header print

7 Fatos Interessantes Sobre o Sistema Imunológico

O Editor: Laura Dias

 O corpo humano é uma maravilha absoluta da Ciência e da Biologia, com todos os membros, ossos, tecidos e células tendo suas próprias funções importantes. Um dos sistemas mais importantes do corpo é o sistema imunológico. Nossa imunidade é o que nos mantém vivos em um mundo repleto de bactérias e germes. Se você já viu o filme "O menino na bolha de plástico" (1976), você pode ganhar alguma compreensão de como o mundo pode ser se você não tiver um sistema imunológico.

Nosso conhecimento sobre esse sistema em particular revolucionou a medicina, impulsionando a criação da maioria das vacinas, que aumentaram drasticamente o tempo médio de vida humana. Para lhe dar um pouco mais de conhecimento sobre este incrível sistema de guerreiros e protetores, aqui estão 7 fatos que você provavelmente não sabe sobre seu sistema imunológico.

1. O riso pode realmente ser o melhor remédio

imunidade humana

Estudos mostraram os efeitos positivos gerais que o riso pode ter no corpo. O riso (e prazer em geral) pode aumentar a produção de dopamina, serotonina e outros hormônios do bem-estar liberados pelo cérebro, o que pode reduzir drasticamente o estresse.

De acordo com um estudo do Dr. Stephen Sinatra, o riso também pode impulsionar o sistema imunológico, aumentando a citotoxicidade (que é basicamente a capacidade de um tipo de célula para células estranhas) de células NK (células natural killer). Células 'assassinas naturais' são o tipo de glóbulos brancos que podem realmente diferenciar entre células infectadas ou cancerígenas, e as normais. Elas podem evitar e eliminar as infectadas de uma maneira muito mais eficaz.

2. Os glóbulos brancos são o 1%

imunidade humana

Os glóbulos brancos, também chamados de leucócitos, são os cavaleiros protetores do corpo humano, combatendo as bactérias nocivas e mantendo seu corpo livre de infecções e vírus. É um dos componentes mais importantes do corpo humano. Então, alguém poderia pensar que a corrente sanguínea está repleta desses heróis, mas, na realidade, eles representam apenas 1% das células do seu sangue.

Neste caso, porém, o 1% é bem grande, com até 10.000 glóbulos brancos em cada microlitro (um milionésimo de litro) de sangue. Isso conta muito quando você considera o fato de que existem 5 litros de sangue no corpo humano. Essas células estão sempre em movimento na corrente sanguínea, caçando possíveis invasores, em qualquer lugar que possam estar.

Para ver a ação dos diferentes tipos de glóbulos brancos para nos manter saudáveis, dê uma olhada neste vídeo: 

3. Vacas revolucionaram nossa imunidade 

imunidade humana

As pessoas começaram a experimentar a inoculação em 1700, introduzindo elementos mais suaves, mas ainda mortais, do vírus da varíola retirados de pacientes previamente inoculados, para que o sistema imunológico pudesse desenvolver uma resistência ao vírus. Embora este método fosse bastante eficaz, ainda resultou em muitas mortes.

Descobriu-se que os laticínios desenvolveram uma imunidade mais forte contra a varíola do que a maioria das pessoas que haviam sido previamente expostas à varíola bovina, uma doença com menor taxa de mortalidade do que a Variolação (que é como o método de inoculação para varíola, também conhecido como Variola foi chamado). Usando este conhecimento e o vírus da varíola bovina, Edward Jenner foi pioneiro da vacina contra a varíola em 1796.

4. Tudo muito limpo

imunidade humana

A crença comum é que quanto mais limpo o nosso ambiente, mais seguros estamos. Mas este é um equívoco criado e sustentado por nós. Na verdade, um ambiente extremamente limpo pode interromper o desenvolvimento do sistema imunológico.

Seu sistema imunológico acaba não se expondo a muitas das partículas estranhas que geralmente ajudam a desenvolver anticorpos e se tornam mais fortes. Isso pode ser especialmente problemático para as crianças, cujos sistemas imunológicos exigem que a exposição se desenvolva e cresça.

5. Alergias são apenas os erros do sistema imunológico

imunidade humana

Todo mundo comete erros e seu sistema imunológico não é diferente. A maioria das reações do seu corpo a substâncias que você é alérgico acontece porque o sistema imunológico se confunde e toma equivocadamente a substância estranha, seja pólen, amendoim ou poeira, como uma perigosa partícula estranha.

Por isso, reage à forma como é construído para reagir a qualquer coisa que tenha entendido como prejudicial e ataca a substância do seu corpo, causando algum dano ao seu corpo durante o processo. Isso causa muitos dos sintomas que experimentamos, da coceira ao inchaço em diferentes áreas.

6. As mulheres são mais vulneráveis a ataques do sistema imunológico

imunidade humana

Doenças autoimunes, como a artrite reumatoide, ocorrem basicamente quando o sistema imunológico fica descontrolado. Torna-se extra defensivo e é incapaz de diferenciar corpos estranhos nocivos de células e tecidos saudáveis do corpo. Por isso, começa a atacar células perfeitamente saudáveis, o que pode causar inflamação, dores intensas e muitos outros problemas sérios de saúde. Mas, como se constata, as doenças autoimunes são um tanto seletivas.

Embora menos de 10% da população nos EUA sofra de doenças autoimunes, sendo no Brasil de 15 a 20% da população, um artigo publicado em 2008 no "American Journal of Pathology" (periódico de Patologia) observou que quase 80% dos que sofrem de doenças autoimunes eram mulheres - que podem ser especialmente vulneráveis a essas doenças durante a ovulação, gravidez e imediatamente após o parto.

7. Estresse, sono, luz solar e seu sistema imunológico

imunidade humana

O estresse não é bom para o seu sistema imunológico. Muito estresse pode resultar na supressão do sistema imunológico, o que aumenta diretamente a probabilidade de você pegar um vírus.

A falta de sono afeta, de maneira semelhante, o sistema imunológico, reduzindo o número de 'células matadoras naturais' em seu corpo e pode até reduzir os efeitos das vacinações, como observado em um estudo de 2012.

A luz solar pode ter efeitos mistos. A exposição à luz solar pode aumentar a vitamina D em seu corpo, bem como a produção de serotonina, que o mantém feliz e pode ajudar a reduzir o estresse. Mas altos níveis de exposição à radiação ultravioleta e à luz do sol podem resultar na supressão do sistema imunológico e, portanto, em maior vulnerabilidade a infecções e vírus. Como a maioria das coisas, um pouco é bom para você, muito pode ser ruim.

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade