header print

Dicas para conduzir uma conversa difícil

O Editor: Anna D.

  Todo mundo teme conversas difíceis. Ter de dar notícias desagradáveis, discutir um assunto delicado ou falar sobre uma situação que foi ofensiva ou dolorosa pode ser assustador. Você pode se sentir desconfortável em estabelecer limites ou se preocupar com a reação da outra pessoa.

Embora tudo isso seja completamente natural e normal, essas conversas não podem ser evitadas por completo. Na verdade, adiá-las por muito tempo pode potencialmente piorar o problema. Discutir assuntos difíceis de maneira respeitosa é uma parte extremamente importante de qualquer relacionamento saudável, seja um amigo, um funcionário, um parente ou uma pessoa importante.

Abordar conversas difíceis corretamente não só aumentará as chances de um resultado positivo, mas também fará com que você se sinta mais à vontade antes e durante a conversa. Aqui estão algumas dicas essenciais de especialistas em saúde mental e comunicação para levar em consideração.

 

1. Prepare-se com antecedência e seja o mais claro possívelTips for Handling a Difficult Conversation, woman thinking

Para se preparar para a conversa, você precisa primeiro identificar o problema que está prestes a levantar. Para fazer isso, pergunte-se o seguinte:

  • Qual é exatamente o comportamento que está causando o problema?
  • Que impacto esse comportamento tem em você (ou no grupo / organização)?
  • O que você deseja obter tendo esta conversa?

É importante que você mantenha a clareza para si mesmo, para que seja capaz de articular a questão de forma concisa para o outro lado. Confusão ou hesitação podem tornar a situação mais embaraçosa e atrapalhar a conversa para uma direção que você não planejou e que não é produtiva para resolver o problema em pauta.

Use exemplos específicos para suas preocupações e coisas que você gostaria que acontecesse de forma diferente. Evite palavras como 'sempre', 'nunca', 'tudo' ou 'nada'. Essas palavras podem expressar sua frustração, mas generalizam demais e não ajudam no processo de comunicação.

2. Não espere muito tempoDicas para lidar com uma conversa difícil

Quando um amigo ou parente faz algo que o ofende, é melhor discutir a questão desafiadora assim que ela surgir ou logo depois. Nunca é útil manter sentimentos de raiva, frustração ou ressentimento por dias ou semanas e, em seguida, descontá-lo em outra pessoa. Discutir um problema quando ele ainda está fresco em sua mente, na maioria das vezes resultará em uma conversa mais calma e fundamentada.

3. Gerencie as emoçõesDicas para lidar com uma conversa difícil

Como mencionamos, você pode estar chegando à conversa com uma carga de emoções, como raiva ou frustração. É importante que você expresse como se sente, mas tente não se fixar nessas emoções e deixá-las comandar o show. Fale com a maior calma possível.

Dito isso, não bloqueie completamente as emoções da conversa. Se a outra pessoa parecer aborrecida, triste ou até começar a chorar, essas emoções devem ser reconhecidas e respeitadas, não ignoradas.

4. Não tenha medo de silênciosDicas para lidar com uma conversa difícil

Haverá momentos na conversa em que o silêncio ocorrerá. Não deixe que isso o perturbe e não se apresse em preenchê-lo com palavras. Esses silêncios são úteis; eles nos permitem realmente ouvir o que foi dito e deixar as mensagens penetrarem.

Algumas pessoas se sentem desconfortáveis com silêncios e isso é compreensível, mas é importante estar preparado para eles ao abordar uma conversa delicada. Um fluxo constante de palavras pode parecer excessivo ou opressivo. Uma pausa também tem efeitos calmantes e permitir esses momentos provavelmente levará a um resultado melhor.

5. Dê à outra pessoa toda a sua atençãoDicas para lidar com uma conversa difícil

Quando a outra pessoa estiver falando, ouça conscientemente o que ela está dizendo, com a intenção de ouvi-la. Isso é muito diferente de esperar que a outra pessoa termine de falar para que você possa responder.

Para conseguir isso, você deve abordar a conversa com um interesse genuíno em resolver o problema, ao invés de priorizar a necessidade de estar “certo”. Se você vê a conversa como uma competição em que você precisa estar certo, isso significa que a outra pessoa deve necessariamente estar 'errada'. Esse tipo de mentalidade de um ou outro torna muito menos provável chegar a um entendimento mútuo.

Se você não tiver certeza do que a outra pessoa disse ou quis dizer, peça esclarecimentos antes de responder. Por exemplo, “Não tenho certeza do que você quer dizer. Você pode me ajudar a entender melhor? ” Fazer a outra pessoa se sentir ouvida impedirá que a conversa se transforme em uma discussão.

6. Escolha sua hora e lugarDicas para lidar com uma conversa difícil

Já estabelecemos que, se você precisa ter uma conversa desafiadora com alguém, é melhor planejá-la em vez de apenas deixar que ocorra espontaneamente. A hora e o lugar podem fazer uma grande diferença na disposição do outro lado de aceitar e ouvir o que você está dizendo. Escolha um local descontraído e um horário adequado para ambos, para que ninguém sofra qualquer estresse externo.

Por exemplo, se você abordar a outra pessoa antes que ela cumpra um prazo importante, o estresse adicional a que ela se encontra pode afetar negativamente sua reação. Dizer a alguém “precisamos conversar” ajuda a sinalizar que é necessário reservar um tempo para a conversa.

7. Dê um tempoDicas para lidar com uma conversa difícil

Lembre-se de que as mudanças não acontecem da noite para o dia. Você pode alcançar um grande avanço durante a conversa ou ter um momento revelador, mas é provável que ambas as partes precisem de tempo para digerir e refletir. Portanto, deem um ao outro o espaço necessário para isso. Não desanime se você não sentir que tudo está perfeito imediatamente. O que é importante é que vocês dois expressaram como se sentem com respeito e estão na mesma página.

8. Abandone suas suposiçõesDicas para lidar com uma conversa difícil

Mesmo que você conheça alguém muito bem, isso não significa que você sempre pode prever o que essa pessoa está sentindo e pensando. Em última análise, você não pode controlar como a outra pessoa reagirá ao seu esforço para envolvê-la em uma conversa desafiadora.

As pessoas crescem e mudam, e suas necessidades e expectativas também mudam com o tempo e precisam ser renegociadas. Portanto, é melhor abandonar quaisquer suposições antes de entrar na conversa para ter a mente realmente aberta e aceitar o resultado.

Achou este artigo útil? Compartilhe com seus entes queridos!

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade