header print

10 Doenças e Problemas de Saúde Identificados Pelos Pés

 “Meus pés estão me matando!” Quem nunca disse essa expressão depois de caminhar o dia todo ou ficar horas em pé? Embora seja uma frase um pouco exagerada, a verdade é que os nossos pés podem nos dizer muito sobre nossa saúde, assim como indicar alguma doença.

 

Profissionais de reflexologia e massagens terapêuticas sabem de cada ponto dos pés que deve ser pressionado e massageado para melhorar a saúde de órgãos internos. Embora as informações a respeito dessa técnica ainda sejam escassas, é fato que o estado de saúde de um indivíduo pode ser mostrado através dos pés.

 

Além de possuir um quarto de todos os ossos humanos, os pés também seguram todo o peso do corpo. Não é à toa que possuem 33 juntas, 100 tendões, músculos e ligamentos, assim como incontáveis tipos de nervos e veias sanguíneas conectadas ao coração, espinha dorsal e o cérebro. 

Levando todas essas informações em conta, então não seja uma surpresa saber que, se há algo de errado com os pés, então o resto do corpo será afetado de alguma forma, em alguma região específica.

Por isso, veja agora 10 informações importantes sobre o corpo humano que podem ser revelados através das condições dos pés:

1. Cãibras e espasmos

Se você tem cãibras e espasmos nos pés, pode ser um sinal de alguma deficiência no seu corpo. Os espasmos podem surgir por causa de desidratações, pois os músculos não estão recebendo a quantidade suficiente de oxigênio. Outro motivo é a falta de eletrólitos e nutrientes no organismo.

Caso tenha espasmos enquanto caminha, isso pode indicar um problema circulatório.

Outro motivo para o surgimento de espasmos são esforços excessivos, ou não se alongar adequadamente antes de atividades físicas. Por último, mas não obstante, o tipo de sapatos que você usa também pode causar esse desconforto. Para mulheres que gostam de usar saltos altos, por exemplo, é preciso verificar se esse tipo de calçado está causando as cãibras e espasmos. Se quer saber mais sobre cãibras e como acabar com elas, clique aqui

2. Aumento do dedão
doença nos pés

A gota é o tipo de artrite inflamatória mais comum em homens, e deixa o dedão do pé quente, avermelhado, com sudorese e muito doloroso. A gota ocorre como resultado do excesso de ácido úrico presente nos tecidos e fluídos do corpo. Também aumenta o risco de desenvolver pedras nos rins. 

Esse tipo de artrite inflamatória usualmente se manifesta no dedão do pé porque os cristais de ácido úrico normalmente se instalam nas partes mais frias do corpo. Pessoas obesas e acima do peso têm mais risco de desenvolver gota, assim como quem consome muita carne, álcool e fuma. Além disso, o uso de alguns medicamentos pode ajudar no surgimento da doença. 

3. Pés sempre frios

Seus pés estão sempre frios, independentemente do clima? Se a resposta é sim, é um indicativo de que você está com problemas de circulação, hipotireoidismo ou anemia.

Além disso, se a coloração dos pés muda de avermelhado para branco e depois para tons azulados, pode ser um sinal de Fenômeno de Raynaud, que é o estreitamento dos vasos sanguíneos quando os nervos reagem ao frio. Pessoas que têm essa enfermidade devem evitar o tabaco e temperaturas baixas. No entanto, 20% dos casos de Fenômeno de Raynaud surgem através de doenças subjacentes.

4. Suor nos pésdoença nos pés

Suor nos pés pode ser um indicativo de diversos problemas de saúde, e se você tem esse sintoma, deve procurar um médico o quanto antes, pois pode estar em risco de vida.

Má circulação, insuficiência cardíaca, doenças no fígado e nos rins causam sudorese nos pés, assim como trombose, coágulos sanguíneos, aumento dos linfonodos e celulite, entre outras causas.

Tente elevar os pés enquanto está sentado. Exercite as pernas, reduza o consumo de sal e evite roupas apertadas se estiver com suores nos pés.

5. Unha curvada

Unhas em formato muito côncavo, semelhante a uma colher, indicam algum problema escondido. O primeiro fator pode ser deficiências nutricionais. Também pode estar relacionado a doenças genéticas, problemas circulatórios, doenças autoimunes ou algum problema no tecido muscular estriado.

 
6. Coloração nas unhas
doença nos pés

Doenças como tuberculose, icterícia causada por problemas no fígado, problemas na tireoide ou até mesmo sinusite pode deixar as unhas amareladas.

Essa coloração nas unhas pode ser um sintoma de bronquiectasia, uma enfermidade nos pulmões que causa problemas respiratórios.

Cores e texturas diferentes nas unhas podem ser um indicativo de vários problemas sistêmicos. Caso tenha alguma descoloração ou deformidade, procure um médico o quanto antes.

7. Dormência e formigamento

Problemas circulatórios, danos no sistema nervoso periférico, algum nervo preso e diversas outras doenças podem causar dormência ou formigamento nos pés.

Diabéticos que tiveram alto nível de glucose no organismo por um período mais extenso podem ter seus nervos danificados, o que causa formigamento. Comichões em outras partes e extremidades do corpo também pode ser sinal de esclerose múltipla.

8. Dores nas juntas dos dedos
doença nos pés

Cerca de 90% dos pacientes com artrite reumatoide irão ter dores nas juntas dos dedos dos pés. A doença reveste as juntas, causando inchaço e inflamação. Como resultado, as juntas e os ligamentos ficam danificados, desencadeando problemas de mobilidade.

Muitos alimentos com propriedades anti-inflamatórias podem ser incluídos na alimentação para aliviar os sintomas e diminuir a dor. Além disso, podem ser colocados enxertos nos calçados para minimizar a pressão dos pés sobre o chão e corrigir a postura dos pés. 

Se quiser saber mais sobre artrite e de formar naturais para amenizar os problemas causados pela doença, confira clicando aqui.

9. Pé caído

O nome pode parecer estranho, mas trata-se de uma enfermidade que atinge os músculos dos pés, e também pode estar associado a problemas neurológicos e anatômicos. O principal sintoma é ter dificuldade ao levantar a parte frontal do pé. 

Nervos ou músculos danificados no pescoço e nos ombros podem causar problema, pois força os pés a se arrastarem mais enquanto a pessoa está caminhando.

O pé caído também pode ocorrer em decorrência de lesões nas pernas, ou algum problema durante alguma operação nessa área. Também pode estar relacionado a alguma doença neurológica, como poliomielite, algum problema cerebral ou alguma desordem na espinha dorsal.

10. Feridas persistentes
doença nos pés

Se você tem diabetes, é possível que possa ter algum problema nos nervos nessa região. Nervos danificados, ou neuropatia, faz com que as pessoas sejam incapazes de sentir ou notar lesões, como bolhas, por exemplo.

Lesões nos pés que não forem bem tratadas podem desencadear úlcera e gangrena e, nos piores casos, pode agravar a tal ponto que seja preciso amputar o pé. Nervos danificados também causam mudanças no formato dos pés e dos dedos.

Pés muito secos, com rachaduras e descamações podem ser um sinal de diabetes, e calos podem indicar 
má circulação. 

Se você não não sabe o que é neuropatia, informe-se clicando aqui.

Conclusão

Se você tiver algum outro problema aparentemente nos pés, isso pode garantir mais atenção a essa parte do corpo e mais cuidado com a sua saúde. Tenha todas as informações acima em mente e procure por ajuda médica caso seja necessário.

Fonte

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: