header print

Saúde: O Guia Completo Sobre Vitamina A

 A vitamina A é uma vitamina solúvel em gordura que é vital para a saúde humana. Nos alimentos, ela é fornecida pelas plantas por meio dos carotenoides e do betacaroteno, e nas carnes na forma de retinol. Embora seja importante à saúde, consumi-la em excesso não é recomendável, pois pode ficar estocada no organismo e dificultar a absorção de vitamina D e interferir na saúde óssea. Veja a seguir tudo que você precisa saber sobre a vitamina A:
 

Parte 1: Diagnosticar a deficiência em vitamina A

1. Aprenda sobre a importância e o papel da vitamina A

saúde: benefícios da vitamina A
A vitamina A ajuda a manter a pele saudável, garante boa visão noturna e fortalece a formação de dentes e ossos. Também mantém o bom funcionamento dos tecidos e das membranas mucosas, além de ser vital para a saúde digestiva, funções respiratórias, reprodução e amamentação.
2. Reconhecendo os sintomas da deficiência em vitamina A
saúde: benefícios da vitamina A
A deficiência de vitamina A pode se apresentar de várias maneiras. Uma delas é a xeroftalmia, que é a dificuldade ou até mesmo incapacidade de ver à noite; outros sintomas incluem úlcera de córnea e a queratomalácia, uma doença que enfraquece e amolece a córnea. Outros sintomas de deficiência de vitamina A são olhos cronicamente secos, ou bolhas e manchas ásperas na superfície dos olhos.
3. Faça um exame de sangue
saúde: benefícios da vitamina A
Caso você tenha algum dos sintomas acima ou até mesmo queira saber sobre os níveis de vitamina A, então deve pedir ao médico que faça exames de sangue. O ideal é de 50 a 200 microgramas de vitamina A para cada decilitro de sangue. Se estiver com deficiência, o médico pode recomendar o uso de suplementos.
 
4. Realize o mesmo teste com as crianças
saúde: benefícios da vitamina A
Isso é muito importante, pois crianças são mais propensas a ter deficiência de vitamina A, e os sintomas incluem crescimento lento e aumento de infecções. A deficiência pode vir de uma alimentação ineficiente que inclui baixo consumo de leite, por exemplo, ou perda de quantidades excessivas de vitamina A por diarreia crônica.
5. Maiores precauções na gravidez
saúde: benefícios da vitamina A
Em gestantes, a deficiência de vitamina A pode se apresentar durante o terceiro trimestre. Isso ocorre porque a gravidez demanda uma grande quantidade de vitaminas e nutrientes, tanto para mãe como para o feto. No entanto, a dose de suplementação deve ser controlada pelo médico, pois altas doses podem levar a danos no feto.

Parte 2: Consumir alimentos ricos em vitamina A

1. Consuma vegetais variados

saúde: benefícios da vitamina A
Verduras e legumes são fontes vitais de vitamina A, pois fornecem carotenoides como o betacaroteno. Alimentos de cor laranja, amarela ou vermelha são os melhores, por isso inclua batata-doce, abóbora e cenouras. Verduras como espinafre e couve-manteiga também têm quantidades significativas de vitamina A. 
2. Coma frutas
saúde: benefícios da vitamina A
Frutas como manga, mamão, damasco e melão são ótimas fontes de vitamina A. No caso de gestantes, especialistas recomendam o consumo de 40% desses alimentos com base em frutas durante a gestação, e 90% após o parto e no início da amamentação.
3. Consuma proteína animal
saúde: benefícios da vitamina A

Quando consumimos alimentos de fonte animal, nosso organismo transforma a vitamina A em retinol. Algumas dessas fontes incluem bife de fígado bovino, leite, óleo de peixe e ovo. No entanto, tenha cuidado com o consumo de retinol, pois é absorvido muito rápido e excretado lentamente pelo corpo, o que pode levar até mesmo à intoxicação.

Essa intoxicação é caracterizada por náuseas, vômitos, dores de cabeça, perda de apetite, tonturas e fadiga excessiva. Observe também que os níveis de retinol no corpo podem ser afetados pelo uso de produtos para a pele que contenham vitamina A, como cremes hidratantes ou medicamentos para acne.

4. Inclua laticínios
saúde: benefícios da vitamina A
Leite, iogurte e queijo também são boas fontes de vitamina A. Na verdade, uma única xícara de leite pode fornecer de 10 a 14% do valor recomendado diário de vitamina A. Da mesma forma, 30 gramas de queijo podem fornecer entre 1 e 6% do valor diário recomendado.
5. Consulte um médico ou nutricionista
saúde: benefícios da vitamina A
Caso você tenha dúvidas sobre o consumo de vitamina A, então não pense duas vezes e consulte um médico ou nutricionista. Esses profissionais podem te ajudar na alimentação e dose correta de vitamina A de acordo com as suas necessidades.

Parte 3: Tomar suplementos de vitamina A

1. Saiba o limite recomendado para crianças

saúde: benefícios da vitamina A
• Para bebês de até 6 meses de vida, a ingestão diária recomendada (IDR) de vitamina A é de 400 microgramas (0,4 miligramas).
• Para bebês de 7 meses a 1 ano de vida, a ingestão diária recomendada (IDR) de vitamina A é de 600 microgramas (0,5 miligramas).
• Para crianças de 1 a 3 anos, a ingestão diária recomendada (IDR) de vitamina A é de 300 microgramas (0,3 miligramas).
• Para crianças de 4 a 8 anos, a ingestão diária recomendada (IDR) de vitamina A é de 400 microgramas (04, miligramas).
• Para crianças de 9 a 13 anos, a ingestão diária recomendada (IDR) de vitamina A é de 600 microgramas (0,6 miligramas).
• Para adolescentes de 14 a 18 anos, a ingestão diária recomendada (IDR) de vitamina A é de 700 microgramas (0,7 miligramas) para meninas e 900 microgramas (0,9 miligramas) para meninos.

2. Saiba o limite recomendado para adultos
saúde: benefícios da vitamina A
• Para homens acima de 19 anos, a ingestão diária recomendada (IDR) de vitamina A é de 900 microgramas (0,9 miligramas).
• Para mulheres acima de 19 anos, a ingestão diária recomendada (IDR) de vitamina A é de 700 microgramas (0,7 miligramas).
• Para gestantes com 18 anos ou menos, a ingestão diária recomendada (IDR) de vitamina A é de 750 microgramas (0,75 miligramas).
• Para gestantes acima de 19 anos, a ingestão diária recomendada (IDR) de vitamina A é de 770 microgramas (0,77 miligramas).
• Para mulheres de 18 anos ou menos que estão amamentando, a ingestão diária recomendada (IDR) de vitamina A é de 1.200 microgramas (1,2 miligramas).
• Para mulheres acima de 18 anos que estão amamentando, a ingestão diária recomendada (IDR) de vitamina A é de 1.300 microgramas (1,3 miligramas).
3. Não exceda a dose diária recomendada
saúde: benefícios da vitamina A

Estas são as doses diárias recomendadas de vitamina A por todas as faixas etárias:
• Bebês com menos de 1 ano de vida não podem exceder os 600 microgramas (0,6 miligramas) de vitamina A.
• Crianças de 1 a 3 anos não podem exceder os 600 microgramas diários (0,6 miligramas) de vitamina A.
• Crianças de 4 a 8 anos não podem exceder os 900 microgramas diários (0,9 miligramas) de vitamina A.
• Crianças de 9 a 13 anos não podem exceder os 1.700 microgramas diários (1,7 miligramas) de vitamina A.
• Adolescentes de 14 a 18 anos não podem exceder os 2.800 microgramas diários (2,8 miligramas) de vitamina A.
• Adultos acima de 19 anos não podem exceder os 3.000 microgramas diários (3 miligramas) de vitamina A.

Fonte e imagens: WikiHow

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: