maavaron
Você está sendo transferido para a página solicitada...
header print

O Que Você Precisa Saber Sobre Hepatite C

 Se você, ou alguém que você ama, sofre de hepatite C, então você já sabe o quanto esse vírus pode ser devastador. Embora o vírus da hepatite C (HCV) possa causar vários tipos de danos em termos gerais, há maneiras muito assustadoras e destrutivas dele se manifestar, como a cirrose do fígado, por exemplo.
 

hepatite C 
Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde) existem cerca de 400 milhões de pessoas no mundo que vivem com o HCV, mas a maioria delas não faz ideia de que está infectada, e nem de que pode estar com o fígado comprometido. A razão para isso é que, em cerca de 70-80% dos casos agudos relatados, os pacientes não apresentam nenhum sintoma ou sequer apresentam sintomas sutis que possam facilmente levar a um diagnóstico incorreto. Isso levou médicos e pesquisadores a se referirem ao HCV como a epidemia velada.

Felizmente, há uma luz no fim do túnel para quem sofre de HCV, pois em 2011 foi lançado um medicamento que elimina esse vírus num curto período de tempo de 8 a 12 semanas. No entanto, não é porque os cientistas descobriram uma maneira de tratar o HCV, que esse vírus deixará de ser uma grande ameaça para determinadas pessoas.
Como já mencionado, os sintomas nem sempre são evidentes em pacientes infectados. Há alguns sintomas que podem ser facilmente associados a outras doenças, o que muitas vezes leva a diagnósticos errados. Abaixo estão alguns dos principais sintomas:
• Fadiga ou fraqueza
• Náusea
• Falta de fome
• Dores musculares ou articulares
• Perda de peso
 
Como o vírus da hepatite C se espalha?hepatite C

Como a maioria dos vírus, é através do sangue que a hepatite C é transmitida, e pode acontecer de várias maneiras, algumas nem sempre tão óbvias. Abaixo temos uma lista de pessoas que estão no grupo de risco de contrair o vírus HCV:

• Usuários de drogas injetáveis, ativos e inativos;
• Pacientes que receberam concentrado de coagulação sanguínea antes de 1987;
• Receptores de transfusões de sangue ou transplantes de órgãos antes de 1992;
• Pacientes crônicos em hemodiálise;
• Pacientes com HIV;
• Mães positivas para HCV;
• Profissionais de saúde que entraram em contato com agulhas contaminadas.

Se você se enquadra em alguma das categorias acima e está com algum dos sintomas que mencionamos, precisa urgentemente procurar um médico especialista. A boa notícia é que o teste é simples e não invasivo, além disso, os resultados são rápidos.
 

Fonte: tiphero
Imagens: depositphotos

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
App Logo
Nosso app é fácil!