header print

9 Passos Para Evitar Pedras nos Rins

O Editor: Bruna Santos
 Nossos rins são provavelmente os órgãos mais sensíveis que temos, uma vez que são os primeiros a sofrerem pelas nossas más decisões, seja uma bebida alcoólica ou duas, ou a nossa dependência de tudo o que é doce ou salgado demais. Uma das condições renais mais comuns e simultaneamente mais dolorosas são os cálculos renais, pequenos (mas nem tanto) cristais que se formam como resultado de muitos processos químicos que ocorrem em nosso corpo. Sofrer de pedras nos rins não é brincadeira: a dor excruciante que acompanha os cálculos renais tem sido frequentemente descrita como “pior do que o parto” pelas mulheres. Felizmente, pedras nos rins são evitáveis, mesmo que você já tenha passado por isso. Com apenas algumas mudanças de estilo de vida simples, você pode se proteger desta doença debilitante. As 9 dicas alimentares e de estilo de vida a seguir ajudarão a evitar este problema.
 
1. Tenha cautela com alimentos que contêm oxalatos
como prevenir pedra nos rins

O grupo de produtos químicos chamados oxalatos ocorre naturalmente em alimentos derivados de plantas e animais, e muitos alimentos extremamente saudáveis, como grãos integrais, frutas vermelhas e verduras contêm muitos oxalatos. E enquanto estes compostos não causam nenhum dano (o corpo humano produz oxalatos por conta própria), eles podem se ligar ao cálcio nos rins, formando cristais - cálculos renais.

De fato, estima-se que cerca de 67% dos cálculos renais sejam derivados de oxalato de cálcio. Ainda assim, os médicos normalmente não recomendam a remoção completa de oxalatos e, em vez disso, recomendam o consumo de cálcio suficiente para que os dois compostos se liguem ao intestino antes que atinjam os rins. Ainda assim, se você está em risco de desenvolver pedras nos rins, é melhor ficar atento a sua ingestão de oxalato.

Alimentos que contêm oxalato:

- espinafre
- nozes
- beterraba
- batatas
- aspargos
- produtos de soja e soja
- chocolate
- a maioria das bagas
- grãos integrais
- chá
- aipo
- salsinha
- abóbora

2. Coma muitas frutas cítricas
como prevenir pedra nos rins
As frutas cítricas contêm bastante ácido cítrico, que comprovadamente previne cálculos renais. De fato, uma deficiência de ácido cítrico no corpo foi encontrada em 60% dos pacientes com pedras nos rins, então coma bastante fruta cítrica ou beba suco de laranja, limão ou lima sem açúcar para manter os rins saudáveis.
3. Reduza o consumo de álcool e café
como prevenir pedra nos rins
Tanto o álcool quanto a cafeína podem desidratar seu corpo, o que é especialmente perigoso para pessoas propensas a pedras nos rins, infecções renais e infecções do trato urinário. Tenha em mente que muitos refrigerantes, chás e outras bebidas, e não apenas café, contêm muita cafeína. O consumo total de bebidas com cafeína deve ser limitado a um máximo de 4 porções diárias.
4. Hidrate-se
como prevenir pedra nos rins

A maneira mais eficaz e também a mais negligenciada de prevenir pedras nos rins é simples: beber líquido suficiente. Mais ingestão de líquidos significa urina mais diluída, que, por sua vez, impede que as areias e os minúsculos cristais se aglutinem e formem pedras nos rins.

Mas quanta ingestão de líquidos é suficiente? Se você é saudável e não tem histórico de problemas renais ou urinários, deve ingerir 8 copos de líquidos por dia, o suficiente para passar 2 litros de urina. Se, no entanto, o seu sistema imunológico estiver comprometido ou se você tiver sofrido de problemas urinários antes, você deve beber pelo menos 12 copos de líquidos diariamente.

Observe também que pelo menos metade de sua ingestão diária de líquidos deve ser água.

5. Consuma menos sal
como prevenir pedra nos rins

Todos nós devemos seguir uma alimentação com baixo teor de sódio, sabendo o que isso pode fazer para a nossa saúde cardiovascular, mas uma dieta rica em sal também pode desencadear cálculos renais. Quando você come muito sal, aumenta a quantidade de cálcio na urina, que, por sua vez, cria pedras nos rins.

Seu limite diário de sódio deve ser de 2.300 mg (cerca de 1 colher de chá de sal de cozinha), mesmo que você nunca tenha tido pedras nos rins antes. Este também é o limite diário de ingestão para manter o coração saudável.

O que evitar em excesso:

- carne ou peixe defumado
- bacon
- linguiça
- presunto
- molhos para salada artificiais
- manteiga com sal ou margarina
- ketchup e mostarda
- sardinhas
- pizza
- nozes salgadas
- alimentos enlatados e molhos
- queijo
- pão e bolachas
- azeitonas
- picles
- chucrute
- molho de soja

Quer saber quais outros hábitos podem estar prejudicando nossos rins? Aqui está um link para um artigo que explica os maus hábitos que afetam a nossa saúde renal.

6. Evite bebidas açucaradas
como prevenir pedra nos rins
É essencial evitar bebidas adoçadas, como refrigerantes, sucos e águas com sabor, especialmente aquelas que o xarope de milho rico em frutose pode causar estragos em seu sistema digestivo, dentes e saúde endócrina, aumentando a inflamação e até mesmo contribuindo para o diabetes. Além disso, essas bebidas aumentam o risco de desenvolver pedras nos rins, por isso é melhor evitá-las completamente.
7. Limite a quantidade de produtos de origem animal em sua alimentação
como prevenir pedra nos rins

Além de muitas vezes serem ricos em sal, produtos derivados de animais também aumentam o nível de ácido úrico e diminuem os níveis de citrato no corpo. Por que isso é importante? O ácido úrico é um dos principais contribuintes para a formação de pedra nos rins, enquanto o citrato previne a formação de cálculos renais.

Então, ao comer muita carne vermelha, queijos duros, frutos do mar, aves e ovos, você está enfraquecendo a defesa do seu corpo contra pedras nos rins e aumentando os riscos de sua formação. Claramente, todos esses alimentos são a principal fonte de proteína para a maioria das pessoas, de modo que eliminá-los completamente da nossa alimentação seria difícil, mas não impossível com ajuda médica.

Em vez disso, limite seu consumo desses alimentos, especialmente de carne vermelha, a uma porção não maior que um maço de cartas.

8. Certifique-se de comer bastante alimentos ricos em cálcio
como prevenir pedra nos rins

Embora seja verdade que os cálculos renais de oxalato de cálcio são os mais comuns, os médicos ressaltam que as pedras muitas vezes podem ser formadas porque não temos cálcio suficiente em nossa alimentação. Homens e mulheres com mais de 50 anos devem ingerir 1.000 mg de cálcio por dia, acompanhando 800-1.000 UI de vitamina D para melhor absorção de cálcio.

Ainda assim, não se apresse para a farmácia por um suplemento de cálcio, pois os cientistas apontam que os suplementos de cálcio não são benéficos para os nossos rins, com alguns estudos até ligando esses suplementos às pedras nos rins. Em vez disso, consuma mais destes alimentos:

- leite e leite de soja
- pães ricos em grãos
- amêndoas
- soja
- ervilhas
- queijo
- sardinhas
- brócolis
- laranjas
- repolho

9. Fique de olho nos seus suplementos
como prevenir pedra nos rins

Embora tenha sido descoberto que os suplementos de vitamina B6 e óleo de peixe são benéficos para a prevenção de pedras nos rins, outros, como suplementos de cálcio e vitamina C, podem ser prejudiciais aos nossos rins. Discutimos o efeito do cálcio na seção acima.

Quanto à vitamina C, verificou-se que a suplementação dessa vitamina pode torná-lo mais propenso a desenvolver pedras nos rins, especialmente se você for do sexo masculino. Os cientistas sugerem que isso ocorre porque um suplemento de vitamina C pode ser convertido em oxalato no corpo, por isso é melhor obter sua vitamina C de sua alimentação.

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade