header print

Quanto Mais Tarde Dormimos, Mais Cedo Morremos

O Editor: Bruna Santos
 Elas andam pelas calçadas da cidade na calada da noite, quando todas as lojas fecharam e nenhuma luz reflete das janelas dos apartamentos. Elas caminham sozinhas e sonolentas pelas ruas, seus passos ecoam no asfalto sem ninguém para ouvi-las, assim como personagens mascarados de histórias em quadrinhos, ou um monstro predatório de uma história de terror: as corujas noturnas.
 
morte precoce para quem dorme tarde

É claro, a realidade dessas pessoas que preferem ficar acordadas até tarde não é tão misteriosa ou poética, já que muitas corujas noturnas (termo usado para pessoas que dormem muito tarde) preferem passar suas últimas horas da noite em frente à TV, computador ou celular, em vez de vagar pelas ruas sem rumo.

Bem, enquanto os noctívagos podem estar muito longe dos mascarados dos quadrinhos, um estudo descobriu que aqueles que só dormem tarde escolheram uma vida de grande perigo, já que são duas vezes mais propensos a sofrer de distúrbios psicológicos, 30% mais propensos a desenvolver diabetes, 25% mais propensos a ter distúrbios neurológicos, 23% mais propensos a sofrer de doenças gastrointestinais, 22% mais propensos a ter problemas respiratórios e, finalmente, 10% mais chances de morrer prematuramente.

Tudo isso pode ser atribuído à falta de vitamina D? É um pouquinho mais complicado que isso. Para entender por que os noctívagos correm todos esses riscos, precisamos primeiro entender que ficar acordado até tarde não é apenas uma questão de escolha.

morte precoce para quem dorme tarde

Alguma vez você se esqueceu de ligar o alarme e conseguiu acordar milagrosamente a tempo? Bem, não é mágica, é biologia. Na maioria dos organismos vivos da Terra, incluindo fungos e plantas, os biólogos observaram o funcionamento de um relógio embutido. Isso pode soar como uma espécie de hipérbole de ficção científica, mas não é: nós realmente temos um relógio biológico. O relógio circadiano, como é mais precisamente denominado, está localizado em nosso cérebro, dentro do hipotálamo, uma região localizada perto do quiasma óptico, a parte do cérebro que conecta nossos olhos ao cérebro. Isso é crucial porque o nosso relógio usa dicas de luz para regular nosso ciclo diário.

Relacionado: Você está com dor porque não dorme o suficiente

Esse ciclo, cientificamente chamado de ritmo circadiano, nos informa sobre quando devemos acordar, quando devemos descansar e quando devemos comer e beber. Mas só porque todos nós temos um ciclo não significa que funciona da mesma maneira para todos. Em pessoas diferentes, o relógio é configurado de maneira diferente, o que significa que recebem essas dicas em diferentes momentos do dia. Essas configurações diferentes são chamadas de cronotipos e não são uma questão de preferência. Em outras palavras, as pessoas que dormem e acordam tarde o fazem porque são estimuladas a fazê-lo, e essa é a melhor maneira de operarem.

morte precoce para quem dorme tarde

Então, por que elas são recompensadas com todos esses riscos à saúde pelo simples ato de escutar seu relógio interno? O problema é que muitas pessoas com o cronotipo do sono tardio estão tentando viver de acordo com seu ritmo, e de acordo com as expectativas de uma sociedade voltada para a manhã: elas acordam cedo para começar a trabalhar, onde são obrigadas a marcar o ponto às 9 e sair às 18h, o que significa que eles gastam suas horas menos eficientes no trabalho. Depois, vão para casa e ficam acordados até as 2 da manhã. E privação de sono não é a única coisa que os afeta.

Relacionados: Esses erros prejudicam a qualidade do seu sono

Pense no que acontece quando você tira uma longa soneca durante o dia e acorda desnorteado, ou quando viaja para um país cujo fuso horário é diferente: seu relógio circadiano não consegue conciliar as informações sensoriais que recebe sobre a real hora do dia com o que supostamente *deveria* ser a hora do dia. Consequentemente, você pode se sentir fatigado, mas incapaz de dormir, perder sua sensação de apetite e muito mais. As corujas noturnas que trabalham em turnos "normais" são efetiva e perpetuamente retardadas por esse efeito, pois se obrigam a ficar acordadas as horas em que o relógio lhes diz que devem estar na cama. Então, qual é a solução?

morte precoce para quem dorme tardeImagem: james 

A solução mais fácil é recalibrar o relógio circadiano para aderir à agenda de uma pessoa diurna, indo dormir e acordar cedo, e seguir essa rotina. Mas tal conversão pode não ser tão fácil para todos, e algumas corujas se arrepiam com a ideia de que deveriam ajustar todo o seu estilo de vida à tirania dos empregos matinais, que a maioria dos escritórios prefere que todos os funcionários tenham ao mesmo tempo, independentemente de quão efetivos eles são naquela hora do dia, em vez de permitir mais liberdade no estabelecimento de mudanças.

Quer a mudança seja possível ou não, as corujas noturnas podem se beneficiar da mudança para um trabalho mais flexível que permita turnos diferentes. Se tudo mais falhar, tente lutar contra o seu cronotipo e se torne uma pessoa diurna. Afinal, o que está em jogo é muito mais do que sua empregabilidade e liberdade pessoal: é sua vida.

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade