header print

Evite Esses 8 Alimentos na Sua Próxima Compra

 

Quando falamos em 'alimentos vilões da saúde', logo pensamos em refrigerantes, frituras e doces industrializados, não é mesmo? No entanto, até mesmo alguns alimentos aparentemente inofensivos podem ser nocivos para o nosso organismo, por isso é essencial reavaliarmos o que achamos sobre alimentos saudáveis. 

Para te ajudar nessa busca, abaixo está uma lista de alimentos que você deve passar longe ao fazer suas compras no supermercado. E vamos explicar o porquê. 

 
1. Kani-kama 
8 alimentos que não são saudáveis

Esta é uma opção bastante popular e barata para saladas, mas engana-se quem pensa que está consumindo carne de caranguejo. Na verdade, esses pequenos bastões consistem em carne de peixe processada com amido, glúten e claras de ovo. Também têm em sua constituição açúcar, corantes, aromatizantes e intensificadores de sabor, incluindo o glutamato monossódico, que causa dependência. 

Além do risco óbvio de causar aumento de peso por causa de suplementos nutricionais, pode também causar intoxicação alimentar. O kani é usualmente vendido congelado, mas há também versões refrigeradas que podem estar violando leis de regulamentação de alimentos para poderem ser comercializados. 

2. Peixe vendidos em embalagens de plástico 
Alguns tipos de peixe são vendidos em embalagens de plástico, mas há uma desvantagem: o prazo de validade é muito curto. Alguns são vendidos em água ou salmoura para prolongar a validade, mas o problema é que a salmoura pode ter hexametilenotetramina, um produto químico com amônia, que é proibido em muitos países.

3. Alimentos defumados
8 alimentos que não são saudáveis

Alimentos defumados são populares em todo o mundo, mas há muitos debates a respeito, se são ou não seguros para consumo. Existem métodos tradicionais de defumá-los que funcionam como um conservante natural e podem prolongar a vida útil deles, e há métodos mais baratos, chamados de “fumaça líquida”, que são bastante duvidosos. 

Esses alimentos defumados artificialmente contêm intensificadores de sabor, fenóis e formaldeídos que geralmente não são mencionados na embalagem. Além disso, alimentos fora da validade ou até mesmo estragados podem ser comercializados com esses aromas e sabores artificiais intenso. Por isso, se quiser consumir peixe, frango, linguiça ou outro alimento defumado, opte pelo método natural, que normalmente são vendidos em casas especializadas e açougues. Produtos de escala industrial correm o risco de terem produtos químicos. 

4. Balas de goma 
Essas balas macias e saborosas são muito populares não somente entre as crianças, mas também entre adultos. No entanto, os ingredientes das balas, principalmente aquelas em formato de ursinho, passaram por grandes modificações ao longo do tempo. 

A pectina natural é frequentemente substituída por gelatina de origem animal, como de porco, e aquelas cores brilhantes são feitas com intensificadores sintéticos, assim como o sabor, extremamente artificial. Além disso, alguns fabricantes usam dióxido de enxofre como conservante e nem sempre a mencionam na embalagem. Se consumido em doses elevadas, pode causar alergias mais graves.

 
5. Azeitona preta
8 alimentos que não são saudáveis

Não existem azeitonas inteiramente pretas – as azeitonas maduras têm normalmente uma cor castanha ou violeta escura. Portanto, azeitonas pretas em lata são na verdade azeitonas verdes que foram tingidas usando nutrientes especiais – na maioria das vezes com gluconato ferroso. Esse corante não é perigoso quando consumido em pequenas quantidades, mas definitivamente não há nada saudável nisso. 

6. Coberturas 
Estamos acostumados a associar a palavra "cobertura" ou "glacê" a algo brilhante, cremoso e saboroso. No caso de uma cobertura de chocolate, por exemplo, os ingredientes básicos são cacau, leite, manteiga e açúcar. 

No entanto, os fabricantes costumam usar um tipo diferente de cobertura para cobrir biscoitos, jujubas e marshmallows. Parece muito melhor e as cores são mais bonitas e intensas, mas os ingredientes usados para fazer isso não são nada bons. Corantes alimentares, intensificadores sintéticos de sabor e outros produtos químicos são usados para isso. 

7. Feijão vermelho 
8 alimentos que não são saudáveis

O feijão vermelho pode ser bastante prejudicial se cozido de maneira errada. Se você não os ferver por tempo suficiente, eles podem causar alergias e fortes intoxicações alimentares, pois há muitas toxinas naturais neles. Para “desarmar” os feijões vermelhos, o ideal é deixar de molho por quatro horas, descartar a água e fazer o remolho, deixando em água por mais 4 horas. Depois disso, basta fervê-los. 

8. Uvas 
As uvas devem ser consumidas logo após terem sido colhidas, pois têm uma vida útil extremamente curta. É claro que os fabricantes não gostam disso, então tentam estender o prazo de validade e melhorar a aparência do produto usando antioxidantes artificiais. Portanto, se você comprar uvas que não estragam dentro de alguns dias, isso significa que elas foram submetidas a algum tipo de tratamento químico. 

Fonte: brightside | Imagens: depositphotos

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade