header print

10 Alimentos Que Causam Dor e Mais Inflamações Nas Circulações

 

Dor nas articulações é um problema de saúde comum que causa muito desconforto, podendo variar de acordo com a sua gravidade, como sendo uma dor aguda ou crônica. Artrite e gota tendem a ser as duas principais causas dessa enfermidade, mas isso também pode resultar de tensões musculares, ossos quebrados ou deslocados, bursite, fibromialgia, leucemia e lúpus.

Apesar do enorme desconforto e nos problemas que isso pode causar no nosso dia a dia, essa dor pode ser gerenciada com medicação, exercício ou métodos mais naturais. A dieta também desempenha um papel fundamental nesse problema. O recomendável é optar por alimentos com agentes anti-inflamatórios, como gengibre, açafrão e alho para ajudar a combater a dor. E se você tem dores constantes nas articulações, é essencial que saiba das informações abaixo. Trata-se de uma lista de alimentos que você deve evitar e que podem agravar a sua enfermidade. Confira.

 
1. Carne processada e carne vermelha
alimentos dor articulações

Essas carnes contêm nitratos e purinas, elementos químicos que aumentam as inflamações no corpo. As carnes processadas ainda são ricas em toxinas e contém um elemento chamado Advanced Glycation End Product (AGE), que causa muitas inflamações no organismo.

Um estudo publicado em 2014 pela Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos, mostrou que um elemento encontrado na carne vermelha chamado glycan promove o desenvolvimento de inflamação sistemática e aumento de câncer. Além disso, outro estudo publicado pelo American Journal of Clinical Nutrition (Revista Americana de Nutrição Clínica) encontrou uma ligação entre o consumo de carne vermelha e os biomarcadores da inflamação.

Alternativa: Consuma mais legumes e verduras e alimentos ricos em fibras.

2. Açúcar artificial e refinado
alimentos dor articulações

Esses tipos de açúcar também aumentam o nível de AGE no corpo, causando inflamação. O açúcar também libera um agente inflamatório no corpo chamado citocina. O excesso de açúcar também leva ao aumento de peso, o que consequentemente coloca mais pressão sobre as juntas, aumentando a dor.

Em 2014, um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition (Revista Americana de Nutrição Clínica), mostrou que o consumo regular de refrigerante aumenta o risco de artrite reumatoide em mulheres, independentemente da dieta que ela segue. Por isso, evite refrigerantes, sucos industrializados, doces industrializados e qualquer outro produto com açúcar artificial.

Alternativa: Opte por adoçantes naturais, como mel ou estévia.

3. Laticínios
alimentos dor articulações

Produtos lácteos também podem contribuir para a dor nas articulações, pois são ricos em caseína, uma proteína que, apesar de ser boa para a saúde (pois contém fósforo), pode aumentar a inflamação das juntas, piorando as dores. Um relatório do Physicians Committee for Responsible Medicine (Comitê de Médicos para Medicina Responsável) mostrou que este tipo de proteína também pode causar irritação no tecido ao redor das articulações.

Gorduras saturadas encontradas em produtos lácteos gordurosos, como leite, manteiga e queijo, também foram listados como alimentos que desencadeiam a inflamação, causando dor nas articulações. O ideal, neste caso, é evitar leite pasteurizado.

Alternativa: Opte por leite de soja, arroz ou amêndoa, dentre outros leites vegetais. No lugar da manteiga e do queijo, use tofu margarina e outros produtos não lácteos.

4. Óleo de milho
alimentos dor articulações

O óleo de milho é rico em ácidos graxos ômega-6, o que pode fazer com que o corpo produza elementos químicos pró-inflamatórios. De acordo com um estudo publicado em 2012 no Journal of Nutrition and Metabolism (Revista de Nutrição e Metabolismo), um aumento na ingestão de ácidos graxos ômega-6 pode potencializar doenças inflamatórias. No entanto, ele é necessário na alimentação, por isso o ideal é consumir açafrão, semente de girassol, óleo de semente de uva, soja e amendoim.

Alternativa: Consuma os alimentos acima mencionados com moderação. Outros alimentos com ômega-6 incluem azeite, nozes, linhaça e sementes de abóbora.

 
5. Farinha e grãos refinados
alimentos dor articulações

Farinha e grãos refinados contêm alto índice glicêmico que desencadeiam a produção de AGEs, estimulando a inflamação. De acordo com um estudo de 2013 publicado na revista Nutrients, consumir produtos de trigo ou grãos de cereais diariamente pode causar inflamação crônica e doenças autoimunes. Esses grãos também são desprovidos de fibras e vitaminas do complexo B. Consumir esses produtos regularmente também pode aumentar o risco de doenças degenerativas como câncer, doenças cardíacas e diabetes.

Alternativa: Opte por produtos integrais. Substitua a farinha de trigo por farinha de coco, amêndoa ou arroz, dentre outras opções.

6. Ovos
alimentos dor articulações

Os ovos são alimentos saudáveis, mas quem tem problema nas articulações deve evitá-los, pois pode causar inchaço e aumentar as dores. O ovo – especialmente a gema – contém ácido araquidônico, que leva à produção de prostaglandinas, que contribui para inflamação e, consequentemente, aumenta a dor.

Alternativa: Se você gosta de comer ovos no café da manhã, evite a gema de vez em quando e consuma apenas as claras.

7. Whey Protein
alimentos dor articulações

Amplamente usado por quem faz musculação para ganhar massa muscular mais rápido, o whey protein também integra a lista, por causa da alta quantidade de glúten e caseína nele encontrado. A caseína é um tipo de proteína que pode causar a produção de ácido úrico no corpo, o que causa inflamação e dor, e o que é pior: isso pode desencadear a gota.

Além disso, pessoas sensíveis ao glúten podem sofrer de inflamação crônica e dor generalizada. Um estudo realizado em 2013 e publicado no Journal of Nutritional Biochemistry, mostrou que uma dieta sem glúten reduz a inflamação e a resistência à insulina.

Alternativa: Opte por fontes saudáveis de proteína magra, como feijão, nozes e sementes.

8. Sal refinado
alimentos dor articulações

Se você sofre de dores nas articulações, sal refinado é um ingrediente que você deve evitar. No processo de refinamento, o sal perde o fósforo, um mineral que o seu corpo precisa para funcionar corretamente. Diminuir o consumo de sal refinado também pode evitar a perda de cálcio dos ossos, reduzindo o risco de osteoporose e fraturas.

Alternativa: Utilize o sal marinho ou o sal do Himalaia rosa, e tente utilizar menos em seus preparos. Muito cuidado com os alimentos processados, riquíssimos em sal e outros conservantes para aumentar a validade do produto.

9. Alimentos com glutamato monossódico
alimentos dor articulações

O glutamato monossódico é um aditivo alimentar que aumenta o sabor e tem propriedades conservantes. Ele é comumente encontrado em alimentos industriais, como sanduíches e pizzas congeladas, refeições congeladas, comida chinesa pronta, molhos para saladas e batatas fritas. O glutamato monossódico desencadeia inflamação e dores no corpo, não somente nas juntas. É muito mais prejudicial para pessoas que já sofrem de doenças como a artrite reumatoide.

Alternativa: Coma alimentos frescos caseiros e use produtos orgânicos quando necessário, evitando temperos artificiais. Fuja dos congelados dos supermercados.

10. Cerveja
alimentos dor articulações O consumo de bebidas alcoólicas já não é bom neste caso, em especial a cerveja. Estudos têm associado a bebida ao aumento de risco de desenvolver gota e artrite reumatoide. Ela também é rica em purina, que o organismo converte em ácido úrico, causando inflamação. Por último, a cerveja contém uma boa quantidade de glúten, que já citamos anteriormente, e que aumenta as dores nas articulações.
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: