header print

A Verdade Sobre o Pão Branco

Ainda que muitas pessoas gostem de consumir pão branco, gostaríamos de informar-lhe sobre este alimento. Você ficará surpreso ao aprender que o pão branco não só faz mal à saúde, como pode ser realmente perigoso!pão branco
 
 
Durante décadas, o governo da Suíça teve consciência dos perigos escondidos no pão branco e, para fazer com que a população parasse de consumi-lo, estabeleceu um imposto sobre o produto. O dinheiro arrecadado é repassado aos padeiros para reduzir os custos de elaboração do pão integral e fomentar seu consumo.
 
No Canadá, o governo sancionou uma lei que proíbe o "enriquecimento" do pão branco com vitaminas artificiais. O produto deve conter as vitaminas originalmente encontradas no grão de trigo.
 
O pão branco é, basicamente, um pão "morto". Muitas vezes, os consumidores não são informados desse fato e do que significa "sabor enriquecido".
 
Por que a cor do pão é tão branca, quando a cor da farinha de trigo não é?
 
Isso acontece porque a farinha utilizada para elaborar o produto é branqueada mediante procedimentos químicos, da mesma forma com que branqueamos nossas roupas. Quando você come pão branco, também está ingerindo os resíduos químicos derivados desse processo. Os moinhos utilizam diferentes métodos de branqueamento, todos eles muito prejudiciais à saúde. Alguns materiais empregados no processo de branqueamento da farinha de trigo são: óxido de nitrogênio, cloro e peróxido de benzila, misturados a vários sais químicos.
 
O óxido de cloro, combinado com pão brancoqualquer uma das proteínas que fiquem na farinha, produz aloxana, um veneno provou ser gerador de diabetes em animais de laboratório.
 
O óxido de cloro destrói o necessário óleo de gérmen de trigo e reduz a vida útil da farinha.
 
Boa nutrição: claramente, você não irá encontrá-la no pão branco, já que a metade dos ácidos graxos insaturados de grande valor alimentício se perdem no processo de trituração e a vitamina E se perde na remoção do gérmen e no farelo de trigo. 
 
O pão branco que compramos diariamente deriva deste processo, que termina por transformá-lo num produto de baixa qualidade em termos de proteínas e alta quantidade de amido, que apenas engorda. Mas isso não é tudo. 
 
Aqui estão algumas estatísticas sobre a perda de nutrientes na elaboração do pão:
 
50% de cálcio
 
70% de fósforo
 
80% de ferro
 
98% de magnésio
 
75% de manganês
 
50% de potássio
 
60% de cobre
 
80% de tiamina, 60% de riboflavina, 75% de niacina e 50% de ácido pantotênico 
 
50% de piridoxina
 
 
Pesquisas científicas confirmaram o que os suíços já sabiam há anos. Esses números são o resultado de um estudo conduzido na faculdade de agricultura da Universidade da Califórnia. Está  claro, depois do que aprendemos, que o pão branco DEVE ser evitado.
 
Os pães integrais, de centeio ou de farelo são as melhores opções.
 
É uma boa ideia começar a ler as etiquetas deixar de comprar produtos que contêm flavorizantes e colorantes artificiais, farinhas branqueadas, conservantes e gordura hidrogenada ou parcialmente hidrogenada. 
 
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: