header print

Como Superar as Crises do Seu Casamento? Veja Aqui

  

O escritor e poeta Robert Louis Stevenson disse uma vez: "O casamento é uma longa conversa entremeada de disputa". De fato, mais cedo ou mais tarde, cada casal passa por uma crise ou outra que é inevitável. A boa notícia é que, quando um casal consegue lidar com essas crises, eles evoluem e atingem um novo nível no relacionamento, encontrando suas próprias maneiras de conviver em harmonia e serem felizes. 

Você não deve temer uma crise conjugal, uma vez que isso provavelmente acontecerá, quer você queira ou não, e isso é um sinal de que seu relacionamento está se desenvolvendo. O mais importante é não desistir e superar todas as dificuldades, afinal, você deve ter prometido que assim o faria, em todos os momentos. No entanto, como passar por essas fases? Aqui estão 5 estágios diferentes do casamento e as crises que surgem em cada um, juntamente com as melhores formas de resolvê-las, e algumas dicas que cada casal precisa saber para melhorar e fortalecer seu casamento.

 
O primeiro ano do casamento: o estágio de realização
como superar as crises em todas as fases do casamento

Segundo a conselheira matrimonial e familiar americana Rita DeMaria, o primeiro estágio do casamento é "o estágio de realização". Geralmente ocorre após o casal ter vivido juntos por 6 a 12 meses, período no qual a "magia" de se apaixonar se dissipa e o casal começa a ver e a entender as fraquezas um do outro, assim como seus hábitos menos desejáveis. "Esta é a hora de aprender o que é um trabalho em equipe", diz Rita. 

Como fortalecer o relacionamento nesta fase 
"O ideal é fazer isso antes de se casar, mas, se você não o fez, não é tarde demais para discutir assuntos como crianças, dinheiro, com que frequência você verá suas famílias, religião etc.", diz o psicólogo Beverly Hyman. É preciso precisa ter uma conversa honesta e aberta sobre esses tópicos, e fazer algumas concessões, se for necessário. É muito importante que você concorde com elas, porque com o tempo essas são as coisas que exercerão mais pressão sobre o seu relacionamento.

3-4 anos: a perigosa "zona de conforto"
como superar as crises em todas as fases do casamento

Um estudo realizado com 2 mil casais britânicos mostrou que, depois de três anos e meio, o casal começa a se dar por certo. Nessa fase, eles preferem dormir do que ter relações, e param de dizer "eu te amo" um para o outro. Na verdade, neste ponto, os casais chegam ao que é chamado de "zona de conforto" perigosa do casamento. Por um lado, há uma sensação de segurança e relaxamento, mas, por outro, as coisas que incomodam começam a ter mais espaço no relacionamento, como usar o banheiro com a porta aberta. Embora 82% dos participantes do estudo relatassem estar felizes com o casamento, quase 50% deles disseram que queriam que o parceiro fosse mais romântico. 

Como fortalecer o relacionamento nesta fase 
Você deve manter um certo nível de emoção no casamento. Complementem-se com mais frequência e elogie uns aos outros por suas conquistas, mesmo as menores. Se você tem um problema específico no relacionamento, comece uma conversa gentilmente e sem apontar os dedos – olhe para si mesmo antes de tudo, sugere John Guttmann, um psicólogo da família. O crescimento e o desenvolvimento de seu relacionamento só é possível se você puder olhar para si mesmo de fora e de forma objetiva. É assim que você entenderá o quanto seu cônjuge contribui (ou não contribui) para a relação.

5-7 anos de matrimônio: "A crise dos 7 anos"como superar as crises em todas as fases do casamento

A psicologia tem esse termo chamado "Crise dos 7 anos", que vem na fase mais crítico do casamento. Neste estágio da vida conjugal, os casais tendem a se adaptar a uma rotina e começam a se comportar como se estivessem no piloto automático, e isso é um grande erro, de acordo com Beverly Hyman. 

Os casais vivenciam um atraso nas relações sexuais entre si, e acham que sabem tudo sobre o parceiro. Às vezes, eles decidem ter o primeiro ou o segundo filho justamente neste período para salvar o casamento, mas é importante para cada os dois lembrar que a criança, em primeiro lugar, é um ser humano, e não uma ferramenta a ser usada para alcançar certos direitos e objetivos. 

Como fortalecer o relacionamento nesta fase 
Robert Taibbi, um consultor e terapeuta familiar americano, oferece as seguintes dicas: 
Mantenha a comunicação aberta. Você precisa ser menos formal e evitar conversas de rotina como: "Como você está?", "Tudo bem". Certifique-se de incorporar sentimentos e honestidade na sua comunicação. 
Resolva os problemas à medida que surgirem, para que não tomem proporções ainda maiores. 
• Atualize sua lista de desejos e aspirações para o futuro de tempos em tempos e compartilhe seus pensamentos com a pessoa amada. 
Fale um com o outro sobre o futuro do relacionamento - quais são seus planos para os próximos cinco anos? E os próximos 10 anos? O segredo aqui é abertura e honestidade.

10-15 anos de casamento: "O período difícil"
como superar as crises em todas as fases do casamento

De acordo com um estudo recente, a marca de 10 anos é a mais difícil para a maioria dos casais. Cerca de duas mil mulheres casadas dos Estados Unidos foram entrevistadas, e a maioria afirmou que o décimo-primeiro ano de casamento foi o mais desafiador. A razão para isso é que, com o tempo, as mulheres acumulam uma grande variedade de responsabilidades domésticas e familiares, além de mais responsabilidades no local de trabalho, e como isso demanda muito tempo, a qualidade do relacionamento diminui lentamente quando o marido deixa de ver sua esposa como uma mulher atraente. 

Esses sentimentos ocorrem não apenas entre casais casados nos Estados Unidos, mas também na Europa. Segundo as estatísticas, o casamento médio em Londres dura 11 anos, e em Paris, duram uma média de 13 anos. 

Como fortalecer o relacionamento nesta fase 
A boa notícia é que, aqueles que conseguirem superar esse período difícil, vão sentir uma grande satisfação com o casamento, que aumentará nos próximos 20 anos. Dana Fillmore, uma terapeuta familiar, recomenda tratar o relacionamento nesta fase com um pouco de humor, incluindo se divertir com os próprios defeitos, o chamado auto- humor. 

Ria mais e deixe de lado as expectativas que você tem um pelo outro. Seu casamento pode não ser perfeito, mas pense: é realmente tão ruim assim? Tente se concentrar nos aspectos positivos do seu casamento e do seu cônjuge.

 
20-30 anos de casamento: crise de meia-idade e o "divórcio grisalho"
como superar as crises em todas as fases do casamento

A crise de 20 anos de casamento geralmente ocorre após a crise da meia-idade do cônjuge. Essa crise é exacerbada pela "síndrome do ninho vazio", quando os filhos crescem e saem de casa, enquanto os próprios cônjuges permanecem em um estado semelhante ao início da relação – eles estão juntos e sozinhos. 

Às vezes, o casal começa a sentir que o casamento é desgastante porque o principal objetivo já foi cumprido e não há grandes metas compartilhadas de longo prazo, como ter filhos e criá-los. Psicólogos nos Estados Unidos chamam o divórcio de "divórcio grisalho", porque o casal de fato já está envelhecendo junto. Nos últimos anos, houve um aumento na incidência de tais casos. 

Como fortalecer o relacionamento nesta fase 
Não se distancie e tente buscar outro significado para sua existência como casal. Se você ignorar os problemas a dois enquanto cria seus filhos, esses problemas virão à tona e com muito mais intensidade quando os filhos forem embora. 

Por outro lado, agora você tem mais tempo para resolver todos os problemas que existem entre os dois, e esta é uma ótima oportunidade para reconstruir o casamento. Steve Seabold, consultor de relacionamento dos Estados Unidos, recomenda a prática de exercícios e a criação de novos objetivos comuns, como viajar pelo mundo, começar um negócio, aprender um novo idioma ou qualquer outra coisa que ajude a dar sentido ao relacionamento.

6 Ótimas dicas extras que podem salvar seu casamento
como superar as crises em todas as fases do casamento
1. Salve o seu casamento, mesmo que tenha que segurar o peso 
Acredita-se frequentemente que ambos os parceiros precisam estar a bordo ao tentar salvar um casamento. No entanto, se um deles não estiver motivado e a outra pessoa insistir, então aos poucos o cônjuge teimoso vai lentamente se ajustar ao que está acontecendo. 
2. Não faça as perguntas erradas 
Não se pergunte: "Ele é a pessoa certa para mim?". O segredo para um casamento bem-sucedido não é encontrar a pessoa certa, mas aprender a amar a pessoa que você escolheu, porque o amor não é uma questão de sorte, mas uma escolha que você fez e deve seguir. 
3. A separação apenas distancia vocês 
Muitas pessoas acreditam que uma separação temporária pode refrescar os sentimentos e posteriormente aproximar os parceiros. No entanto, a separação faz justamente o contrário e afasta ainda mais os dois. 
4. Fale menos sobre problemas 
Conversar com o parceiro sobre problemas conjugais geralmente não os resolve, e os torna ainda mais problemáticos para os dois, e em muitos casos leva a raiva e conflitos. Fale menos e faça mais. 
5. Não pense que conselheiros e terapeutas vão dar todas as respostas 
A terapia em casal ajuda os parceiros a falarem uns com os outros e a entender os pontos de vista uns dos outros, mas não fornece respostas objetivas para o que precisa ser feito para salvar o casamento. Como resultado, muitos casais estão decepcionados com esses tratamentos. 
6. Não fale de seus problemas conjugais a familiares ou amigos 
Um dos valores mais importantes no casamento é a privacidade e a confidencialidade mútua. Não é nada bom dizer aos familiares e amigos que escolheu o parceiro errado ou falar dos problemas em casa. Expor esses detalhes é uma traição à confiança do seu cônjuge - um grande erro que muitas pessoas cometem em um relacionamento.
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade