ioga, os exercícios físicos, a prática de algum esporte por hobby, focar-se nos aspectos positivos da vida, encontrar momentos para descansar e eliminar as causas do estresse.
 
Existe sim magreza excessiva
Animais que vivem nos lugares frios, como focas, baleias, pinguins e ursos, possuem uma espessa camada de gordura no corpo, que funciona como isolante contra as baixas temperaturas do ambiente. Uma pessoa que tenha pouquíssima gordura, automaticamente torna-se mais sensível ao frio. Certifique-se de que o seu IMC (Índice de Massa Corporal) não seja inferior a 18.5, que é o mínimo considerado saudável.
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
App Logo
Nosso app é fácil!