header print

Este Teste Avalia se Você Pode Ter Alzheimer no Futuro!

 De acordo com uma nova pesquisa sobre a doença de Alzheimer, seu risco de desenvolvê-la pode ser encontrado em pequenas figuras roxas conhecidas como Greebles. Os pesquisadores da Universidade de Louisville, nos Estados Unidos, analisaram essa técnica em vários pacientes ao longo do estudo e chegaram a uma conclusão que aqueles que não conseguiam saber qual forma era a estranha em uma série de imagens visualizadas, poderiam ter maior risco de desenvolver esta doença cerebral no futuro.
 
 
Você tem um maior risco de desenvolver a doença de Alzheimer?

Os cientistas descobriram que aqueles que têm geneticamente mais risco dessa doença degenerativa do cérebro lutam para detectar uma diferença sutil em uma das imagens, apesar de serem capazes de detectar pequenas mudanças nos rostos das pessoas.

A Dra. Emily Mason, médica do Departamento de Cirurgia Neurológica, liderou a pesquisa e declarou: "agora, quando detectarmos a doença, seria muito difícil restaurar a função porque o dano ocorrido já foi feito ao cérebro. Queremos poder ver as mudanças precárias e sutis que estão acontecendo no cérebro desde o começo. Uma maneira de poder ter acesso a esses dados é com testes cognitivos que são direcionados para uma área muito específica do cérebro.

O exame
Você tem um maior risco de desenvolver a doença de Alzheimer? Os voluntários neste estudo foram convidados a completar uma série de tarefas "estranhas". Eles visualizaram um conjuntos de quatro imagens que representam objetos do mundo real, rostos humanos, cenas e greebles (foto acima), e uma das imagens era sutilmente diferente das demais.

Aqueles que correm maior risco de contrair o Alzheimer demonstraram uma forma semelhante ao grupo de controle quando se tratava de objetos, rostos e cenas. No entanto, para os greebles (imagem acima), o grupo de risco obteve uma classificação menor do que o grupo controle.

 

Dr. Mason disse que "a maioria das pessoas nunca viu uma figura de greeble antes, e elas são altamente similares, o que torna a imagem ainda mais difícil de ser diferenciada. O que descobrimos é que, usando essa tarefa, conseguimos encontrar uma diferença significativa entre o grupo de risco e o grupo de controle. Ambos os grupos melhoraram com a prática, mas o grupo em risco atrasou o grupo de controle ao longo do processo ".

A médica responsável ainda acrescentou que gostaria de ver mais algumas pesquisas neste âmbito, para realmente confirmar se os indivíduos que apresentaram uma má execução da diferenciação das imagens passaram a desenvolver a doença de Alzheimer. Ela afirma que "a melhor coisa que podemos fazer no momento é pedir que todas as pessoas façam este teste entre os seus 40 e 50 anos, para os médicos serem capazes de rastreá-los nos próximos 10 a 20 anos e confirmar quem realmente desenvolve ou não a doença baseado nesse critério".

Você consegue ver a diferença?

Dê uma olhada novamente e analise o tempo que precisar. Assim que tiver em mente um número confira com a resposta logo abaixo. Mas só a veja após se certificar da sua escolha!

Resposta: na imagem acima, o greeble número 4 é o estranho, porque seus chifres e braços são moldados de forma ligeiramente diferente dos outros.

Você acertou? Compartilhe com os familiares e amigos!

Fonte: goodhousekeeping

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: