header print

Saúde: Devemos Reduzir a Nossa Ingestão de Água Com Gás?

 É um fato bem conhecido que a água é uma parte essencial de nossa dieta diária, afetando a maneira como pensamos, sentimos e funcionamos no dia a dia. No entanto, enquanto a água natural é benéfica para nosso corpo, poderíamos dizer o mesmo para a versão com gás? Vamos descobrir!
 
 
Devemos reduzir a nossa ingestão de água com gás?

1. A água efervescente hidrata como a água natural?

O zumbido da água com gás vem do dióxido de carbono. No entanto, ao contrário da crença popular, essa efervescência não impede o seu corpo de absorver a água. De fato, em um estudo, descobriu-se que, após um intenso treino, a água carbonatada substituía fluidos entre os participantes tão bem quanto a água natural sem gás.

2. A água com gas é ruim para os dentes?

Em concentrações muito elevadas, o ácido carbônico pode corroer o esmalte dos dentes. Mas, como você não bebe seis garrafas de água efervescente por dia, seu sorriso está seguro. Além disso, um estudo que analisou se a água com gás está ligada à menor densidade mineral óssea em mulheres não encontrou uma correlação significativa.

 
3. A água com gás adiciona alguns centímetros à sua cintura?​
Devemos reduzir a nossa ingestão de água com gás?
Beber água gaseificada pode deixar-lhe com a sensação de inchaço. No entanto, isso pode no fim das contas ser algo positivo. Os pesquisadores descobriram que a água carbonatada pode ser significativamente mais saciadora do que a água sem gás, especialmente quando você está com o estômago vazio. E quanto mais saciado você se sentir, menos provável que você irá atacar a geladeira e comer alguns salgadinhos ou doces antes das refeições. Apenas certifique-se de evitar a água embalada com adoçantes artificiais, que pode realmente não fazer bem e te engordar pela quantidade de açúcar!

4. A água gaseificada dá azia?
Enquanto os pesquisadores têm tentado desmentir esse pensamento que a água com gás pode causar refluxo ácido, se você é uma pessoa propensa a azia, sua melhor opção é consumi-la especialmente com as refeições. Estudos têm demonstrado que as bolhas podem agravar problemas de refluxo pré-existentes, relaxando a abertura inferior do esôfago, tornando mais fácil para o ácido a rastejar até o seu esôfago.
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: