header print

Evite Esses 10 Alimentos Depois dos 40 Anos

 À medida que envelhecemos, as funções do nosso corpo mudam. E isso acontece com o sistema digestivo, que reage de maneira diferente aos alimentos que costumávamos comer sem nenhum problema. Isso é completamente normal, mas significa que precisamos começar a prestar mais atenção ao que estamos ingerindo. Abaixo estão 10 alimentos que devemos evitar depois dos 40 anos.
 
1. Sopa e outros alimentos enlatados
10 Alimentos que você deve evitar depois dos 40

Você pode achar que a sopa ou outra refeição em lata não é tão prejudicial assim. Depois de um dia corrido, é uma boa alternativa para um jantar rápido. No entanto, comidas prontas enlatadas contêm toneladas de sódio, e pesquisas mostram que pessoas mais velhas não conseguem filtrar o excesso de sódio em comparação aos mais jovens.

Altos níveis de sódio na alimentação podem causar pressão alta e também aumentar o risco de osteoporose. Além disso, à medida que envelhecemos, também somos mais suscetíveis à retenção de água, portanto, reduzir a ingestão de sódio pode ajudar a reduzir o inchaço. Prepare você mesmo as suas sopas e refeições, e congele-as em porções para facilitar o descongelamento na hora de utilizá-las.

 

2. Cachorro-quente
É hora de dizer adeus aos pacotes de salsicha, assim como outras carnes altamente processadas, como bacon e salame. Elas são ricas em sódio, gorduras saturadas e nitratos, que podem ter um impacto negativo na sua saúde. Além disso, a alta ingestão de carnes processadas tem sido associada a uma maior chance de desenvolver diabetes, doenças cardíacas e câncer de estômago - e o risco de ter essas doenças aumenta à medida que envelhecemos.

Se você decidir comer carnes processadas, escolha aquelas sem nitratos e escolha variedades com baixo teor de gordura e sódio, e consuma com moderação.

3. Frango frito ou churrasco
10 Alimentos que você deve evitar depois dos 40

Cozinhar carnes em altas temperaturas pode aumentar os níveis de amino-heterocíclicos, compostos que podem causar câncer. Uma série de estudos relacionou o alto consumo de carnes fritas ou grelhadas ao câncer de pâncreas, colorretal e de próstata. Mesmo que a pesquisa ainda esteja em andamento, é melhor ter cautela, principalmente com o avanço da idade.

Por isso, limite o consumo desse tipo de preparo a uma porção por semana, e marine o alimento antes de grelhar para ajudar a reduzir a produção desses compostos.

4. Cookies e biscoitos doces
Como resistir a deliciosos cookies? Eles vão bem a qualquer hora do dia, seja no café da manhã, no meio da tarde, no fim do dia… Porém, infelizmente, ter um pacote de cookies ou biscoitos por perto não é uma boa ideia. O açúcar causa múltiplas alterações no organismo, desde as membranas e artérias celulares até os hormônios, sistema imunológico, saúde intestinal e até mesmo o microbioma.

Além de aumentar a insulina e a inflamação, o excesso de açúcar pode fazer com que a nossa pele envelheça mais rapidamente através do processo de glicação. Este é o termo bioquímico para a ligação de moléculas de açúcar a gorduras, proteínas e aminoácidos, que é uma característica proeminente do envelhecimento. Pesquisadores associaram os produtos finais da glicação a nervos emaranhados, rugas, artérias endurecidas e múltiplos processos patológicos.

 
5. Leite de amêndoa
10 Alimentos que você deve evitar depois dos 40

Você pode pensar que evitar produtos lácteos pode beneficiar a sua saúde, mas, para mulheres mais velhas, o cálcio nos produtos lácteos ajuda a fortalecer os ossos para prevenir a osteoporose, pois a menopausa causa redução de massa óssea.

Ou seja, tomar um leite substituto pode te poupar de uma proteção. Portanto, se você optar por esse tipo de leite, escolha os fortificados com cálcio e vitamina D para ter ossos saudáveis. Além disso, evite as grandes quantidades de açúcares adicionados no leite de amêndoa com sabor, o que pode atribuir ao excesso de calorias, bem como aumentar inflamações.

6. Alimentos sem açúcar
Listamos acima que o açúcar é um perigo para a saúde, especialmente depois dos 40 anos, então você considera comprar produtos sem açúcar achando que são mais saudáveis, certo? Bem, não exatamente.

Normalmente, as indústrias substituem o açúcar por gordura e uma série de ingredientes artificiais. Atente-se a alimentos que adicionem grandes quantidades de gordura saturada ou trans, excesso de sódio ou farinhas refinadas adicionais para substituir os açúcares adicionados, pois esses aditivos podem ter um impacto igualmente negativo na saúde.

7. Molhos apimentados
10 Alimentos que você deve evitar depois dos 40

De acordo com o Instituto Nacional do Envelhecimento (National Institute on Aging), nos Estados Unidos, é preciso reduzir o consumo alimentos picantes ao entrar na menopausa. Quem tem refluxo gastrointestinal ou ondas de calor deve evitar alimentos condimentados na alimentação, especialmente molho de pimenta.

O molho de pimenta pode ser rico em sódio, e isso tem um efeito negativo na pressão arterial e na saúde óssea. Se você quer comer algo picante, opte pelas pimentas naturais, pois elas são ricas em capsaicina, um nutriente que pode reduzir a pressão arterial e aumentar o metabolismo.

8. Margarina
Trocar manteiga por margarina não é uma opção nada saudável. Algumas marcas contêm óleos parcialmente hidrogenados, ou seja, são gorduras trans. Como apenas um ou dois gramas de gordura trans por dia podem ter um impacto negativo no colesterol e na saúde do coração, é melhor evitá-los. Opte por óleos vegetais e leia os rótulos com cuidado.

Abacates frescos são um ótimo substituto para a margarina no cozimento e em diverso pratos, e podem ajudar a diminuir a ingestão de calorias, gordura saturada, sódio e colesterol.

9. Massas
10 Alimentos que você deve evitar depois dos 40

Carboidratos refinados e processados, como massas, pães industrializados, pretzels e cereais têm um alto nível glicêmico. Isso significa que o alto consumo de carboidratos aumenta rapidamente o nível de açúcar no sangue e pode ser um fator que contribui para doenças cardíacas, diabetes e aumento de peso.

Alimentos com alto índice glicêmico também causam a liberação de um hormônio chamado Fator de crescimento semelhante à insulina tipo 1 (IGF-1). Em excesso, esse hormônio pode causar uma série de problemas, pois pode aumentar as inflamações e desencadear certas doenças, como o câncer.

10. Sorvete de café
Este é um golpe triplo quando se trata de efeitos nocivos na saúde de pessoas mais velhas - tem gordura saturada, cafeína e açúcar. O café, se consumido como sobremesa depois do jantar, pode atrapalhar o seu sono durante a noite. De acordo com a Fundação Nacional do Sono (Estados Unidos), idosos tendem a ter mais dificuldade em adormecer e permanecer dormindo a noite toda. Para as mulheres, isso pode ser em parte devido a mudanças hormonais à medida que a menopausa se aproxima, e, se esse for o caso, é melhor ficar longe da cafeína no final do dia.

Fonte: rd I Fotos: depositphotos

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade