header print

ATENÇÃO: Doenças Contagiosas no Período de Enchentes

O Editor: Laura Dias

 O período de chuvas intensas já iniciou em alguns estados do Brasil. O risco de enchentes e alagamentos aumenta, e a água poluída das chuvas  vem carregada de bactérias e vírus que aumentam o risco de doenças infectocontagiosas, podendo afetar toda a população.

Algumas doenças podem ser transmitidas nesse período e é preciso evitar contato com a água de enchentes, mas se for muito necessário para limpar a casa ou recuperar objetos, use botas de plástico impermeáveis ou cubra mãos e pés com 2 ou 3 sacolas plásticas.

Conheça agora as principais doenças transmitidas nesse período e como evitá-las.

 
1. Cólera
fortes chuvas

A cólera é uma doença infecciosa intestinal causada pela ingestão da bactéria Vibrio cholerae que pode ser encontrada em água e comida contaminada por fezes de pessoas ou animais com a bactéria. 

Principais sintomas: Surgem de 2 a 5 dias após o contato com a bactéria, causando náuseas, diarreia intensa, cansaço excessivo, vômitos constantes, desidratação e aumento dos batimentos cardíacos.

Como é feito o tratamento: A principal necessidade é hidratar-se quando contaminado. Para isso, é importante o soro caseiro (Misture 1 litro de água filtrada, fervida ou mineral engarrafada, 1 colher de sopa bem cheia de açúcar ou 2 colheres rasas de açúcar,1 colher de café de sal e tome ao longo do dia). O uso de antibióticos só é recomendado pelo médico em casos mais graves com o objetivo de eliminar mais rapidamente a bactéria, podendo ser indicado o uso de Doxiciclina ou Azitromicina.

2. Malária
fortes chuvas

Comum em lugares de clima quente, como o Brasil, a malária pode ter sua incidência aumentada em épocas de chuva em consequência do acúmulo de água em alguns locais após a chuva, favorecendo a proliferação do mosquito.

Principais sintomas: Surgem de 8 a 14 dias após a picada do mosquito fêmea do gênero Anopheles infectado pelo parasita Plasmodium sp., tendo como consequência náuseas , febre, dor muscular, vômitos, fraqueza e pele e olhos amarelados. 

Como é feito o tratamento:  Com uso de medicamentos antimaláricos, como Primaquina e Cloroquina. Durante o tratamento é importante repousar e não consumir bebidas alcoólicas. O tratamento deve ser feito conforme a orientação do médico, mesmo que os sintomas desapareçam. Ao ser identificada e tratada rapidamente, a malária pode ser curada sem graves complicações.

3. Leptospirose
fortes chuvas

É uma doença infecciosa causada pela bactéria Leptospira que pode ser encontrada em fezes e urina de animais contaminados, principalmente ratos. A transmissão da leptospirose acontece apenas pelo contato com as fezes ou urina de animais que estão infectados pela bactéria, como ratos, gatos, cães, porcos e bovinos, por exemplo.

Principais sintomas: Variam de pessoa para pessoa. Os principais são febre alta, calafrios, perda do apetite, vômitos e diarreia. Em alguns casos, cerca de 3 a 7 dias do aparecimento dos primeiros sintomas, pode haver sinais de agravamento e complicações, como insuficiência renal, alteração na circulação sanguínea e insuficiência hepática, por exemplo.

Como é feito o tratamento: com medicamentos como Paracetamol, repouso e bebendo bastante água durante o dia. De acordo com a gravidade dos sintomas, o médico também pode recomendar o uso de antibióticos, como a Doxiciclina e a Penicilina.

4. Febre Tifoide
fortes chuvas

Causada pela bactéria Salmonella typhi, a febre tifoide é contagiosa e pode ser adquirida em ambientes com baixas condições de higiene e saneamento. A transmissão pode ser dar por contato direto com uma pessoa portadora da doença ou ingestão de água e alimentos contaminados.

Principais sintomas:  Aumento do baço, febre alta, dor de barriga, perda de apetite, calafrios, mal estar, aparecimento de pintinhas vermelhas na pele e tosse seca.

Como é feito o tratamento: Em casa de acordo com a recomendação do médico a base de repouso, dieta pobre em calorias e gordura e ingestão de líquidos e uso do antibiótico Cloranfenicol. 

5. Micose
fortes chuvas

É uma doença de pele causada por fungos que pode aparecer após períodos de chuva devido à umidade. 

Principais sintomas: Aparecimento de manchas vermelhas na pele, coceira e alteração da coloração e forma da unha quando ocorre em mãos e pés.

Como é feito o tratamento: O tratamento para micose deve ser indicado pelo dermatologista e normalmente é feito com o uso de pomadas, cremes ou medicamentos orais para combater o fungo, e variam de acordo com o local da micose. 

6. Hepatite
fortes chuvas

Em época de chuva, alguns tipos de hepatite podem ser transmitidos, principalmente o vírus da Hepatite A. Essa transmissão acontece por meio da ingestão dá água contaminada com o vírus, ou ainda através de alimentos ou fezes de pessoas contaminadas.

Principais sintomas:  Tosse, dor de cabeça, sensação de mal-estar que podem durar várias semanas e dor de garganta.

Como é feito o tratamento: A base de analgésicos, como a Dipirona, por exemplo, para diminuir a dor e a febre, além de medicamentos para enjoo.

7. Toxoplasmose
fortes chuvas

Também conhecida como doença do gato, esta é uma doença infecciosa causada pelo parasita Toxoplasma gondii. A transmissão pode acontecer por transfusão sanguínea, ingestão de alimentos contaminados por esse parasita e consumo de leite não pasteurizado, resultando no contágio da gestante e infecção do bebê.

Principais sintomas: Surgem 5 a 20 dias após o contato com o parasita, podendo ser percebida a presença de ínguas pelo corpo, dor muscular, dificuldade para enxergar, febre, dor de cabeça e manchas vermelhas pelo corpo.

Como é feito o tratamento: A gravidade dos sintomas vão determinar o tratamento, mas é recomendado uso de medicamentos para eliminação do parasita, como a Espiramicina.

fortes chuvas
Após entrar em contato com a água de enchentes, tente lavar imediatamente a área atingida com vinagre ou álcool. Evite sair de casa em temporais e mantenha-se em local seguro durante as tempestades. Caso tenha algum dos sintomas acima mencionados, procure um médico imediatamente. 
Nota: O artigo apresentado apenas tem fins informativos. Casos suspeite de algum sintoma, procure um médico imediatamente.
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade