maavaron
Você está sendo transferido para a página solicitada...
header print

Ruídos No Corpo Podem Indicar Problemas de Saúde

 

Ocasionalmente, o seu corpo pode fazer alguns tipos de ruídos estranhos. Na melhor das hipóteses, pode-se tratar apenas de um barulho corriqueiro que passa logo, mas, na pior das hipóteses, você pode pensar em algo mais grave. No entanto, nosso corpo sempre faz alguns ruídos, por isso não é motivo para enorme preocupação se isso acontece de vez em quando, como um estalo nos joelhos e nas mandíbulas, por exemplo.

Esses e outros sons podem surgir do nada e passar. Porém, se os ruídos persistirem, é sinal de que algo está errado. Para compreender o que o seu corpo está tentando te dizer, selecionamos os 10 ruídos mais comuns que o nosso corpo faz, e quando você deve procurar um médico.

 
1. Estalos nos joelhos e tornozelos
ruidos no corpo

Esses sons podem surgir quando esticamos as pernas ou as dobramos em um movimento brusco, como, por exemplo, quando nos preparamos para nos sentarmos. Há três razoes diferentes para que isso ocorra, e são usualmente comuns: os tendões podem agarrar-se às juntas durante o movimento, causando o ruído. Pode ser também uma explosão de ‘bolhas’ de ar no líquido das juntas, ou um desvio das articulações no local onde está localizada.

Conforme envelhecemos, esses ruídos surgem com mais frequência, pois as juntas e as cartilagens começam a desgastar. Porém, se você não sentir nenhuma dor, isso não significa um problema. O que pode ser feito para diminuir esses sons é fazer exercícios simples de alongamento, que vão ‘lubrificar’ as articulações dos joelhos e dos tornozelos.

Quando procurar um médico: Se esses ruídos forem acompanhados com dores, inchaço ou com uma sensação de que o local vai ‘travar’, pode ser um indicativo de artrite, tendões danificados ou rompimento do menisco no joelho.

2. Roncos e borbulho no estômago
ruidos no corpo

“Minha barriga está roncando, portanto é hora de comer” – este deve ser o seu primeiro pensamento quando seu estômago começa a fazer barulho. Normalmente, esses sons surgem entre uma refeição e outra, quando o sistema digestivo faz uma série de cólicas intensas e ruidosas, pois ele está se livrando de materiais indesejados no estômago para dar espaço a novos alimentos.

Portanto, esses sons indicam que você está com fome e deve comer. Os barulhos podem apontar que o sistema digestivo está encontrando dificuldades para se desfazer de certos alimentos (como aqueles ricos em farelo). Em outros casos, tomar líquidos pode fazer que o estômago faça sons de borbulho à medida que o líquido passa pelo sistema digestivo. Então, se você estiver com fome, não se preocupe em ir até a cozinha e preparar algo para comer. Além disso, se você está indo para algum local importante e esses barulhos podem ser embaraçosos, evite bebidas gasosas e alimentos que causam gases, como alguns vegetais, grãos e produtos lácteos.

Quando procurar um médico: Em alguns casos, quando esses sons vieram com uma sensação de inchaço e até mesmo dores, e especialmente se você ouve o som de um ‘líquido’, como se houvesse água dentro do estômago, é importante procurar um profissional da saúde. Em casos mais raros, esses sons podem indicar um excesso de contração dos intestinos e até mesmo um bloqueio nos mesmos (uma situação que pode até levar a uma cirurgia).

3. Zumbido e tinido nos ouvidos
ruidos no corpo

Às vezes, pode surgir do nada um ruído estranho, com um zumbido ou tinido longo nos ouvidos (popularmente chamado de ‘sininho’) e, após alguns segundos, podem desaparecer. Esse ruído, que pode ser um alarme para algo mais sério, é chamado de tinnitus, também conhecido como acufeno.

Este não está relacionando a fatores externos, pois é criado pelo cérebro, e nós os ouvimos quando o cérebro identifica sinais elétricos como sons. A razão para que isso aconteça pode ser por algum dano nos ouvidos (como, por exemplo, passar muito tempo em locais de muito barulho), pressão e tensão, noites mal dormidas e excesso de cafeína.

Por isso, é fundamental uma mudança no estilo de vida – usar protetores de ouvido, reduzir o consumo de cafeína, dormir bem e evitar excesso do uso de fones para ouvir música, um dos maiores causadores de danos nos ouvidos. Quando os zumbidos aparecem de vez em quando, não indica nenhum problema muito sério.

Quando procurar um médico: Se esse ruído está surgindo com frequência e em um volume relativamente alto, pode ser um sinal de infecção ou algum dano mais sério no sistema auditivo. Nesse caso, aparelhos auditivos podem ajudar. Em casos mais graves, será preciso fazer uma cirurgia.

4. Cliques e estalos nos ombros
ruidos no corpo

Quando fazemos movimentos como levantar, virar e levar os ombros para frente ou para trás, podemos ouvir algum ruído. Se ele vier sem nenhuma dor, então não é preciso se preocupar, pois é o resultado da fricção do músculo com as juntas, e torna-se mais comum à medida que envelhecemos.

Por isso, movimentos repetidos como levantar os braços toda hora, seja em movimentos do dia a dia em casa, ou alguma prática de esporte de forma inadequada, pode levar à inflamação do tendão e danos nas cartilagens. Mas essa situação mais séria só acontece se você sentir dor nos movimentos.

Quando procurar um médico: Se os ruídos vierem acompanhados de dores, principalmente se você sentir que vem das juntas, então é recomendável procurar um profissional de ortopedia. Existem uma série de tipos de inflamações que podem surgir nas juntas e tendões, causados por danos nas cartilagens e até mesmo nos músculos. Para isso, é recomendável fazer fisioterapia para aliviar a dor e acabar com os ruídos.

5. Cliques ou outros ruídos na mandíbula
ruidos no corpo

Entre as nossas mandíbulas, está um tipo de disco constituído de tecidos ósseos, e ele desliza entre as mandíbulas para que elas abram suavemente. Às vezes, as fibras desse disco podem mudar de forma, especialmente se se esticarem muito. Neste caso, o disco pode adquirir uma forma côncava que causa uma ruptura quando abrimos a boca. A mandíbula inferior vai se mover para essa forma côncava, desviando-se da forma natural, e não vai se encaixar adequadamente com a superior. Esse é o motivo do qual você ouve o clique.

Se isso acontece raramente contigo, não se preocupe, pois não indica problema algum, apenas um esforço extra da sua mandíbula em algum movimento que você tenha executado.

Quando procurar um médico: Se esse clique surgir todas as vezes que você abre a boca, ou se o som é muito alto e agudo, as fibras desse disco ósseo podem estar muito distendidas. Isso pode acontecer quando você abre muito a boca durante a noite (normalmente por causa de estresse mental). Como as fibras são elásticas, elas não conseguem voltar à forma normal com facilidade. Por isso, é importante procurar um dentista caso isso ocorra.

 
6. Cliques e estalos ao mover a parte superior do corpo
ruidos no corpo

Quando você faz um movimento forte e brusco na parte superior do corpo, pode surgir um ruído. Não se preocupe, seu corpo não está com problemas – isso é um fenômeno normal que surge quando o ar sai do corpo – ou quando o ar nos pulmões ou estômago passam por passagens de ar mais estreitas do organismo. Por isso, não é preciso mudar a sua rotina de exercícios por causa desses sons.

Quando procurar um médico: Se durante esses movimentos você ouvir cliques e, o mais importante, tiver problemas para respirar, isso é um indicativo de problemas respiratórios. Para pacientes com asma, por exemplo, esses movimentos não são recomendados.

7. Cliques e estalos nos cotovelos
ruidos no corpo

Como você viu anteriormente neste artigo, muitas das nossas juntas tendem a fazer ruídos em movimentos constantes de fricção entre elas, especialmente em situações de estresse. Então, problemas ‘mecânicos’ que podem surgir nos cotovelos não são diferentes.

No entanto, além do desgaste do cotovelo, o que pode causar esses sons, outros transtornos e síndromes podem deixar a área muito espessa, e assim aumentam os ruídos.

Quando procurar um médico: Se esses sons vierem acompanhados de dores quando você mexe os cotovelos, ou se você sente que eles estão travados, é necessário procurar ajuda médica, pois pode ser uma inflamação nas cartilagens, nervos e tendões. 

7. Um ruído alto e forte durante o sono
ruidos no corpo

Semelhante ao tinnitus (tópico 3), este é um sinal sonoro interno criado pelo cérebro e percebido pelos ouvidos, mas é um fenômeno diferente, mais assustador, que ocorre no cérebro e é chamado de “síndrome da cabeça explosiva”. Ele ocorre durante o sono profundo, quando você de repente ouve um ruído semelhante ao de um trovão, que te faz acordar em pânico. Pacientes o descreveram como se fosse um tiro de pistola, explosão, fogos de artifício ou aplausos altos dentro da cabeça. Embora seja assustador, não é tão prejudicial, e ainda não se sabe a causa exata disso.

Uma teoria é a de que, quando o corpo se prepara para dormir, o tronco cerebral é responsável por desligar os outros sistemas cerebrais, como visão, audição e nervos motores. Quando algo de errado acontece nesse processo, todo o sistema se desliga de uma só vez, o que causa esse barulho interno na cabeça. Este fenômeno não é muito comum, mas acontece mais com pessoas acima de 50 anos. Muitos o associam com estresse, tensão nervosa e noites mal dormidas.

9. Som de ‘bip’ ao tossir
ruidos no corpo
Quando nossas vias respiratórias estão bloqueadas – por causa de alguma infecção, alergia ou falta de ar – o ar que está dentro do corpo se compacta, e quando fazemos um movimento respiratório muito forte, como uma tosse, o surge esse som de ‘bip’. Em todo caso, é preciso procurar um médico caso isso aconteça, pois não é normal. Se você estiver com tosse por mais de quatro semanas (após uma gripe forte, por exemplo) sem sinais de melhora, pode ser um sintoma de asma ou pneumonia.
10. Sentir as batidas do coração nos ouvidos
ruidos no corpo

Se durante o dia ou na hora de dormir você tiver a sensação de que as batidas cardíacas então dentro de seus ouvidos, é hora de cortar cafeína ou fazer uma pausa, como férias. Este fenômeno ocorre quando o ritmo cardíaco ou a pressão sanguínea está muito forte ou rápida de mais – e isso faz com que o fluir do sangue fique muito mais intenso, o que leva a este ruído. Por isso, tomar muito álcool e cafeína, além de excesso de doces e ansiedade pode desencadear esse problema.

Quando procurar um médico: Se isso já aconteceu com você, então é um sinal de que está com problemas de pressão sanguínea – um dos fatores que pode levar a doenças cardíacas. Em outros casos, pode ser um sinal de pressão do fluido espinhal, que pode levar a sérios problemas de saúde até mesmo cegueira.

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
App Logo
Nosso app é fácil!