header print

10 Perguntas Que Todo Nutricionista Ouve

 À medida que a conscientização sobre os problemas de saúde aumenta, o mesmo acontece com a desinformação e a confusão sobre saúde e nutrição, tanto que é difícil acompanhar o que é bom e o que é ruim para você e qual é a melhor maneira de perder peso. Para ajudar a esclarecer as coisas, aqui estão algumas das perguntas mais comuns que as pessoas têm sobre nutrição e o que nutricionistas especialistas têm a dizer sobre elas:
 
1. Os carboidratos e açúcares são os grandes vilões?
 
dúvidas nutricionais

Desde 1972, quando Robert Atkins formulou sua dieta “revolucionária”, o mercado foi inundado com dietas ricas em carboidratos e baixo teor de gordura, alegando que os açúcares e outros carboidratos complexos são a principal razão para o ganho de peso. Dietas da moda com baixo teor de carboidratos, como as dietas cetogênica e Atkins, dizem que a maioria do nosso peso corporal é armazenada em açúcares, não gorduras, e que ao reduzir os açúcares não só queimamos os açúcares em nosso corpo, mas também usamos gorduras como nossa principal fonte de energia. Claro, as pessoas que empregam dietas tão rigorosas terão resultados rápidos, já que o corpo queima açúcares, mas para que a gordura queimada esteja de acordo com a gordura consumida, a pessoa precisa estar intensamente engajada em atividade física, especialmente porque a queima de gordura é substancialmente mais difícil no corpo comparado ao uso de carboidratos para energia.

No final, todas as dietas extremas e restritivas são difíceis de manter e podem causar danos a longo prazo para o corpo como peso, alteração das taxas de gorduras e açúcares durante períodos de meses.

Uma nutrição perfeita equilibra carboidratos, gorduras e proteínas, não evitando nenhum deles, pois todos são importantes para nossas funções corporais. Quanto aos doces, os açúcares naturalmente presentes nos alimentos, como frutas e legumes, todos são bons. É preciso ter cuidado principalmente com açúcares refinados e adicionados.

2. Qual é a melhor dieta para perda de peso?

dúvidas nutricionais

Nenhuma. A mentalidade da dieta concentra-se em regimes alimentares altamente proibitivos tendo em mente a perda de peso a curto prazo, causando um ganho de peso ainda mais extremo, para não falar do estresse mental por causa de todo o esforço que você precisa dedicar à dieta .

Em vez de pensar em termos de dietas, deveríamos pensar em nutrição e em um tipo de cardápio e rotina que podemos aderir a longo prazo. Sim, os resultados não serão imediatos ou impressionantes como os das dietas mais extremas, mas serão sustentáveis.

Antes de eliminar as coisas que você adora na mesa de jantar, considere se deseja ou não reintroduzi-las mais adiante. Se for esse o caso, seria muito mais útil construir sua dieta em torno de ainda comer ou beber uma coisa que você realmente ama (com moderação, é claro).

3. Posso perder peso simplesmente me exercitando?

dúvidas nutricionais

A resposta mais simples é: não. A noção de que você pode simplesmente compensar os maus hábitos com atividade física não é verdadeira, já que ingerir de volta as calorias que gastou ao se exercitar é surpreendentemente fácil e as pessoas tendem a superestimar o resultado do exercício físico. Além disso, os maus resultados podem encorajar uma pessoa a abusar do exercício, como se trabalhar ainda mais resultasse em melhores resultados, arriscando causar danos reais ao corpo.

Não há truque de mágica para perda de peso. A melhor maneira de manter um estilo de vida saudável é ter hábitos alimentares saudáveis e sustentáveis, juntamente com atividades físicas regulares.

4. Qual é a pior coisa que as pessoas consomem?

dúvidas nutricionais

Surpreendentemente, o principal agressor de peso não é uma comida, mas sim bebida. Os refrigerantes adoçados com açúcar estão entre as coisas mais insalubres que as pessoas consomem regularmente, com um frasco de 591ml contendo 16 colheres de chá de açúcar. Para entender melhor, imagine colocar 16 colheres de chá de açúcar no copo de café. Bastante exagerado, não é mesmo?

Essa quantidade de açúcares adicionados é impossível de queimar com eficácia, provoca aumentos dramáticos e quedas nos níveis de açúcar no sangue e pode afetar a sensibilidade à insulina no organismo, causando, por fim, diabetes tipo 2. Tudo isso está no topo dos malefícios à saúde.

E se você acha que optar por opções de refrigerante “diet” sem açúcar é melhor, você está muito enganado.

