header print

Guia Para Sobreviver a um Encontro Com Cobra

 Cobras, quão assustadoras elas são? Em muitas culturas, as cobras foram retratadas como os inimigos da humanidade, seja a astuta serpente do Éden, o escuro e caótico Apófis do antigo Egito ou a Serpente do Mundo, um constritor tremendo que abrange toda a circunferência da Terra a partir da mitologia nórdica. É fácil entender por que as pessoas temem cobras. Elas se contorcem e rastejam, são escorregadias, conseguem engolir coisas muito maiores que seu tamanho, e se movem sem membros. Além disso, muitas delas são realmente perigosas para os humanos. O que você deve fazer no caso de um infeliz encontro com uma cobra para evitar ser picado?
 
cuidado cobra
Todos os anos, cerca de 5,4 milhões de pessoas são picadas por cobras, das quais cerca de metade são por uma cobra venenosa. As mortes por picada de cobra são relativamente raras, em cerca de 80.000-140.000 por ano, mas quase três vezes mais pessoas ficam com danos permanentes em seu corpo na forma de amputação, danos permanentes nos nervos e insuficiência renal. A maioria das picadas de cobra ocorre nos trópicos - América Central e do Sul, África Subsaariana e Sul e Sudeste Asiático, a maioria acontece durante o verão, e maior parte das vítimas são jovens do sexo masculino que provocam a cobra de alguma forma.

Aqui estão várias coisas a considerar quando encontrar uma cobra:

A maioria das cobras não tem nada a ver com humanos

cuidado cobra

A dieta da maioria das cobras de tamanho médio consiste em roedores e outros pequenos animais. Como todas as cobras consomem comida engolindo-a inteira, elas são bastante limitadas na escolha de suas presas. Os humanos são grandes demais para as cobras venenosas comerem, e muitos deles evitam ativamente áreas densamente povoadas. As cobras venenosas que se adaptaram à vida na vizinhança dos humanos atacam os animais e deixam os humanos em paz quando deixados sem provocação. Se você vir uma cobra, uma boa regra é deixá-la em paz e se afastar.

Identifique a cobra

Muitas cobras não representam perigo algum para os seres humanos, mas pessoas ignorantes ainda podem tentar matá-las para evitar uma ameaça. Não há uma maneira infalível de diferenciar as cobras, mas existem alguns atributos de identificação que podem ajudar você a reconhecer se a cobra que você está vendo é perigosa:

Víboras

cuidado cobra

As cobras venenosas mais comuns, víboras, também são relativamente fáceis de identificar. A maioria das víboras tem um corpo volumoso, uma cabeça larga e pupilas cortadas. As cascavéis, uma espécie de víbora endêmica das Américas, são ainda mais fáceis de reconhecer, pois também têm um chocalho característico na ponta da cauda, que usam para espantar os possíveis predadores.

Cobra-real

cuidado cobra

Cobras também são muito fáceis de identificar, devido aos seus famosos capuzes. Essa espécie de Cobra pode ser encontrada em toda a África e no sul da Ásia. As cobras cuspiderias têm capuzes menos pronunciados e podem pulverizar veneno como um mecanismo de defesa quando ameaçadas. O veneno administrado por cuspe não é letal, mas ainda deve ser tratado, especialmente em caso de contato com os olhos.

Cobras Coral

cuidado cobraFonte: John
As cobras corais são as cobras mais venenosas da América do Norte, e também são mais difíceis de identificar, pois compartilham muitos atributos com cobras-do-leite e kingsnakes, como coloração, padrão e forma. Ao contrário das víboras e cobras-real, elas não têm nenhuma aparência distinta que as identifique. Felizmente, as cobras-corais também estão entre as mais reclusas, vivendo longe dos humanos. Uma cobra coral provavelmente fugiria quando encontrada. Existem alguns mnemônicos que supostamente ajudam a identificar as cobras de coral, mas estas não são confiáveis. Se você vir uma cobra anelada com coloração preta e vermelha, apenas fique longe e deixe-a em paz.
cuidado cobraUma cobra-do-leite, semelhante em aparência à cobra coral, mas não venenosa
Cobra constritora
cuidado cobra

As cobras constritoras não são venenosas, mas algumas espécies podem representar uma ameaça para os seres humanos. As constritoras matam as presas envolvendo seu corpo em torno delas e usando seus poderosos músculos para esmagar e depois engolem tudo. A maior das constritoras, como anacondas e pythons reticulados, às vezes atacam os humanos, mas mesmo essas cobras não costumam ter como alvo adultos. Algumas pessoas mantêm grandes constritoras como animais de estimação, o que pode ser uma má ideia, já que há vários casos conhecidos de constritoras matando seus donos.

Então, o que você deve fazer se vir uma cobra?

Primeiro, fique calmo. Procure perceber como a cobra é, sua coloração, forma e padrões. Se a cobra estiver a vários metros de distância, não se mova e veja como a cobra reage. Normalmente, uma cobra vai procurar uma rota de fuga neste momento. Se a cobra se levantar, ela está ameaçada e pode estar se preparando para um ataque. Se a cobra não se afastar, afaste-se lentamente.

Se você tiver a infelicidade de pisar ou se aproximar de uma cobra, tenha cuidado e se afaste rapidamente. Só pare quando criar uma distância suficiente entre você e a cobra.

Não toque na cobra, nem mesmo com uma vara. Não tente matá-la ou pegá-la. Se você for picado ou alguém próximo a você, não tente capturá-la. Lembre-se de como a cobra era e será o suficiente para obter a ajuda de que você precisa.

Ao caminhar em áreas gramadas onde as cobras podem se esconder, botas grossas e calças compridas são uma boa ideia e podem oferecer alguma proteção. Evite grama alta e esteja atento de seu entorno.

Se a cobra estiver dentro ou ao redor de sua casa, não tente matá-la e não a remova por conta própria. Chame os bombeiros (através do telefone 193) ou a Polícia Florestal (através do telefone 190) do seu estado.

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade