header print

Os 5 Tipos de Barriga Que Não São Causados Pelo Excesso de Peso

 O verão já passou, mas não há a necessidade de se preocupar com seu corpo só nesta época do ano. Há momentos em que nossa barriga não parece reduzir em tamanho, apesar de nossos melhores esforços e dietas, mas, você sabia que pode existir outras razões para isso acontecer? Veja agora o que também contribui para o crescimento indesejado em torno da cintura:
 
 
1. Barriga dos lados
Causas de barriga que não são excesso de peso Característica principal: 'Almofadas' dos lados, o famoso "culote".
Quais são as possíveis causas?
  • Estilo de vida sedentário
  • Consumo excessivo de álcool
  • Consumo excessivo de doces e carboidratos refinados (como biscoitos, bolos e pão branco) ou carboidratos amiláceos (como massas e arroz).
Dica:
1. Beba menos álcool: Beber vinho regularmente (3-4 vezes por semana) pode levar ao que é conhecido como uma "cintura de vinho", causando uma certa protuberância na barriga e gordura dos lados. Pare de beber por duas semanas e lembre-se que a moderação é a chave.
2. Repense sobre a sua alimentação:
 produtos dietéticos especiais e alimentos com alto teor de gordura devem ser evitados. Em vez disso, opte por ovos, carne magra e legumes, bem como gorduras boas, como abacate, nozes e peixe com baixo teor de gordura.
3. Exercício: Se você não pode ir à academia, faça longas caminhadas, agachamentos, exercícios focados no abdômen sem equipamentos, bicicleta, dentre outros.
2. Barriga do estresse
Causas de barriga que não são excesso de peso
Característica principal: Gordura é concentrada em torno do umbigo. A barriga parece ser grossa, não solta.
Quais são as possíveis causas?
  • Estresse crônico e altos níveis de cortisol
  • Falta de refeições
  • Beber muito café
  • Síndrome de intestino irritável
  • Comer alimentos insalubres
Dica:
1. Ir para a cama cedo: Se você não dormir muito ou se estiver se sentindo estressado, isso interrompe a produção de leptina, um hormônio que ajuda a regular o seu apetite e metabolismo.
2. Relaxe antes de dormir: Tomar um banho longo, fazer alguns exercícios de respiração ou meditar. Estes hábitos úteis irão garantir que você durma bem.
3. Não exagere no exercício: O excesso de exercícios de cardio aumentará seus níveis do cortisol. Tente praticar ioga, longas caminhadas, natação, ou uma sessão de academia moderada que pode te acalmar. Apenas certifique-se de não exagerar.
4. Tomar suplementos de magnésio: O magnésio é um mineral relaxante. Além de suplementos, você pode encontrar magnésio em vegetais verdes escuros, nozes e farelo de trigo.
 
3. A barriga para baixo
Causas de barriga que não são excesso de peso
Característica principal: Embora você possa ser magro, sua barriga inferior tem uma certa protuberância.
Quais são as possíveis causas?
  • Gravidez
  • Falta de exercícios
  • Curvatura espinal
Dica:
1. Dieta saudável e muita fibra: Opte por vegetais de folhas verdes, pão integral e outras fontes de fibras.
2. Exclua o agachamento do seu regime de exercícios: Agachamento pode colocar muita pressão sobre a parte inferior das costas, agravando a curvatura da coluna vertebral, tornando sua barriga mais proeminente. Em vez disso, substitua por abdominais de lado e exercícios de fortalecimento dos músculos.
3. Distribuição igual de exercício: Ao invés de exercitar muito uma única parte do seu corpo, garanta que você está exercitando todos os grupos musculares.
4. Barriga da mamãe
Causas de barriga que não são excesso de peso
Principais características: Após o parto, a barriga ainda parece estar como a de uma grávida.
Quais são as possíveis causas?
  • Não ter tempo suficiente para si mesmo: Como o útero diminui após o nascimento, alcançar resultados torna-se mais difícil do que era antes da gravidez. Voltar ao seu tamanho normal levará cerca de 6 semanas.
  • Você começou a treinar muito cedo: Dê a seu corpo o tempo que ele precisa para descansar depois de dar à luz antes de retomar aos exercícios
  • Músculos fracos da pélvis
Dica:
1. Consumir gorduras saudáveis: Opte por nozes, óleo vegetal e azeitonas, para ajudar a combater a fadiga. Também tomar suplementos de óleo de peixe.
2. Mantenha sua barriga para dentro: Aquela velha expressão " murchar a barriga, é um hábito saudável que tonificará seus músculos sem sobrecarregá-los com exercícios fortes.

5. Barriga inchada
Causas de barriga que não são excesso de peso Principais características: Seu estômago é plano na parte da manhã, mas cresce durante o dia, independentemente de você ter excesso de peso.
Quais são as possíveis causas?
  • Alergia alimentar
  • Intestinos lentos
  • Desequilíbrio da flora intestinal

Dica:

1. Exclua alimentos e bebidas que não te fazem bem: Glúten, álcool, levedura (encontrados em bolos e cerveja) e produtos lácteos processados são tipos de alimentos que você pode evitar.
2. Opte por uma dieta rica em legumes frescos, carne, frango e peixe: Melhor evitar pão e doces por duas semanas e checar se o inchaço em sua barriga diminuiu.
3. Não pule café da manhã: Essa deve ser a maior refeição do seu dia, porque sua digestão é mais rápida na parte da manhã. Prepare o jantar mais cedo e coma algo mais leve, não se esquecendo de mastigar bem os alimentos e beber muita água durante todo o dia.
4. O inchaço pode ser um sinal de flora intestinal desequilibrada: Probióticos devem ajudar a aliviar esse problema. Eles estão presentes em coalhada, alguns iogurtes, e também em certas frutas e vegetais, como: repolho, alho e cebola.
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: