maavaron
Você está sendo transferido para a página solicitada...
header print

Homens e Mulheres Devem Saber Sobre o Câncer de Próstata

 O câncer de próstata é uma doença que infelizmente tem crescido nos últimos anos. No Brasil, é a segunda maior causa de morte entre homens, atrás do câncer de pulmão. Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), a estimativa de 61.200 novos casos em cada 100 mil homens no ano de 2016. Ocorre majoritariamente em indivíduos na terceira idade, por cerca de 65 anos, sendo raro antes dos 40 anos, mas que também podem ocorrer. Por isso, selecionamos quatro alertas muito importantes que não somente os homens devem saber, mas também as mulheres, para que alertem companheiros, familiares e amigos.
 
1. A maioria dos homens não tem quaisquer sintomas
sinais e sintomas do câncer de próstata
O câncer já em estágio avançado pode causar problemas para urinar, como líquido fraco ou ir ao banheiro com frequência, além de sangue na urina e problemas de ereção. Em estágios ainda mais altos, pode se espalhar pelos ossos ao redor, como bacia, coluna e chegar até a região do peito. No entanto, a maioria dos homens não têm sintomas.
2. Exames regulares são essenciais
sinais e sintomas do câncer de próstata

A Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) recomenda que homens, principalmente com idade superior a 45 anos, procure um médico anualmente para a realização de exames. O paciente pode fazer o rastreamento oportunístico, que permite a detecção precoce da doença. É realizado através do toque retal e da dosagem no sague do Antígeno Prostático Específico (PSA).

De fato, apenas 25% dos homens com um número um pouco elevado de PSA têm câncer de próstata, e mesmo que tenham, a doença ainda pode estar em um estágio inicial e facilmente tratada. No entanto, há alguns casos em que indivíduos com menos de 40 anos precisem fazer os exames, no caso se alguém da família já teve a doença.

 

3. Nem todos os pacientes com a doença precisam de tratamento

Um estudo conduzido pela Universidade Harvard, nos Estados Unidos, mostrou que cerca de 70% dos casos de câncer de próstata têm um risco muito baixo. Isso significa que quando o tumor ainda é muito pequeno e cresce lentamente, dificilmente vai ser letal. O estudo descobriu que esses homens têm mais chances de cura por meio da "vigilância ativa" - o que significa que eles não precisam fazer um tratamento, mas é preciso monitorar o caso com frequência. Na verdade, às vezes é aconselhável vigiar atentamente e esperar, pois o tratamento, se feito de forma inadequada, pode causar efeitos colaterais significativos, como impotência e incontinência urinária.

Ainda apoiado sobre esta teoria, outro estudo publicado na prestigiada publicação científica New England Journal of Medicine mostrou que os pacientes com câncer de próstata em estágio inicial que optam por essa abordagem não são mais propensos a morrer da doença em comparação com aqueles que optam imediatamente por cirurgia ou quimioterapia/radioterapia. Se a doença foi detectada e ele opta pela espera, como explicado acima, é necessária apenas as visitas frequentes ao médico para verificar os níveis de PSA.

4. É possível prevenir o surgimento da doença
sinais e sintomas do câncer de próstata

Segundo algumas pesquisas, uma dieta com pouca gordura, principalmente gordura animal, pode ajudar a reduzir as chances de desenvolver câncer de próstata. Diminuir o consumo de produtos lácteos é muito benéfico. Em outro estudo da Universidade Harvard, foi mostrado que homens que consumiam mais leite, queijo e iogurte diariamente tinham riscos maiores. Outro fator importante é diminuir a quantidade de álcool. Um estudo canadense descobriu que apenas duas bebidas por dia poderiam aumentar o risco do surgimento da doença em até 23%.

Saiba mais sobre o câncer de próstata no vídeo abaixo, com informações importantes:

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
App Logo
Nosso app é fácil!