header print

Coágulos de sangue podem ser facilmente evitados

O Editor: Anna D.

 Um coágulo sanguíneo perigoso (ou trombo) é um aglomerado de sangue que se forma dentro de um vaso sanguíneo. Esses coágulos podem limitar o suprimento de sangue a partes do corpo ou viajar para o coração, pulmões e cérebro - ambos podem ser extremamente perigosos ou até mesmo fatais.

A coagulação do sangue é uma função corporal essencial que nos ajuda a parar o sangramento e a curar cortes e ferimentos. Infelizmente, o mesmo processo está por trás de coágulos sanguíneos perigosos, o que explica por que qualquer pessoa pode desenvolver um coágulo sanguíneo. A prevenção de coágulos é benéfica e recomendada para todos nós - e aqui estão 9 mudanças simples no estilo de vida que o ajudarão a atingir esse objetivo.

Quem pode desenvolver coágulos sanguíneos e por quê?

Mesmo que qualquer pessoa possa ter um coágulo, pesquisadores médicos apontam que certas pessoas correm maior risco de desenvolver um trombo perigoso. Normalmente, as pessoas que apresentam um coágulo sanguíneo têm alguns dos seguintes fatores de risco comuns:
- Idade. Os coágulos sanguíneos são mais comuns em pessoas com mais de 65 anos.
- Genética e população. Mulheres grávidas, pessoas com todos os tipos de sangue exceto o O, pessoas com doenças hereditárias específicas e pessoas negras têm maior probabilidade de ter coágulos sanguíneos.
Prevenção de coágulos sanguíneos

- Condições de saúde subjacentes, como doenças cardíacas, hipertensão, câncer, artrite, diabetes, síndrome dos ovários policísticos e até mesmo COVID-19 anteriores aumentam a probabilidade de coágulo sanguíneo.
- Medicamentos. Pìlulas anticoncepcionais e as terapias hormonais podem aumentar o risco de coágulos sanguíneos.
- Cirurgias e Traumas pode deixar as pessoas imóveis por longos períodos, o que pode aumentar ainda mais o risco de coágulo sanguíneo.
- Viagens. Os voos ou viagens longas levam a ficar sentado por muito tempo, o que pode aumentar o risco de desenvolver um coágulo sanguíneo em 2 a 4 vezes nas semanas seguintes.

Um coágulo preso em um vaso sanguíneo pode levar à trombose venosa profunda (TVP), acidente vascular cerebral ou embolia pulmonar - que pode ser potencialmente fatal.

Os sintomas de um coágulo sanguíneo variam dependendo da localização e variam de assintomático a doloridos, dificuldade para respirar, dor no peito, dormência no rosto ou nos braços e tosse com sangue. Não importa se você já teve um coágulo no passado ou apenas deseja evitá-lo porque está em maior risco de desenvolver um, aqui estão alguns hábitos simples que você pode incorporar em sua rotina diária que o ajudarão evitar trombos.

1. Use roupas, meias e calçados folgados

Prevenção de coágulos sanguíneos
Roupas justas, especialmente calças e roupas que contraem a cintura, bem como meias e calçados, podem impedir a circulação na parte inferior do corpo. Uma vez que os coágulos sanguíneos se formam mais comumente nas veias das pernas, garantir uma boa circulação é fundamental para prevenir a formação de coágulos sanguíneos.
No caso de quem tem histórico de trombose, as meias de compressão e luvas podem ser benéficas para evitar que um coágulo de sangue se forme ou se mova para os pulmões. Estas roupas de compressão são ajustadas de forma a reduzir o inchaço e melhorar a circulação sanguínea.

2. Eleve as pernas durante o sono ou ocasionalmente.

Subir as pernas até a altura de15 cm acima do nível do coração é uma maneira simples e eficaz de prevenir coágulos sanguíneos, especialmente se você estiver sob risco de desenvolver um trombo. Elevar as pernas ajuda a manter a circulação, mesmo durante o sono. Você pode usar um travesseiro especial para levantar as pernas ou simplesmente colocar uma pilha de livros embaixo do colchão.

Dormir com as pernas elevadas também pode reduzir o inchaço nas pernas e nos pés e aliviar o desconforto que acompanha a má circulação sanguínea e o inchaço. Se dormir com as pernas levantadas não é sua praia, você também pode elevar as pernas ocasionalmente, como quando está assistindo TV no sofá ou lendo algo.

3. A hidratação é a chave.

Prevenção de coágulos sanguíneos

A desidratação pode engrossar o sangue, o que pode causar a formação ou a ruptura de um coágulo sanguíneo. Mantenha-se hidratado bebendo bastante água - o suficiente para que sua urina fique amarela pálida ou quase transparente. Pode ser um pouco desagradável conferir a cor da urina, mas é realmente a melhor maneira objetiva de se certificar de que você está bem hidratado.

Um artigo de revisão publicado no The Journal of Nutrition também sugere que beber suco de uvas pretas ou vinho tinto com moderação pode ajudar a evitar que as plaquetas do sangue grudem umas nas outras - tudo graças ao seu alto teor de antioxidantes (polifenóis).

4. Tente não bater ou machucar as pernas e tente não cruzá-las.

Você bateu o joelho ultimamente? Se sim, você deve ter notado alguns hematomas. Bem, adivinhe? Esse hematoma também é um coágulo de sangue, mas não se preocupe - provavelmente não é do tipo perigoso. Em pessoas com alto risco de trombose, lesões aparentemente, como bater com a perna com força contra uma mesa ou apenas o hábito de ficar sentado com as pernas cruzadas por muito tempo, podem causar um coágulo sanguíneo perigoso.

Portanto, tente ser cuidadoso com a maneira como você se senta e movimenta um pouco os móveis se houver uma mesa ou sofá específico que continua causando hematomas.

5. Não se sente ou fique em pé por longos períodos de tempo.

Prevenção de coágulos sanguíneos
A falta de movimento e atividade é um problema sério e generalizado, especialmente para aqueles que têm maior risco de desenvolver um coágulo sanguíneo. Por si só, a inatividade pode causar um trombo, então tente se mover o máximo que puder, mesmo se você sofrer de um problema de saúde que limite seus movimentos ou tiver um trabalho que exija que você fique sentado em uma mesa o dia todo ou viaje longas distâncias.
Os Centers for Disease Control and Prevention (CDC) recomendam movimentar-se e alongar as pernas a cada 2-3 horas como forma de prevenir um coágulo sanguíneo. Você também pode fazer exercícios para as pernas, como levantar um pé de cada vez ou girar os tornozelos, para acordar as pernas e melhorar a circulação sanguínea. Em uma nota semelhante, o CDC aconselha que você faça pausas e se desloque a cada hora ou mais quando estiver viajando por mais de 4 horas.

6. Use alho à vontade.

Prevenção de coágulos sanguíneos
Se você gosta de temperar sua comida com alho, você está com sorte, pois este humilde vegetal de raiz tem uma série de benefícios à saúde. Importante para o tópico em questão, a pesquisa publicada no Journal of Agricultural and Food Chemistry sugere que o alho pode ajudar a dissolver aglomerados de plaquetas que podem se transformar em coágulos sanguíneos. Amasse cuidadosamente um dente de alho fresco com a lateral da faca para liberar os nutrientes e sabor benéficos e simplesmente adicione o alho a qualquer prato.

7. Mantenha-se fisicamente ativo.

Prevenção de coágulos sanguíneos

O exercício regular ou qualquer atividade física é provavelmente a melhor maneira de prevenir a formação de um coágulo sanguíneo. Exercitar a parte inferior das pernas, em particular, ajuda a manter uma circulação saudável. A única coisa a ter em mente se você tiver um alto risco de trombose é a intensidade do exercício.

Se você ficou inativo por um período prolongado de tempo, não se limite a fazer um treino intensivo imediatamente. Comece com atividades leves ou moderadas. Caso contrário, você corre o risco de soltar um coágulo de sangue que já se formou.

8. Vá devagar com o sal.

O alto consumo de sal pode aumentar a coagulação do sangue porque prejudica o funcionamento do endotélio - o revestimento interno dos vasos sanguíneos. Estudos sugerem que pessoas que comem mais sal também têm maior risco de desenvolver trombose. Portanto, observar atentamente a ingestão de sódio e certificar-se de não comer mais do que a recomendada 1 colher de chá de sal (2.300 mg) por dia é um aspecto crucial para prevenir um coágulo sanguíneo.

9. Se você fuma, é hora de parar.

Prevenção de coágulos sanguíneos
Por último, mas definitivamente não menos importante - considere parar de fumar. Estudos sugerem que fumar cigarros convencionais e cigarros eletrônicos aumenta drasticamente o risco de um coágulo sanguíneo perigoso. Portanto, abandonar esse hábito prejudicial ajudará consideravelmente em suas chances (além de reduzir o risco de uma dúzia ou mais de outras condições de saúde perigosas).
Esperamos que você tenha achado esta informação útil. Observe que todos esses hábitos são complementares ao seu bem-estar e não uma substituição de medicamentos prescritos por um médico. Dados os graves riscos que os trombos representam para a saúde, recomendamos vivamente que consulte um profissional se sentir quaisquer sintomas de coágulos sanguíneos.
Compartilhe essas informações com quem as achará úteis!
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade