maavaron
Você está sendo transferido para a página solicitada...
header print

Saúde: Como Tratar a Neuropatia Diabética?

 A neuropatia diabética é uma condição bastante delicada que causa uma dor ardente em todo o corpo, mas atinge diretamente as mãos, braços, pés e pernas. Infelizmente, afeta cerca de 70% dos pacientes com diabetes. É uma enfermidade que precisa de bastante atenção e cuidado para não agravar. Existem muitas maneiras diferentes de tratar a neuropatia diabética, e aqui estão algumas das mais eficazes: 
 
saúde: neuropatia diabética: causas, sintomas e tratamento

1. Prevenção 
Como diz o ditado popular: é melhor prevenir do que remediar, e isso é essencial quando se trata de neuropatia diabética. De acordo com Caroline Messer, endocrinologista do Lenox Hill Hospital, em Nova York (Estados Unidos), você pode prevenir o aparecimento da neuropatia diabética ao "manter a glicose e o açúcar no sangue sob controle". Isso significa que é preciso planejar uma dieta com cuidado, além de checar o sangue com frequência e tomar certos medicamentos regularmente. Messer diz que "podemos tratar o açúcar no sangue com insulina ou adicionar novas classes de remédios para baixar a glicose no nível onde deve estar". Também é preciso fazer todas as mudanças regulares para um estilo de vida ideal de um diabético, como parar de fumar e manter um peso saudável. 

2. Medicamentos anticonvulsivos 
A Associação Americana de Diabetes recomenda o uso da pregabalina (também conhecida como Lyrica), um remédio anticonvulsivo, como o primeiro recurso ao no tratamento da neuropatia diabética. Esta medicação alivia a dor ao interferir nos sinais de dor enviados pelos nervos danificados no organismo. 

 

3. Antidepressivos 
Os antidepressivos têm dupla função no tratamento da neuropatia diabética. Além de tratar a depressão em si, alivia os desconfortos físicos da doença. Os médicos recomendam o uso de antidepressivos se os medicamentos anticonvulsivos não reduzirem a dor a níveis suportáveis, pois podem ter um efeito mais eficaz se usados juntos.

saúde: neuropatia diabética: causas, sintomas e tratamento

4. Lidocaína 
De acordo com a Dra. Messer, a lidocaína tópica, em gel ou em forma de spray ou curativo adesivo pode servir como um bom tratamento de neuropatia diabética. Ela diz que "os cufrativos adesivos não podem ser colocados nos pés e nas mãos, mas esta é uma boa forma de tratar a dor nas pernas e nos braços". Como a lidocaína é uma forma tópica de tratamento, o risco de desenvolver efeitos colaterais é muito mais baixo do que outros tratamentos orais. 

5. Analgésicos 
Se você tentou todos os métodos acima, mas ainda está com dor, então pode pedir ao médico para prescrever analgésicos opioides. No entanto, saiba que esses analgésicos vêm com uma parcela de riscos, como dependência e até mesmo uma overdose, então é preciso seguir minuciosamente as orientações do médico ao usá-los. Na verdade, a Associação Americana de Diabetes recomenda apenas o uso de opioides se todos os outros possíveis tratamentos não conseguiram aliviar a dor. 

6. Capsaicina 
A capsaicina é o composto químico natural que dá ardência às pimentas, e que agora foi descoberto que ajuda a aliviar dores nos nervos, pois dá uma sensação de entorpecimento na área afetada. Embora ajude a aliviar a dor, a capsaicina nem sempre pode ser forte o suficiente, por isso é importante visitar o médico para saber qual a melhor forma de tratamento. 

7. Botox 
É um fato comum de que a toxina botulínica, encontrada no Botox, causa paralisia muscular temporária, e é dessa forma que elimina as rugas. A vantagem é que essa paralisia também afeta os nervos, razão pela qual foi comprovado que o Botox pode ser eficaz na redução da dor causada pela neuropatia diabética.

saúde: neuropatia diabética: causas, sintomas e tratamento

8. Higiene adequada dos pés 
Pacientes com neuropatia diabética usualmente têm sensações de entorpecimento nos pés que podem levar a infecções ou consequências ainda mais graves. Por isso, é preciso ter um cuidado extra com os pés, mantendo-os sempre muito limpos. A Dra. Messer diz que "você perde a sensibilidade nos pés, e, por isso, é muito mais provável que surjam feridas, e sabemos que elas cicatrizam devagar", e que você deve "verificar os pés e ver se há rachaduras, fissuras e calos. Se encontrá-las rapidamente, você pode tratá-las usando sapatos ou cremes especiais para evitar a progresso desses problemas". 

9. Antioxidantes 
O ácido lipoico é um poderoso antioxidante que também podem ajudar no tratamento da dor causada pela neuropatia diabética. Pesquisas mostram que o ácido lipoico pode ser uma solução mais rápida do que a maioria dos outros tratamentos quando se trata de dormência, força muscular e déficits sensoriais, ao mesmo tempo que também ajuda a aliviar a dor. O mais surpreendente é que ele pode fazer tudo isso sem causar que muitos dos efeitos colaterais indesejáveis associados a outros tratamentos de dores da neuropatia diabética. 

10. Vitamina D 
Estudos têm mostrado que muitas pessoas que sofrem de neuropatia diabética têm deficiência de vitamina D. Um estudo em particular mostrou que uma única dose de vitamina D (600.000 UI) faz com que os pacientes sintam muito menos dor por alguns meses. Os benefícios surgiram cerca de 10 semanas após tomarem a dose, e muitas vezes duraram até 20 semanas.

Agora que você já sabe como identificar e tratar a neuropatia diabética, é essencial saber tudo sobre o diabetes, a doença que desenvolve tanto esse quantos outros problemas de saúde. Clique aqui e acesso no guia completo sobre diabetes.

Fonte: rd | Imagens: depositphotos

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
App Logo
Nosso app é fácil!