header print

O Que Você Deve Saber Sobre a Vitamina D

A vitamina D previne osteoporose, depressão, câncer de próstata, câncer de mama e até mesmo efeitos do diabetes e da obesidade. Ela é o nutriente mais subestimado no mundo da nutrição e isso acontece, provavelmente, porque ela é grátis, já que nosso corpo a produz quando estamos expostos aos raios solares. 

Mesmo assim, trata-se de uma vitamina extremamente importante, e aqui estão 16 fatos que você deve saber sobre ela, bem como os raios solares:

 
Vitamina D

1. A vitamina D é produzida pelo nosso corpo em resposta à exposição aos raios ultravioleta da luz solar natural. As horas do dia em que a exposição ao sol é saudável são: antes das 10 horas da manhã e depois das 3 da tarde.

2. Mas qual o tempo necessário de exposição ao sol para que o organismo metabolize a Vitamina D? Isso varia de acordo com a cor da pele: quanto mais clara a pessoa, menos tempo ela precisa ficar ao sol; quanto mais escura a pele, mais tempo.

Segundo o especialista Michael Holick, o tempo médio seria de 15 a 20 minutos ao sol, sem nenhum protetor solar nos braços, pernas, abdômen e costas, mas com o rosto sempre protegido. Ele explica que o filtro solar impede que a Vitamina D seja metabolizada. Mas depois desses minutos de exposição ao sol sem proteção, Holick alerta que o uso do filtro é essencial.

3. Os raios de sol com propriedades curativas, que fazem com que nosso corpo produza vitamina D, não podem penetrar no vidro. Portanto, seu corpo não irá gerar vitamina D quando você estiver dentro do carro ou tomando sol através de uma janela envidraçada.

 

4. É quase impossível conseguir quantidades adequadas de vitamina D apenas com alimentos. Exposição à luz solar é a única maneira confiável para gerar vitamina D em seu próprio corpo.

5. Uma pessoa teria de beber dez copos grandes de leite fortificado com vitamina D todos os dias só para obter os níveis mínimos dessa vitamina.

6. Quanto mais distante do Equador você vive, maior é a sua necessidade de exposição ao sol para gerar vitamina D. No caso do Brasil, quanto mais ao sul do país, mais você precisa de sol.

7. As pessoas com pigmentação da pele escura precisam estar expostas ao sol entre 20 e 30 vezes mais do que as pessoas de tez clara para que seu organismo produza a mesma quantidade de vitamina D. Por essa razão o câncer de próstata é uma epidemia entre os homens negros.

8. Sem níveis suficientes de vitamina D, o nosso corpo não consegue metabolizar o cálcio contido nos alimentos.

9. A deficiência crônica de vitamina D não pode ser revertida da noite para o dia; são necessários vários meses de tratamento com suplemento vitamínico e exposição à luz solar para reconstruir a estrutura óssea e o sistema nervoso.

10. Até mesmo protetores solares com fator mais baixo (FPS 8) bloqueiam a capacidade do nosso corpo para produzir vitamina D em até 95%. Na verdade, os protetores solares terminam por causar a deficiência de uma vitamina essencial ao corpo.

11. O nosso corpo regula a produção de vitamina D por si mesmo. Portanto, é impossível que muita exposição ao sol cause excesso de produção dessa vitamina.

12. Se você sente dor ao pressionar seu esterno, você pode estar sofrendo de carência crônica de vitamina D.

13. Antes que ela possa ser usada pelo corpo, a vitamina D é ativada pelos seus rins e fígado.

14. Doenças renais ou lesões hepáticas podem prejudicar grandemente sua capacidade do corpo para ativar a circulação de vitamina D.

15. A indústria de protetores solares não quer que você saiba que seu corpo realmente precisa de exposição à luz solar porque o conhecimento deste fato implicaria queda nas vendas dos seus produtos.

16. Apesar da vitamina D ser uma das substâncias químicas curativas mais poderosas que existe, ela é fabricada pelo nosso corpo de forma GRATUITA. Não precisa de receita médica nem de dinheiro para comprá-la.

A propósito da questão da exposição à luz solar, ocorre que substâncias antioxidantes aumentam a capacidade do corpo para absorver a luz do sol sem se queimar. A astaxantina é um dos mais poderosos protetores solares internos e permite que você fique o dobro do tempo sob o sol sem queimar a sua pele.

Outras fontes de antioxidantes poderosos com essa capacidade incluem as superfrutas como açaí, romã e mirtilos.

Doenças e enfermidades causadas pela deficiência de vitamina D:

  • Uma das causas mais comuns de osteoporose é a falta de vitamina D, o que prejudica grandemente a absorção de cálcio.
  • Níveis adequados de vitamina D previnem câncer de próstata, câncer de mama, câncer de ovário, depressão, câncer de cólon e esquizofrenia.
  • Raquitismo é o nome de uma doença de perda óssea causada por deficiência de vitamina D.
  • Deficiência de vitamina D pode agravar o diabetes tipo 2 e prejudicar a produção de insulina no pâncreas.
  • Obesidade prejudica a utilização da vitamina D no organismo, ou seja, pessoas obesas precisam de duas vezes mais vitamina D.
  • Vitamina D é usada no mundo inteiro para tratar a psoríase.
  • Deficiência de vitamina D pode causar esquizofrenia.
  • O transtorno afetivo sazonal é causado por um desequilíbrio de melatonina provocado pela falta de exposição à luz solar.
  • Deficiência crônica de vitamina D é muitas vezes diagnosticada como fibromialgia, porque seus sintomas são similares: fraqueza muscular, fadiga, e dores.
  • O risco de você desenvolver doenças graves como câncer e diabetes é reduzido entre 50 a 80% se você se expuser à luz solar natural duas a três vezes por semana.
  • Lactentes que recebem suplementação de vitamina D (2000 unidades diariamente) têm um risco 80% mais baixo de desenvolver diabetes tipo 1 durante os primeiros vinte anos.

Alarmantes estatísticas sobre a deficiência de vitamina D:

  • 32% dos médicos e estudantes de medicina têm deficiência de vitamina D.
  • 42% das mulheres africanas na puberdade têm deficiência de vitamina D.
  • 48% das meninas entre 9 e 11 anos sofrem carência de vitamina D.
  • Quase 60% dos pacientes hospitalizados são deficientes de vitamina D.
  • 76% das gestantes são severamente carentes de vitamina D, o que pode gerar muitos problemas às crianças por nascer, que ficam predispostas ao diabetes tipo 1, artrite, esclerose múltipla e esquizofrenia mais tarde na vida. 
  • Quase 80% dos pacientes em clínicas de tratamento têm deficiência de vitamina D.
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: