header print

Por Que Você Deve Trocar a Sua Escova de Dentes

Cuidar da saúde da boca e dos dentes é fundamental, ou melhor: obrigatório. Com que frequência você costuma ir ao dentista? Por acaso utiliza uma boa pasta de dentes e usa enxaguante bucal? Isso sem falar no uso do fio dental, que muitos deixam de lado.

 
Mas vamos falar agora de um acessório que todo mundo usa mas parece não dar muita importância: a escova de dentes. Com que frequência você troca a sua escova? Dentistas recomendam que seja substituída a cada três meses. E após ler este artigo, você vai querer trocar a sua escova imediatamente!
 
 

Por que devemos trocar a escova regularmente?

As cerdas da escova se desgastam rapidamente com o uso frequente da escova. Basta fazer um cálculo simples: você a utiliza ao menos três vezes ao dia - de manhã, depois do desjejum, depois do almoço e antes de dormir, certo? Você pode até alegar que escolheu uma marca mais resistente e pagou mais por isso, mas essa regra vale para todas as escovas, desde a mais simples até as super sofisticadas. Veja agora alguns motivos que o farão correr até a farmácia e comprar uma escova novinha!
 

Dentes amarelos

O que você não sabe a respeito das escovas é que, por mais que a mantenha limpa, algumas bactérias muito resistentes vão permanecer ali, principalmente na base onde estão as cerdas. Ou seja: você está reintroduzindo velhas bactérias na sua boca! Saiba que esse é dos motivos que deixa os seus dentes amarelados.
 

Formação de placa

A formação de placa é a maior vilã de uma boca saudável, e pode acelerar a formação de placa. Quando as cerdas da escova não estão fortes o suficiente, a escovação não é tão efetiva pois faz uma limpeza superficial, mesmo que você utilize uma boa pasta e enxaguantes depois de escovar.

 
 

Doenças bucais

Uma escovação malfeita pode desencadear outras doenças bucais. Por ser uma região muito úmida, a boca exige cuidados especiais o tempo todo pois é uma das áreas onde há uma enorme quantidade de bactérias, e algumas delas ficam até mais resistentes com a acidez da saliva. Por isso, se você está usando uma escova antiga, saiba que pode até fortalecer bactérias, pois a limpeza não é tão efetiva. Podem ocorrer problemas como afta e inflamação nas gengivas.
 

Pode fazer mal ao coração

Por essa você não esperava, mas é verdade. Quando nossa boca não é higienizada adequadamente, são muito maiores os riscos de adquirir endocardite. Trata-se de uma infecção no endocárdio, o revestimento interno do coração, e esta doença pode surgir quando uma bactéria ou um germe muito resistente se espalha pelo sistema sanguíneo e chega até o endocárdio. A doença pode destruir as válvulas do coração e trazer sérios problemas.

Normalmente essas bactérias que causam a endocardite ficam na boca. Uma escova antiga e já desgastada, além de não limpar efetivamente, carrega uma série de bactérias que podem colocar sua vida em risco.
 
 

E quando devo trocar a minha escova?

  • Você pode perceber durante a escovação. Se as cerdas dobram demais enquanto você passa a escova pelos dentes, deve substitui-la por uma nova.
  • Verifique as cerdas. Não deixe que elas fiquem totalmente dobradas, com aquele aspecto de velha. Quando as pontas começarem a dobrar, jogue-a fora e compre uma novinha em folha.
  • Preste atenção na cabeça da escova, onde ficam as cerdas. Se ali permanecerem restos de pasta de dente, saiba que isso é um prato cheio para proliferação de bactérias. Caso isso aconteça, mesmo que a sua escova tenha pouco tempo de uso, substitua por uma nova.
 
Fonte: prevention.com

 

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: