header print

Dicas de Perda de Peso na Internet São 90% Falsas

O Editor: Laura Dias

 Os influenciadores de mídia social têm diversas plataformas online, com alguns deles tendo milhões de seguidores, ou seja, pessoas que confiam em seus conselhos, seja em nutrição, perda de peso, dicas de beleza ou qualquer outra coisa. Paradoxalmente, muitos desses blogueiros alcançam mais pessoas do que muitos nutricionistas e outros profissionais qualificados. Um novo estudo chocante descobriu que os influenciadores de mídias sociais que tem como foco dicas em nutrição e perda de peso dão conselhos ruins de nutrição 90% do tempo. Muitas pessoas não ficaram surpresas com esses resultados desalentadores, já que a maioria desses chamados "blogueiros de nutrição" não está qualificada para dar conselhos nutricionais e compartilhar suas opiniões apenas com base na experiência pessoal. Leia mais sobre o estudo e o fenômeno abaixo.

A pesquisa

emagreça saudavelmente

Pesquisadores da Universidade de Glasgow alertam o público para não seguir os conselhos sobre perda de peso dos influenciadores de mídia social. O estudo foi apresentado no Congresso da Associação Europeia para o Estudo da Obesidade, e o objetivo inicial do estudo não era criticar os blogueiros de alimentos, mas simplesmente avaliar como os influenciadores de mídias sociais educam seus seguidores.

O estudo analisou os 9 mais populares blogueiros que falam sobre de perda de peso ativos no Reino Unido, todos com mais de 80.000 seguidores em pelo menos uma plataforma de mídia social. Os pesquisadores avaliaram o conteúdo de seus blogs entre maio e junho de 2018 e pontuaram a credibilidade e a qualidade das informações encontradas em 12 critérios.

Mais especificamente, os autores do estudo analisaram o valor nutricional das receitas, bem como a credibilidade, transparência e veracidade de seus conselhos. Os resultados foram ainda piores do que esperavam. De todos os blogs que eles analisaram, apenas 1 foi preciso e baseado nos padrões alimentares europeus e ultrapassou os 70% de referência de credibilidade estabelecidos pelo estudo.

Os demais representavam suas opiniões como fatos, não mencionavam evidências científicas para fundamentar suas alegações, não dispunham de importantes declarações de exoneração de responsabilidade ou incluíam planos de refeições que não atendiam aos critérios nutricionais. Embora o estudo não tenha revelado os autores dos blogs que eles analisaram, eles apontaram que o único blogueiro que passou seus critérios era, na verdade, um nutricionista certificado, enquanto o restante, um dos quais era médico, não tinha experiência em ciência dietética.

O estudo conclui que, no momento, os blogueiros que dão conselhos de perda de peso podem representar um perigo para o público e aponta a necessidade de regulamentação e avaliação sistemática de tais blogs.

Como avaliar blogs de perda de peso

emagreça saudavelmente

Os dados resumidos acima mostram que os influenciadores de mídias sociais, na maioria das vezes, não são uma fonte confiável para o gerenciamento de perda de peso. Muitas vezes, eles confiam apenas em sua própria experiência, o que não pode ser aplicável a outras pessoas, mesmo se você estiver na mesma faixa etária e grupo demográfico que eles.

Simplificando, os resultados que uma celebridade específica da mídia social obtém de uma determinada dieta ou estilo de vida que anunciam não oferecem os mesmos resultados e podem prejudicar sua saúde. Aqui estão alguns dos sinais de alerta de um blogueiro “nutricional” não confiável:

1. Eles sugerem que você siga um plano de refeições específico baseado apenas em sua própria experiência.
2. Eles nunca se referem a padrões nutricionais / pesquisas reais para respaldar suas reivindicações.
3. Eles não dão nenhuma declaração de exoneração de responsabilidade e conselhos sobre quem pode ou não se beneficiar de um plano de refeição / alimentação específico, etc.
4. Eles anunciam muitos produtos de perda de peso, especialmente sem divulgar qualquer patrocínio.
5. Eles não têm qualquer treinamento formal em nutrição.

Em resumo, tenha cuidado com os perigos das mídias sociais quando se trata de sua saúde e nutrição, e saiba como distinguir conteúdo de qualidade baseado em evidências de desinformação e especulação.

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade