header print

Síndrome da Fadiga Adrenal: Saiba Identificar e Tratar

 A fadiga adrenal é um problema muito mais comum do que você imagina. Se você tem se sentido extremamente cansado ultimamente, talvez esteja com este problema, que também é chamado de insuficiência adrenal. Isso ocorre devido ao mau funcionamento da glândula suprarrenal. Cerca de 80% da população mundial pode ter essa doença em algum momento de suas vidas.
 

A fadiga adrenal pode prejudicá-lo quando você está fazendo tarefas domésticas ou no seu trabalho, no entanto, a boa notícia é que é fácil de superar. O passo mais importante é diagnosticá-la, o que começa com o reconhecimento de quaisquer sintomas que você possa ter.

 
Os Sintomas Mais Comuns
síndrome da fadiga adrenal
O principal sintoma é que, mesmo depois de uma boa noite de sono, você ainda acorda mais cansado do que quando foi para a cama. Isso tende a ser a primeira coisa que as pessoas com fadiga adrenal dizem em seus diagnósticos. Se isso está ocorrendo com você repetidamente, deve se atentar e procurar seu médico.
O segundo sintoma mais prevalente é a ansiedade. Sentir-se extremamente sufocado por tudo o que acontece ao seu redor pode diminuir e muito o trabalho das glândulas suprarrenais. Ocorre então a chamada "síndrome de burnout", quando você tem de excesso de trabalho e não descansa o suficiente.
 
A ansiedade causada pela fadiga adrenal é geralmente acompanhada de memória fraca e incapacidade de se concentrar.
Se você aparentemente não consegue perder peso, isso também pode indicar que sua glândula adrenal não está funcionando corretamente, principalmente se você adotou uma dieta e continua se exercitando.
Como tratar e curarsíndrome da fadiga adrenal

Se você está com os sintomas descritos acima, a primeira coisa que precisa fazer é cortar todos os estimulantes, com referência específica à cafeína e ao açúcar. Em seguida, você precisa aumentar a sua ingestão de magnésio e vitaminas do complexo B, pois estes dois nutrientes essenciais irão estimular suas glândulas suprarrenais e equilibrar seus níveis de açúcar no sangue.

Além dos nutrientes acima, você também deve aumentar sua ingestão diária de aminoácidos saudáveis, como o ômega 3 e o ômega 6. Você pode fazer isso adicionando azeite de oliva em suas saladas, pois é uma grande fonte de aminoácidos. Tente combinar o azeite de oliva extra virgem com vegetais de cor verde-escura, como a acelga, couve e espinafre. Você também pode tentar as algas, uma vez que são ricas em minerais.

Considere também tomar suplementos naturais contendo extratos fitoterápicos adaptados, com raízes e plantas naturais como ginseng, rhodiola, ashwagandha e manjericão sagrado. Esses suplementos podem ser de grande ajuda, por isso tome-os em conjunto com vitaminas do complexo B, selênio e vitamina D. A vitamina D ajuda a aliviar o estresse, permitindo que você obtenha uma melhor noite de sono. Ela funciona melhor em combinação com o selênio e o magnésio, que melhoram a função da glândula adrenal.

Se a sua vida diária é estressante, veja o que você pode fazer para reduzi-la. Tente ioga, exercícios de respiração, meloterapia ou aromaterapia.
Exercício é sempre bom para diminuir os níveis de estresse - corrida, natação, ciclismo ou até mesmo andar por meia hora por dia pode ajudá-lo a diminuir o estresse.

Conclusão
Você não precisa deixar a insuficiência adrenal causar estragos em sua vida. Lembre-se de fazer o seguinte:

  • Livre-se da cafeína
  • Coma mais frutas e legumes
  • Fique hidratado
  • Reduzir o açúcar e as calorias vazias
  • Remova fast food de sua dieta
  • Exercício para manter os níveis de estresse baixos

Fonte: Natural Solution Today | Fotos: freedigitalphotos.net | Foto de capa: Deposit Photos

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: