header print

Saiba o Motivo Pelo Qual Você Precisa Cantar Mais

O Editor: Laura Dias
 Não é nenhuma notícia chocante que cantar faz você se sentir melhor. É um fato tão intuitivo quanto o exercício ser bom para o seu corpo. Mas o que é interessante é exatamente como o canto aumenta seu humor e o que acontece quando você canta com outras pessoas. Ou, em outras palavras, quais são os benefícios do canto?

 

Quando cantamos, várias áreas do nosso cérebro são ativadas: nossas redes auditivas, obviamente, mas também nossas redes motoras (pense em seu desejo de se encaixar na música), redes organizacionais, redes de memória, redes de linguagem, bem como redes emocionais. Mas acompanhar cantando uma música não apenas exercita seu cérebro, mas faz muitas outras coisas. 

cante mais

Cantar também desencadeia uma resposta de recompensa no cérebro, o que causa a liberação de quatro tipos diferentes de "hormônios felizes" (mais precisamente denominados neurotransmissores). São elas: 

Endorfinas que reduzem a dor, o estresse e trazem uma sensação de euforia.
Dopamina que aumenta o foco, a determinação e causa uma sensação geral de alegria.
Serotonina, que é crucial para a nossa autoestima e autoimagem saudável.
• A ocitocina, que é importante para a ligação social e confiança. 

Mas cantar também pode lidar com as manifestações físicas do sofrimento mental. A respiração superficial está entre as reações mais comuns ao estresse, e uma das formas mais eficazes de neutralizá-lo é praticar conscientemente uma respiração mais profunda. Mas o tipo de respiração profunda desencadeada pelo ato de cantar é na verdade mais intuitivo e, portanto, mais eficaz do que a respiração do ioga.

Acima de tudo, o canto nos permite desabafar emoções que, de outra forma, nos sentiríamos envergonhados de expressar, incluindo alegria infantil, tristeza e até raiva.

cante mais

E todas essas sensações são amplificadas quando você está cantando com outra pessoa. Em um coral, um dueto, uma banda ou apenas cantando o Hino Nacional, a oxitocina liberada nos faz sentir um sentimento de pertencimento, de comunidade, de amizade com nossos colegas cantores. Isso não deve surpreender quando se observa como a música serviu para construir comunidades ao longo das eras, seja em congregações religiosas, no exército ou no pátio da escola.

E não é só a química que nos une através da música, o canto em grupo nos ensina a cooperar, a ouvir o outro e a criar unidade. E essa conexão é mais profunda do que você pode imaginar, já que as pessoas que cantam juntas sincronizam seus batimentos cardíacos e suas ondas cerebrais, como estabelecido em dois estudos separados.

 

 

Então, por que não cantamos com mais frequência? Tudo se resume medo de críticas. Assim como outras formas de arte em que todos nos envolvemos quando crianças, como dançar e desenhar, em algum momento começamos a sentir que não somos bons o suficiente para fazê-lo, e que devemos "deixar para os profissionais". Esse medo pode ter sido incutido em nós ao receber uma crítica contundente ao nosso canto uma vez, ou até mesmo desenvolvendo uma apreciação pelas impressionantes capacidades vocais de outra pessoa e comparando-nos desfavoravelmente a essa pessoa.

É por isso que os espaços onde nos sentimos mais à vontade para soltar e cantar são aqueles em que sentimos que ninguém está escutando, seja sozinho no carro ou enquanto estamos no chuveiro. Uma maneira de contornar nossa angústia social sobre nosso desempenho vocal é cantar em um coral, onde não é a técnica e o domínio de um indivíduo que importa, mas a capacidade do grupo de cooperar e harmonizar.

Mas não importa o local e o público, é extremamente importante que você tenha um lugar seguro onde você possa cantar sem medo de julgamento, onde você pode deixar suas preocupações para trás e apenas cantar!

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade