header print

Saiba Como Evitar a Contaminação Por Estes 7 Germes Nocivos

 Hoje em dia, as infecções tornaram-se mais comuns. Uma forma de infecção vem de um grupo de bactérias que são encontradas em uma variedade de alimentos e fezes de animais. Portanto, é importante entender o que são esses germes, o que eles fazem, e acima de tudo - como evitá-los!
 

 1. E. Coli

O germe E. Coli vive no cólon de pessoas e animais, como vacas, ovelhas e cabras. A bactéria não é geralmente prejudicial, na verdade, é necessária para as atividades rotineiras do sistema digestivo. No entanto, causa uma preocupação quando entra em contato com fezes, porque assim surge o risco de infecção. As bactérias normalmente viajam através de carne crua, água poluída e produtos lácteos não pasteurizados.

 
Os sintomas de infecção de E. Coli incluem diarreia grave, dores de estômago e vômitos que podem durar entre 5 a 10 dias. Além disso, essabactéria pode causar infecções urinárias, sendo as mulheres especialmente suscetíveis.

Embora a grande maioria das bactérias E. Coli não são mortais, existem vertentes que podem causar sangue na diarreia, mau funcionamento dos rins e até mesmo a morte.

Para evitar a infecção, certifique-se de cozinhar adequadamente a sua carne, lave as frutas e legumes completamente antes de comer ou cozinhar, e evite beber leite não pasteurizado e suco. Certifique-se de limpar sempre as mãos e também limpar utensílios de cozinha e superfícies de trabalho que entrou em contato com carne crua.


2. Campylobacter

Campylobacter jejuni é uma espécie de bactéria comumente encontrada em fezes de animais. É uma das causas mais comuns de gastroenterite humana no mundo. Intoxicação alimentar causada por espécies campylobacter pode ser severamente debilitante, mas raramente é fatal.

Essa bactérias é comumente associada com aves, porque elas naturalmente colonizam o trato digestivo de muitas espécies voadoras. Um estudo descobriu que 30% das espécies de pássaros conhecidos como estorninho-comum e presentes nas fazendas de Oxfordshire, no Reino Unido, eram portadores de C. jejuni. Esta bactéria também é comum em bovinos.

Evite água potável contaminada e leite não pasteurizado. Os alimentos contaminados são uma fonte importante de infecções também. Carne vermelha e de aves mal preparadas são a principal fonte de bactérias, e uma infecção grave é causada por comer alimentos contaminados. A doença afeta principalmente mulheres grávidas, recém-nascidos, adultos com sistemas imunológicos enfraquecidos e idosos.

7 germes de estômago que você precisa evitar

3. Listeria

Os germes de listeria são encontrados no solo e na água, e podem aparecer em alimentos crus como frutas e vegetais, carne crua e peixe, bem como produtos lácteos não pasteurizados. Ao contrário de outras bactérias, esta espécie também pode crescer e se espalhar nas temperaturas relativamente baixas encontradas na geladeira.

A maioria dessas bactérias são tratadas pelo sistema imunológico antes que possam causar infecção, mas em alguns pode ocasionar mais sérios problemas.

Os sintomas de listeriose incluem febre, calafrios, dores de cabeça e vômitos. Pessoas com alto risco de infecção por listeria são mulheres grávidas e seus fetos, adultos com mais de 50 anos e pessoas com um sistema imunológico fraco.

A listeriose pode não afetar muitas pessoas - pesquisas sugerem que a cada ano afeta cerca de 1.600 pessoas em todo o mundo. No entanto, desses 1600, 260 morrem.

Para evitar a infecção, enxágue bem os vegetais e as frutas antes de comer e limpe bem a área que a carne crua permanece, ou é cortada.​

 

4. Vibrio

Os germes de vibrio parahaemolyticus vivem na água salgada, e são encontrados frequentemente em mariscos mal cozidos. Podem causar intoxicação alimentar que irá causar diarreia aquosa, cólicas estomacais, náuseas, vómitos, febre e arrepios. Casos graves causarão o aparecimento de sangue e muco nas fezes.

Pessoas que comem peixe e frutos do mar não cozidos podem ser infectados em 24 horas, com os sintomas durando 3-5 dias. Infecções graves são raras, mas as pessoas com o sistema imunológico fraco estão em alto risco.

Estas infecções podem geralmente ser evitadas cozinhando completamente peixes e frutos do mar.

5. Toxoplasma

De acordo com o CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças), milhões de pessoas em todo o mundo carregam o parasita toxoplasma gondii. No entanto, apenas alguns de nós sofrem de quaisquer sintomas, devido a um sistema imunológico robusto. Dito isto, existem pessoas que desenvolvem toxoplasmose e podem desenvolver uma infecção grave.

Os sintomas são parecidos como os da gripe, o paciente pode sentir fraqueza, febre, dor muscular e aumento dos gânglios linfáticos. As pessoas em risco incluem mulheres grávidas e aqueles com um sistema imunológico fraco. O parasita pode causar doenças graves que podem prejudicar o cérebro, olhos, fígado e pulmões.

A bactéria toxoplasma gondii é encontrada em uma grande variedade de animais, mas só podem ser produzidas no estômago de um gato. Os gatos geralmente capturam o parasita comendo carne crua, vegetais sujos ou quando entram em contato com outras fezes de gatos infectados.

Para evitar a infecção, o CDC recomenda cozinhar seus alimentos com segurança e também certifique-se de lavar as mãos enquanto manuseia alimentos crus, para evitar a água suja e fezes de gato.

7 germes de estômago que você precisa evitar

6. Salmonella

Salmonella é um grupo de bactérias geralmente encontradas em aves não bem cozidas, ovos, carne bovina e, por vezes, em frutas e vegetais não lavados adequadamente. Tocar alimentos ou animais que estiveram em contato com as bactérias pode causar inflamação em seu sistema digestivo. Esta inflamação é chamada salmonelose e seus sintomas incluem febre, diarreia, dor de estômago e dores de cabeça que pode durar entre 4 a 7 dias.

A maioria das pessoas cura sem tratamento, mas para os idosos, bebês e pessoas com doenças crônicas, a salmonelose pode se espalhar no sangue, com resultados mortais.

Para evitar a infecção, evite comer ovos não cozidos, carne vermelha e de aves não totalmente cozidas, e mantenha a carne crua separada da carne cozida. Também lave tudo o que entra em contato com alimentos não cozidos.​

7. Norovírus

Este vírus pode prejudicar o estômago e intestinos, e é muitas vezes chamado de 'gripe do estômago'. As bactérias são geralmente encontradas em alimentos contaminados ou bebidas, mas também pode ser espalhado por tocar superfícies ou outras pessoas que a transportam.

O vírus pode causar uma inflamação nas entranhas (gastrite). Os sintomas incluem fadiga, dores de cabeça, náuseas, dores de estômago, vômitos, diarreia e febre que tendem a durar alguns dias. A maioria das pessoas superam a doença, mas é importante beber líquidos suficientes para substituir o que você perdeu.

Para evitar infecções, limpe sempre as mãos com sabão depois de manusear os alimentos e desinfecte as superfícies de trabalho na cozinha e nos banheiros.

Fonte: Gabriela A.
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: