header print

Como descartar corretamente medicamentos antigos

O Editor: Anna D.
 Abra seu armário de remédios. Há muitos frascos de comprimidos ou outros medicamentos que você não toma mais? Em caso afirmativo, é hora de livrar-se deles. Além de ocupar muito espaço de armazenamento e contribuir para a desordem, também podem representar um perigo para animais de estimação e crianças, que podem ingerir involuntariamente o medicamento. Neste artigo, explicaremos como se livrar de medicamentos antigos, vencidos e não utilizados e por que é importante esse descarte.

Por que você deve descartar medicamentos vencidos e não usados?

Livrar-se de medicamentos sem prescrição e e também prescritos não usados é importante para sua própria segurança, bem como para a segurança de outras pessoas.

Você pode ter alguns frascos do mesmo medicamento espalhados por gavetas e prateleiras. Se você está tomando vários tipos de medicamentos, é fácil se confundir e tomar o errado. Você também pode acabar pegando uma frasco velho ou possivelmente vencido por acidente, o que pode ser perigoso. Não apenas os medicamentos antigos ou vencidos são menos potentes e eficazes do que os novos, mas também podem ser perigosos se ingeridos.

É útil conferir todas as suas prescrições com seu médico de vez em quando e certificar-se de que você não está tomando nada a mais. Claro, você pode evitar que isso aconteça em primeiro lugar, se você adquirir o hábito de descartar prescrições antigas a tempo.

Descarte de pílulas de medicação no lixo

Manter medicamentos antigos também pode representar um perigo para outras pessoas. Crianças, animais de estimação ou mesmo outros adultos em sua casa podem tomar o medicamento errado por engano.

Além disso, medicamentos armazenados ou descartados incorretamente podem acabar nas mãos erradas. De acordo com um porta-voz da U.S. Drug Enforcement Administration (DEA) que falou com a Healthline, "O que as pessoas não percebem, ou podem nem mesmo saber, é que a maioria dos medicamentos controlados abusados é obtida de familiares e amigos". Medicamentos como adesivos de fentanil ou outros analgésicos podem acabar sendo usados de forma abusiva ou vendidos a terceiros, mesmo que tenham expirado ou sejam jogados no lixo. Portanto, é muito importante descartar esses medicamentos potencialmente perigosos de forma adequada.

Por último, o armazenamento de medicamentos antigos geralmente é simplesmente desnecessário. Mesmo medicamentos aparentemente úteis, como sobras de antibióticos, não devem ser mantidos em casa. Os antibióticos geralmente têm como alvo infecções bacterianas específicas e devem ser tomados por vários dias para que você observe qualquer efeito. Portanto, ficar com um ou dois comprimidos que sobraram não faz sentido.

Como descartar medicamentos antigos ou não usados

Descarte de medicamentos closeup de medicação

Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) estabelece como obrigatoriedade o correto descarte de medicamentos. No caso dos remédios, a chamada logística reversa funciona com as farmácias e drogarias aceitando medicamentos vencidos para encaminhá-los ao seu destino final sem risco de contaminação. A Anvisa possui uma lista de postos de coleta credenciados - o processo todo é regido pela norma ABNT NBR 16457:2016.

Descarte corretamente:

Se seu medicamento venceu e você só percebeu agora, não jogue no vaso sanitário ou no lixo! Agora que você sabe dos riscos que isso pode causar, leve os medicamentos até um ponto de coleta para o descarte ambientalmente correto. Ache o ponto de entrega mais perto de você na nossa seção de postos de reciclagem e veja como é fácil fazer o descarte de medicamentos vencidos em drogarias e farmácias.

E depois?

Ok, você fez o descarte correto dos seus medicamentos vencidos em um ponto de coleta, como em farmácias e drogarias, e depois, o que acontece com eles? Os objetos como seringas e agulhas são primeiramente descontaminados em uma usina de tratamento, depois destinados a aterros sanitários como resíduos sólidos. Os medicamentos vencidos são tratados por processos térmicos, geralmente queimados em usinas de incineração, diminuindo o volume dos resíduos e sua periculosidade.

Descarte de medicamentos closeup de medicação

É importante lembrar que a incineração também apresenta riscos para o meio ambiente e para a saúde, já que os gases emitidos pela queima e as cinzas produzidas podem conter substâncias tóxicas. Isso exige um extremo controle e equipamentos modernos com alta eficiência de filtração e lavagem de gases para diminuir os riscos. Por enquanto, é a melhor opção para destinação final dos resíduos de serviço de saúde (RSS) - método também usado amplamente no exterior.

Fonte: ecycle.com.br

Por favor, compartilhe esta informação importante com outras pessoas!

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade