header print

Perigos de Uma Dieta Sem Carboidrato

 A necessidade de perder peso, seja motivada por estética ou questões de saúde, tem impulsionado as pessoas a buscarem soluções rápidas para diminuir o ponteiro da balança. Entretanto, é preciso ter cuidado com os exageros e eliminações bruscas. Há uma série de nutrientes, sem os quais o corpo começa a “falhar”. 

Um dos maiores vilões das dietas e fórmulas mágicas de emagrecimento é o carboidrato. Ele é o primeiro a perder a vez quando o assunto é perda de peso. Mas vamos com cuidado. Apesar de realmente existirem alimentos ricos em carboidratos (bastante calóricos e prejudiciais à saúde), o bom senso no consumo pode permitir a ingestão desses alimentos da maneira correta, tornando-os essenciais para o bom funcionamento do organismo e até mesmo para o sucesso da dieta.

Antes de retirar qualquer nutriente do cardápio, é preciso consultar um especialista para evitar problemas de saúde. Veja abaixo quais riscos a falta de carboidrato traz à sua saúde.

Baixa disposição

dieta sem carboidrato

O corpo precisa de energia para as atividades básicas como sintetizar hormônios e manter o cérebro ativo. Algumas das consequências de problemas com essas atividades é justamente baixa disposição, dor de cabeça e tontura. O carboidrato é a fonte de energia para o corpo funcionar bem. É preciso até 600 calorias diariamente apenas para manter o cérebro funcionando.  

Prisão de ventre

dieta sem carboidrato

A ausência de fibras existentes nos carboidratos também é um fator a se considerar. É preciso inserir, então, folhas na dieta para compensar. Mas, em alguns casos, “quando a pessoa está fazendo uma dieta muito restritiva pode ser que a causa da constipação intestinal seja justamente pouca comida, que pode ser insuficiente para a formação do bolo fecal”, pondera a nutricionista Iara Pasqua.

Problemas para dormir

dieta sem carboidrato

A nutricionista Iara Pasqua afirma que “O carboidrato junto com vitaminas ajuda na produção de melatonina, que é o hormônio que faz o corpo entrar em sono profundo e descansar. Em uma dieta restritiva, é muito comum a pessoa retirar o carboidrato, e aí ela não consegue alcançar o sono reparador, é como se ela só cochilasse”. Isso atrapalha o rendimento durante o dia e causa déficit de atenção. “A privação de sono é quase igual ao efeito da bebida alcoólica sobre a pessoa porque ela não consegue focar, prestar atenção ao que está fazendo”, explica Iara.

Rins e fígado sobrecarregados

dieta sem carboidrato

O consumo exagerado de proteína prejudica os órgãos responsáveis por metabolizá-los, como o fígado, por exemplo. Isso pode causar problemas de saúde como cálculo renal e outros. A quantidade recomendada de proteína para uma pessoa por dia é de 0,8 grama por quilo de peso. 

BONUS: Veja esse vídeo para obter mais informações sobre dieta sem carboidratos

Fontes de conteúdo 

Imagens

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade