header print

Perca Peso e Ganhe Saúde Usando Essas 5 Farinhas Saudáveis!

 Recentemente, eu mudei meus hábitos alimentares, e passei a incluir produtos na minha dieta que não tenham trigo na sua composição. Como adoro cozinhar, principalmente assar bolos e tortas, percebi que é possível substituir a farinha de trigo comum por outras mais saudáveis, como de amêndoas, coco e outras que, além de não conter o temido glúten, ainda ajudam a reduzir os níveis de açúcar no sangue. Essas cinco alternativas vão fazer toda diferença na sua saúde. Veja quais são e utilize-as nos seus pratos.
 
1. Farinha de amêndoas
5 farinhas sem glúten saudáveis

Feita com amêndoas sem casca, esta farinha tem sabor neutro, e tem a vantagem de ser úmida, o que facilita no preparo de algumas receitas. É ótima para fazer muffins, bolos, biscoitos ou qualquer outra receita de forno.

Benefícios: Tem baixo nível de carboidratos, mas é rica em proteínas. A amêndoa é uma excelente fonte de vitamina E, um poderoso antioxidante que protege as células de radicais livres e reforça a imunidade. A quantia de 1/4 de xícara tem 40 por cento da quantidade diária recomendada de vitamina E. Além disso, a farinha de amêndoas é uma ótima fonte de vitamina B, ácido fólico e niacina. Ao consumi-la, você diminui o colesterol ruim, reduz o risco de formação de coágulos no sangue e acaba com a pressão alta.

2. Farinha de coco
5 farinhas sem glúten saudáveis

Feita a partir do coco moído, essa farinha tem um sabor suavemente adocicado, e é ótima para o preparo de brownies, muffins, bolos e até massa de pizza. Normalmente, receitas com farinha de coco exigem mais ingredientes úmidos, como ovos, por exemplo, já que a farinha não é úmida o suficiente.

Benefícios: Ela contém muito mais fibras do que a farinha de amêndoas. A quantia de 1/4 de xícara contém 10 gramas de fibra, e a de amêndoas contém 3 gramas. Esse ingrediente ajuda a manter saudáveis os níveis de açúcar no sangue, pois é um alimento de baixo índice glicêmico. Estudos mostram que o consumo de farinha de coco pode diminuir o impacto da glicemia na alimentação e estabiliza os níveis de açúcar no sangue. É uma boa alternativa para diabéticos.

 
3. Farinha de mandioca
5 farinhas sem glúten saudáveis

A mandioca é uma raiz muito popular na alimentação brasileira, e também muito consumida na África, Ásia e outros países da América Latina. É dela que vem a popular tapioca, que é uma alternativa saudável, nutritiva e muito gostosa à farinha comum. Sua textura lembra a de farinha de trigo, e o seu sabor é neutro.

Benefícios: Esta farinha é rica em carboidratos de fibras dietéticas, que proporcionam uma série de melhorias à saúde, como controle da pressão, redução no nível de colesterol, controle dos níveis de açúcar no sangue e diminui o risco de obesidade. É uma ótima fonte de magnésio, que diminui a pressão sanguínea e reduz o risco de osteoporose.

4. Farinha de arroz
5 farinhas sem glúten saudáveis

Esta farinha é bastante popular no sudeste da Ásia, Japão e sul da Índia, locais onde o arroz é uma das principais fontes de alimentos. No Brasil, também é muito popular, sempre acompanhado do feijão, mas muitos ainda desconhecem a farinha de arroz. Seja a versão branca ou integral, ambas são uma ótima alternativa para quem quer evitar o consumo de glúten.

Benefícios: A farinha de arroz é uma ótima fonte de fibras e nutrientes como cálcio e zinco, além de vitaminas do complexo B, mas a versão integral é ainda mais nutritiva, pois contém uma boa quantidade de magnésio, manganês e fósforo. Além disso, 1/2 xícara dessa farinha tem 3,6 gramas de proteínas. E graças à boa quantidade de manganês, você ainda tem uma ajuda na absorção de cálcio no organismo. Por último, ela também ajuda a reduzir os níveis LDL, o colesterol ruim, e aumenta as taxas de HDL, o colesterol bom.

5. Farinha de milho
5 farinhas sem glúten saudáveis

A farinha de milho é facilmente encontrada nos supermercados de todo o país, e é bastante utilizada no preparo de biscoitos e bolos. É amplamente usada na culinária brasileira, e dá aos preparos um sabor especial. É também uma ótima alternativa para quem quer fugir de farinha de trigo tradicional rica em glúten, além de ser muito mais nutritiva. 

Benefícios: O milho é um ótimo alimento, e a farinha mantém praticamente todas as suas qualidades, com boas quantidades de ferro, fósforo, potássio, cálcio e vitaminas A e do complexo B. E tem outras vantagens para a saúde, pois contém três carotenoides - a zeaxantina, a luteína e a criptoxantina. Juntos, eles podem prevenir doenças cardiovasculares, doenças oculares e cardiovasculares.

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
App Logo
Nosso app é fácil!