5. Qual é o melhor exercício para perder gordura da barriga?

dúvidas nutricionais

Essa pergunta desmente um equívoco sério de que, quando as gorduras do corpo são armazenadas e consequentemente engordamos, isso tem a ver com quais partes do nosso corpo estão subdesenvolvidas ou fracas. Daí nasce uma ideia bastante estranha de que a gordura magicamente se transforma em músculo quando as pessoas se exercitam, ou vice-versa. Não é assim que funciona a perda de peso ou a definição muscular.

Para todas as pessoas que se empenham em abdominais, abdominoplastia e se dedicam para ter uma barriga "tanquinho", é bem possível e comum que isso aconteça naturalmente enquanto ela se exercita sem focar diretamente essa região.

A maneira como o corpo armazena a gordura resume-se principalmente a genética e gênero e não tem nada a ver com força. Por outro lado, qualquer atividade que queima gordura vai agir em todo o corpo, não importando onde a gordura esteja armazenada.

6. Qual deve ser a minha ingestão calórica se eu quiser perder peso?

dúvidas nutricionais

Não existe uma fórmula universal que funcione para todos com relação a quantas calorias você deve consumir em um dia. Reduzir drasticamente a ingestão calórica, sem dúvida, produzirá resultados, mas também terá um efeito ruim em sua psicologia, desejo constante e uma eventual recaída.

Ao considerar a idade, sexo, peso atual e altura, você pode ter uma ideia geral de uma ingestão diária recomendada de calorias, mas corpos diferentes funcionam de maneira diferente, e você nunca pode chegar a um número mágico usando fórmulas.

Como regra geral, comer menos do que você está comendo atualmente é um bom começo. O ideal é que você controle exatemente quanto precisa consumir, e isso é um processo de auto-aprendizagem. Monitore sua dieta semanal, tente comer de 5 a 10% a menos do que costumava comer e anote como você está se sentindo e os efeitos no seu peso. Vá devagar e não tenha medo de dar passos para trás se estiver cansado e morrendo de fome.

7. Por que a comida saudável é tão cara?

dúvidas nutricionais

Em suma, não é. Um estudo realizado na Austrália descobriu que as dietas não saudáveis eram na verdade mais caras de manter do que as saudáveis. Embora possa ser verdade que os pães integrais sejam mais caros que os refinados, o pão não é o único componente de uma dieta pouco saudável. O mesmo estudo descobriu que até 64% do orçamento alimentar das pessoas estava sendo gasto em "fast food", refrigerantes e bebidas alcoólicas.

Outra maneira de considerar como é uma dieta saudável “custo-benefício” são as contas médicas que você está economizando, comprometendo-se com um estilo de vida saudável. Infelizmente, esse tipo de pensamento e investimento de longo prazo é muitas vezes difícil de conceituar e apreciar plenamente em um mundo que parece construído sobre gratificação imediata.

8. Qual é o veredicto sobre glúten?

dúvidas nutricionais

Como regra geral, se alguém está dizendo que essa ou aquela comida ou bebida natural é ruim para você, de forma geral, provavelmente está sendo incrivelmente irresponsável, já que coisas diferentes são ruins para pessoas diferentes.

O glúten é uma mistura de proteínas que estão presentes em alguns dos grãos mais populares, incluindo trigo, cevada, centeio e aveia.
Por si só, o glúten é de baixo valor nutricional, mas não pode ser isolado. Os grãos que contêm glúten também contêm nutrientes valiosos, como ferro e vitaminas do complexo B. Por outro lado, muitas alternativas sem glúten não são tão nutritivas quanto a farinha integral e podem ser mais ricas em gorduras e carboidratos.

Se você não está sofrendo de uma condição gastrointestinal que proíbe o glúten (como o celíaco), não há absolutamente nenhum motivo para você deixar cair o glúten.

9. Quais são os alimentos mais saudáveis?

dúvidas nutricionais

Legumes. Ficou em choque, eu sei. Mais especificamente, os vegetais não ricos em amido e devem ser constantes na sua alimentação. Isso inclui a maioria dos verdes, tomates, brócolis, couve-flor e até mesmo os cogumelos injustamente difamados. Legumes são a melhor fonte para muitos nutrientes, eles têm um efeito saciante em nosso estômago e são ricos em fibras, tudo em um pacote que produz muito poucas calorias.

Legumes são a coisa mais próxima que temos de um fio comum entre medidas eficazes de perda de peso.

10. Posso comer lanche?

dúvidas nutricionais

Muitas dietas recomendam comer pequenas refeições ao longo do dia, e por um bom motivo - comer entre as refeições pode impedi-lo de comer demais durante a hora do almoço. Lanches podem ser uma boa ideia, dependendo do que você está comendo e do quanto você está comendo. Nozes, frutas, passas e vegetais são opções de lanches saudáveis.

Uma boa regra é comer se você estiver com fome e se abster de petiscar se estiver propenso a abusar.

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade