maavaron
Você está sendo transferido para a página solicitada...
header print

7 Benefícios de Consumir Alimentos Fermentados e 2 Receitas

 A fermentação dos alimentos tem sido usada pelo ser humano desde os tempos mais primórdios da humanidade, mas apenas nos tempos modernos começamos a descobrir os benefícios surpreendentes para a saúde que essa técnica proporciona. Neste método, os alimentos são fermentados por bactérias que se multiplicam sem a presença de oxigênio (bactérias anaeróbicas) em um ambiente ácido, com baixo pH, onde as bactérias e parasitas prejudiciais, que são as principais causas de deterioração dos alimentos, não podem se desenvolver.

Além disso, quando os alimentos fermentados são preparados em casa, não é um processo industrial, portanto, eles mantêm a maior parte do seu valor nutricional quando comparados aos do mercado. Aqui está uma lista de 7 benefícios que alimentos fermentados trazem à saúde e, no final da lista, você também encontrará duas receitas para fazer alimentos em conserva em casa!

 
alimentos fermentados

O que é comida fermentada?

O alimento fermentado é aquele em que a atividade bacteriana produz mudanças bioquímicas causadas pelo efeito de bactérias do ácido lático, que em sua decomposição final produzem ácido lático. Você pode fermentar praticamente qualquer alimento –  produtos de origem animal, grãos e vegetais – e o processo de fermentação é muito simples. O tempo necessário para que a acidez caia abaixo de 4 (este é o pH desejado), e a quantidade de ácido lático para atingir seu pico em alimentos geralmente é de apenas 48 horas.

7 Benefícios Saudáveis de Alimentos Fermentados

1. Previne diversos transtornos intestinais

Para aqueles que sofrem de intolerância à lactose, intolerância ao glúten, síndrome do intestino irritável, doença de Crohn, doença celíaca, gases crônicos ou prisão de ventre, alimentos fermentados te farão muito bem! Eles equilibram o pH dos intestinos, reabilitam a comunidade de bactérias boas e fornecem enzimas que nos ajudam a digerir alimentos, como a lactase, que é necessária para digestão de produtos lácteos.

alimentos fermentados

2. Previne depressão e ansiedade

Um estudo realizado em 2014, na Faculdade de Medicina de Harvard, encontrou uma correlação direta entre o consumo de alimentos fermentados e a melhoria da saúde mental, especialmente em casos de ansiedade ou depressão. O estudo diz: "Existe uma correlação positiva entre a qualidade da comunidade microbiana intestinal e o nosso estado mental, e quanto mais saudável a nossa microbiota, mais fácil é para o cérebro regular as emoções com hormônios provenientes do sistema digestivo".

 

3. Repele bactérias patogênicas

Os ácidos digestivos produzidos no processo de fermentação ajudam a reduzir o pH dos intestinos, criando um ambiente hostil para bactérias patogênicas - aquelas que causam doenças intestinais, como Salmonella, E. coli e Shigella. Como evidência, um estudo feito no Laboratório de Tecnologia Médica da Universidade do Zimbabué descobriu que bactérias nocivas dessas e de outras espécies não sobreviveram bem após 24 horas de exposição a alimentos fermentados, em oposição às bactérias expostas à versão não fermentada do mesmo alimento.
 

alimentos fermentados

4. Fortalece o sistema imunológico

Além do benefício anterior, as bactérias do ácido lático nos ajudam a lidar com as bactérias nocivas, ajudando o sistema imunológico. As boas bactérias identificam substâncias estranhas e nocivas no sistema digestivo e enviam um alerta ao sistema imunológico. Elas estimulam as secreções de muco nos intestinos, aumentam a atividade dos anticorpos, ajudam os glóbulos brancos a combater infecções e até mesmo reprimem ativamente as células cancerígenas e os tumores. Esta vantagem foi observada em uma revisão dos estudos realizados em 2006, nos quais os pesquisadores também acreditavam que bactérias boas ajudam a evitar reações alérgicas do corpo.

5. Mantém seus dentes saudáveis

Pesquisadores da Universidade da Catalunha, na Espanha, encontraram sete tipos diferentes de bactérias do ácido lático que são benéficas para a manutenção da saúde bucal. Problemas associados a cáries, inflamação, problemas de gengiva e mau hálito são causados pela disseminação de bactérias nocivas nas nossas bocas. Ao comer alimentos fermentados ricos em bactérias de ácido lático e outras bactérias benéficas, mantemos a boca saudável e criamos um ambiente bucal equilibrado.

alimentos fermentados

6. Melhora a taxa metabólica

Os probióticos em geral e os alimentos fermentados, em particular, ajudam a melhorar a taxa metabólica, fortalecendo a comunidade de bactérias boas nos intestinos. Este efeito foi confirmado em um estudo realizado na Universidade de Hohenheim, na Alemanha, no qual o efeito das bactérias encontradas em alimentos fermentados na taxa metabólica foi examinado e considerado positivo.

7. Ajuda o corpo a absorver minerais

Em alimentos não fermentados, como peixes, nozes e sementes, existem substâncias que se ligam a minerais e inibem sua absorção mineral em nosso corpo, portanto, quando as adicionamos a uma salada ou prato, absorvemos menos ferro, zinco, manganês e cálcio. No entanto, esse efeito é eliminado pelas enzimas nos alimentos fermentados, o que permite que o corpo absorva minerais dos alimentos com maior eficiência. Portanto, recomenda-se comer alimentos fermentados juntamente com pratos principais de peixe, ou com nozes e sementes.


Duas Receitas De Alimentos Fermentados em Conserva

Agora que você conhece os grandes benefícios de alimentos fermentados em conserva, convidamos você a aprender duas novas receitas fáceis de fazer em casa!

Receita de pepino na salmoura

Os pepinos em conserva, vulgarmente conhecidos como picles, são os alimentos fermentados mais populares, e apesar de perder alguns dos benefícios para a saúde durante a fermentação, como as vitaminas solúveis em água, eles adquirem os benefícios de alimentos fermentados. Recomenda-se, portanto, comer picles junto com pepinos na sua forma natural.

alimentos fermentados

Ingredientes:

• 900 g de pepino (cortado em espessura média-fina)
• 1 litro de água filtrada
• ½ xícara de vinagre de cidra branco ou de maçã
• 1 colher de sopa de sal
• 3-5 dentes de alho 
• 3-5 folhas de louro (opcional)

Preparo:

1. Coloque alho e folhas de louro em um frasco de vidro limpo e seco.
2. Coloque os pepinos no frasco sobre o alho.
3. Misture o vinagre, o sal e um quarto da água em uma tigela e despeje no frasco.
4. Misture bem e adicione água até um pouco antes do topo da jarra e feche a tampa firmemente.
5. Deixe descansar por pelo menos 48 horas em uma prateleira, por exemplo, e coloque o frasco na geladeira.

Receita de cenoura em conserva

As cenouras em conserva podem ser consumidas como um lanche maravilhoso entre as refeições ou como acompanhamento. Isso o ajudará a alcançar todos os benefícios associados aos alimentos fermentados, como a digestão e o metabolismo melhorados, além de uma absorção e proteção de minerais mais eficientes contra bactérias intestinais nocivas.

alimentos fermentados

Ingredientes:
• 900 g de cenouras (descascadas e cortadas em tiras não muito finas)
• 3 xícaras de água filtrada
• 2 colheres de chá de sal
• 3 dentes de alho picado

Preparo:

1. Dissolva o sal na água filtrada
2. Lave as cenouras e coloque-as em um frasco com o alho.
3. Coloque a água salgada no frasco até chegar ao topo, feche a tampa e deixe descansar por pelo menos 48 horas.
4. Em seguida, coloque na porta da geladeira para continuar o processo de fermentação lenta, durante o qual você pode comer as cenouras.

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade