header print

Paralisia do Sono: Tudo o Que Você Precisa Saber

 A paralisia do sono é um sentimento de estar consciente, mas incapaz de se mover. É uma condição temporária que ocorre quando uma pessoa passa pelos estágios antes, durante ou depois do sono. Durante esses episódios, você pode não ser capaz de se mover ou falar por alguns segundos ou alguns minutos. De todas as sensações estranhas que podemos experimentar na vida, talvez não haja nada mais estranho do que não poder se mover - mais especificamente, não poder se mover mesmo estando consciente.
 
Quando a paralisia do sono ocorre normalmente?
paralisia do sono

A paralisia do sono ocorre em uma das seguintes situações: quando ocorre enquanto você está dormindo, é conhecida como paralisia hipnagógica do sono. Se ocorrer quando você está acordando, é conhecido como paralisia hipnopômpica ou pós-predominante do sono.

O que acontece durante a paralisia hipnagógica?

À medida que você adormece, seu corpo relaxa lentamente. Normalmente, você se torna menos consciente, então você não percebe a mudança. No entanto, se você mantém a consciência ao pegar no sono, pode notar que não consegue falar ou se mexer.

O que acontece durante a paralisia hipnopômpica?

Quando você está dormindo, seu corpo alterna entre REM (movimento rápido dos olhos) e NREM (movimento não rápido dos olhos) para dormir. Um ciclo de sono REM e NREM dura cerca de 90 minutos. O sono NREM ocorre primeiro e leva até 75% do tempo total de sono. Durante o sono NREM, seu corpo relaxa e começa a se restaurar. No final do NREM, seu sono muda para REM. Seus olhos se movem rapidamente e os sonhos ocorrem, mas o resto do corpo permanece relaxado. Seus músculos estão "desligados" durante o sono REM. Se você tomar conhecimento disso antes que o ciclo REM termine, você pode notar que não pode se mover ou falar.

 
Sintomas
paralisia do sono

Como mencionado acima, o principal sintoma da paralisia do sono é estar completamente consciente do seu entorno, mas não conseguir se mover ou falar. No entanto, durante um episódio, você também pode passar pelos seguintes:

• Não conseguir mover o corpo apesar de estar supostamente acordado; 
• Sensação de falta de ar;
• Sensação de angústia e medo;
• Sensação de estar caindo ou flutuando sobre o corpo;
• Alucinações auditivas como ouvir vozes e sons não característicos do local;
• Sensação de afogamento.

Quem tende a sofrer mais da paralisia do sono?

Quatro em cada dez pessoas podem sofrer paralisia do sono. Esta condição geralmente é notada nos anos da adolescência, mas homens e mulheres de qualquer idade podem tê-lo. Indivíduos com transtornos mentais como ansiedade e depressão são mais propensos a episódios frequentes de paralisia do sono. Outros fatores que podem estar relacionados à paralisia do sono incluem:

• Sono irregular
• Dormir de barriga para cima
• Outros problemas no sono, tais como a 
• Uso de certos medicamentos, como aqueles para TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade)
• Abuso de substâncias

Diagnóstico
paralisia do sono

Se você perceber que não consegue se mexer ou falar por alguns segundos ou minutos quando acorda ou adormece, é provável que você tenha paralisia do sono. Muitas vezes não é necessário tratar, mas caso apresente alguma das seguintes condições, procure um médico:

• Os sintomas atrapalham sua vida e bem-estar
• Os sintomas deixam você cansado durante o dia todo
• Seus sintomas mantêm você acordado à noite


Tratamento

A maioria das pessoas não precisa de tratamento para a paralisia do sono. Tratar quaisquer problemas subjacentes, como a narcolepsia, pode ajudar se você estiver ansioso ou incapaz de dormir bem. Esses tratamentos podem incluir:

• Dormir entre 6 a 8 horas por noite;
• Ir para a cama sempre na mesma hora; 
• Acordar todos os dias na mesma hora; 
• Evitar bebidas energéticas antes de dormir, como café ou refrigerantes.

Como regra geral, um episódio de paralisia do sono não garante uma visita ao consultório médico. Os profissionais de saúde recomendam que aqueles que sofrem de episódios raros de paralisia do sono prestem especial atenção aos hábitos de sono, pois eles podem desencadear a paralisia.

Fonte: webmddoctorinsta e nhs
Imagens: depositphotos

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: