header print

Alimentos Que Promovem o Rejuvenescimento

Quem não quer ter uma aparência jovem e saudável? Para tanto, o melhor a fazer é consumir alimentos que nos mantêm em forma e saudáveis. Compartilhamos com você, a seguir, uma listinha com 11 ítens que deveriam ser incluídos na sua dieta. Confira!

 

1. Frutas silvestres como morangos, amoras, groselha, mirtilo, framboesa, contêm muitos antioxidantes que são bons para a pele e auxiliam na proteção contra radicais livres que causam o envelhecimento. Também ajudam a proteger contra os raios UV. As frutas silvestres são também fonte de sílica, que auxilia na manutenção da elasticidade da pele. Pesquisadores descobriram que ratos que tinham morangos e amoras em sua dieta diária tinham menos células tóxicas no cérebro.

alimentos

 

2. Nozes, castanhas e azeite de oliva contêm gorduras saudáveis que ajudam a proteger contra doenças cardiovasculares, AVCs e ataques cardíacos. Pesquisadores de Harvard descobriram que pessoas que comem uma porção extra de nozes e castanhas sortidas ou duas colheres de sopa de azeite de oliva extra-virgem por dia sofrem menos de AVC ou ataques cardíacos. É fácil acrescentar esses alimentos à sua dieta. Só cuide para não exagerar.

alimentos

 

3. Batata doce auxilia a manter sua pele firme. Ela é rica em caroteno (que lhe dá a cor laranja), vitaminas C e B6, bem como fibras, antioxidantes e cobre (que auxilia na produção de colágeno, que mantém sua pele firme).

alimentos

 

4. VINHO! (com moderação, é claro) Uma taça de vinho tinto por dia reduzirá os riscos de doenças cardiovasculares, podendo até mesmo prevenir câncer e mal de Parkinson e de Alzheimer. Os antioxidantes nas cascas das uvas vermelhas previnem o desenvolvimento de tumores e auxiliam na criação de novas células nervosas, enquanto outros antioxidantes nas sementes reduzem o "colesterol ruim" (LDL). Se você não gosta de vinho tinto, coma uvas vermelhas!

alimentos

 

5. O leite é uma grande fonte de vitamina D, e altamente recomendado se você não toma sol o suficiente durante o dia. A vitamina D auxilia a manter o DNA das nossas células em boas condições, retardando o envelhecimento. Leite, como sabemos, é também uma ótima fonte de cálcio.

alimentos

 

6. Curry em pó pode ajudar a prevenir o mal de Alzheimer. Contém Curcumina, que demonstrou ser ótima para reduzir o nível de toxicidade das células nervosas. Na Índia, o curry é empregado há vários anos para tratar de diversas doenças, inclusive hemorroidas!
 
alimentos

 

7. Feijões são ricos em proteínas, fibras e várias vitaminas do complexo B. As   fibras e proteínas melhorarão o estado de saúde do seu coração e as vitaminas B atuam na prevenção das inflamações. 
 
alimentos

 

8. Espinafre contém bastante ferro, vitamina K, luteína e zeaxantina. O ferro estimula seus níveis de energia e ajuda na construção dos músculos, enquanto a vitamina K age sobre a densidade óssea, prevenindo fraturas e osteoporose. Luteina e zeaxantina protegem suas retinas, reduzindo também os riscos de doenças dos olhos, como cataratas e degeneração macular relacionadas à idade. Coma espinafre cru ou cozido. Caso queira beneficiar-se mais ainda da vitamina K, agregue um pouco de azeite de oliva ou queijo.
 
alimentos

 

9. Carregada de importantes nutrientes, como vitamina B, fibras e proteínas, a Aveia é ótima para a pele, cabelo e unhas, bem como para a nutrição do seu sistema nervoso. As fibras auxiliam no sistema digestivo e a proteína mantém elevados seus nívis de energia. Entretanto, evita as aveias de preparo instantâneo, com açúcar. Procure consumir a aveia tradicional.
 
alimentos

 

10. Ricas em Ômega 3 e mais baratas do que salmão, as sardinhas e anchovas ajudam a retardar a deterioração do seu cérebro devido à idade. As melhores sardinhas e anchovas vêm, respectivamente, do Oceano Pacífico e do Mar Adriático. Elas têm mais Õmega 3 e níveis bem menores de mercúrio.
 
alimentos

 

11. Chocolate! Bem... na verdade, é o cacau - a fruta que se transforma em chocolate. Ela pode prevenir diabetes e câncer, bem como reduzir os riscos de doenças cardíacas. Porém, há um detalhe: apesar dos benefícios do cacau, ele é extremamente amargo para ser consumido "in natura". Então, os "chocolatiers" acrescentam leite e açúcar à mistura, diluindo assim a quantidade de cacau. Portanto, nem todos os tipos de chocolate são benéficos. Prefira aqueles que têm 75% ou mais de cacau na sua composição.
 
alimentos
 
Fonte: Luis B.
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: