header print

9 Benefícios Saudáveis da Pitaya

 Você já ouviu falar da pitaya? É uma fruta exótica com um sabor doce e delicado (dependendo da variedade), que também é conhecida como "fruta do dragão". A fruta cresce como parte de duas plantas pertencentes à família dos cactos originários da América do Sul e Central. A casca da fruta é vermelha, rosa, roxa ou amarela, e suas folhas se assemelham às da alcachofra. O conteúdo da fruta suculenta é geralmente branco ou roxo, e tem toneladas de pequenas sementes pretas. Em cada 100 gramas de fruta, 87 são de água, 1,1 gramas de proteína, 3 gramas de fibra, 0,16 mg de vitamina B2, 20,5 mg de vitamina C essencial, 8,5 mg de cálcio, 1,9 mg de ferro e 22,5 mg de fósforo. A pitaya agora é distribuída em todo o mundo e pode ser consumida como bebida, na culinária e até mesmo em bebidas alcoólicas.
 
pitaia

Os benefícios saudáveis da pitaya

1. Ajuda a manter a densidade óssea e a saúde
Depois de certa idade, nossos ossos começam a perder sua força e densidade - um processo que ocorre principalmente em mulheres. Para evitar artrite e ajudar a manter ossos saudáveis, você deve comer a pitaya. Esta fruta é uma boa fonte de cálcio e magnésio, dois componentes que ajudam a manter a resistência óssea. De acordo com um estudo da Universidade Tufts, em Massachusetts, uma dieta rica em frutas e vegetais ricos em cálcio aumenta a densidade óssea. Além disso, de acordo com estudos realizados na Universidade de Arcos, na Turquia, descobriu-se que o magnésio na pitaya mantém os ossos saudáveis e fortes.

2. Ajuda a manter o sistema digestivo
A Pitaya é rica em fibras, o que ajuda nos movimentos intestinais, libera os sucos digestivos e permite a passagem suave de alimentos no sistema digestivo. Ao regular a função intestinal com fibras, a pitaya ajuda a prevenir a prisão de ventre, a síndrome do intestino irritável e até mesmo o câncer colorretal. Além disso, de acordo com estudos realizados na Tailândia, descobriu-se que a pitaya estimula a flora intestinal saudável (bactérias no sistema digestivo responsáveis por criar um ambiente altamente ácido no intestino que pode prevenir a infecção por bactérias causadoras de doenças), que são importantes para uma digestão suave.

pitaia

3. Ajuda a manter a pele saudável e radiante
As vitaminas e minerais encontrados na pitaya, juntamente com seu alto teor de água, ajudam a manter a pele saudável e radiante. A vitamina C, conhecida como um antioxidante e encontrada na pitaya, ajuda a manter nossa pele saudável e úmida por dentro, suprimindo os radicais livres e prevenindo seus efeitos nocivos em nossos corpos. Além disso, essa vitamina também ajuda no tratamento de queimaduras solares, acne e pele seca, por isso a pitaya é uma boa fonte de prevenção e tratamento de vários problemas de pele.

4. Previne o desenvolvimento de células cancerígenas
Juntamente com a presença de vitamina C, que ajuda a melhorar a função do sistema imunológico, a pitaya é rica em outros antioxidantes como o caroteno e o licopeno. Esses antioxidantes ajudam a reduzir o risco de câncer de próstata, ao mesmo tempo em que previnem o desenvolvimento de outras células cancerosas e até reduzem o número de tumores já existentes. Um estudo na Malásia mostra que o consumo de frutas e vegetais ricos em licopeno, juntamente com a atividade física, ajuda a reduzir significativamente o risco de câncer de próstata.

pitaia

5. Rica em fibra
A fibra dietética é, na verdade, um carboidrato indigerível e tem uma longa lista de benefícios à saúde. A ingestão diária recomendada de fibras é de 25 gramas por dia para mulheres e 35 gramas por dia para homens. A pitaya tem 3 gramas de fibra por 100 gramas de fruta e, embora as fibras sejam mais conhecidas como protetores do sistema digestivo, vários estudos provam que também são eficazes contra a diabetes tipo 2, proteção contra doenças cardíacas e manutenção de um peso corporal saudável.

6. Ajuda a prevenir a diabetes
Como observado, a pitaya é rica em fibras, o que também ajuda a estabilizar os níveis de açúcar no sangue. O estudo realizado na Universidade de Ciências da Malásia também descobriu que a pitaya tem um efeito significativo sobre o estresse oxidativo causado pela rigidez arterial em ratos de laboratório diabéticos. Além disso, o consumo de pitaya está associado a uma diminuição nos níveis de açúcar no sangue e, de acordo com um estudo realizado em universidades na Tailândia, descobriu-se que os estágios iniciais do diabetes se desenvolveram em pessoas que não comiam pitaya. Isso sugere que o consumo diário regular dessa fruta exótica pode ser benéfico na prevenção e até mesmo no tratamento da diabetes.

pitaia

7. Protege o coração
A pitaya pode ajudar a melhorar a nossa saúde do coração, ajudando a reduzir o colesterol ruim (LDL), criando bom colesterol (HDL). Isso é causado devido à gordura de origem vegetal encontrada na pitaya e, de acordo com um estudo conduzido na Universidade de Ciências da Malásia, seu consumo pode reduzir o risco de desenvolver doenças cardíacas e reduzir a pressão alta. A gordura na pitaya também ajuda a reduzir o risco de aterosclerose, ataques cardíacos e derrames.

8. Mantém o sistema imunológico funcionando bem
Como mencionado acima, a pitaya é rica em vitamina C, que, apesar de ser um antioxidante, também protege nosso sistema imunológico. Além disso, a presença de vitaminas B1, B2, B3, cálcio, fósforo, ferro, proteína e fibra também contribuem para melhorar a função do sistema imunológico. A vitamina C e os carotenoides na pitaya fortalecem o sistema imunológico e previnem a infecção ao proteger os glóbulos brancos, de acordo com estudos conduzidos na Universidade do Estado de Washington e na Universidade de Otago, na Nova Zelândia. Os glóbulos brancos do nosso sistema imunológico atacam e destroem substâncias nocivas, e poderosos antioxidantes, como a vitamina C e os carotenoides, podem neutralizar os radicais livres e proteger os glóbulos brancos de danos.

pitaia

9. Aumenta os níveis de ferro no corpo
A pitaya é uma das poucas frutas frescas que contêm ferro. O ferro desempenha um papel importante no transporte de oxigênio por todo o corpo, ajudando a transformar os alimentos em energia. Infelizmente, muitas pessoas não consomem ferro suficiente e, de acordo com estudos realizados sobre o assunto, 30% da população mundial sofre de deficiência de ferro. Para combater esse fenômeno, devemos consumir uma ampla gama de alimentos ricos em ferro, como carne, peixe, legumes, nozes, cereais e, claro, a pitaya.

Como comer Pitaya
A fruta deve ser consumida quando estiver completamente madura. Procure uma bem vermelha brilhante e, assim como o abacate, esta fruta deve estar macia, mas não muito macia. Corte-a no meio em duas metades e, com uma colher, retire a polpa ou corte-a em cubos fazendo linhas verticais e horizontais sem penetrar na casca. Depois, empurre a casca para dentro e exponha os cubos comestíveis. Você pode adicionar a fruta a saladas e bebidas, ou comê-la pura.

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade