maavaron
Você está sendo transferido para a página solicitada...
header print

10 Dicas Essencias ao Fazer Compras em Hipermercados

 Se você tem o hábito de fazer suas compras em grande hipermercados, já se acostumou com a praticidade e o conforto que essas grandes redes oferecem. Tudo está milimetricamente organizado e bem disposto nas prateleiras, e então temos a sensação de que não precisamos examinar a qualidade dos produtos. Mas não é bem assim...
 
Embora os produtos tenham sido submetidos a verificações preliminares de qualidade, podem sofrer danos no processo de transporte ou armazenamento, portanto, mesmo que o produto pareça estar impecável e dentro do prazo de validade, isso não indica 100% de sua qualidade. Para não comprar itens defeituosos ou danificados que possam prejudicar sua saúde, você deve prestar atenção aos 10 alertas a seguir.
 
10 Dicas para não ser enganado no supermercado

1. Molhos e maionese
A maionese é um produto muito sensível, e armazená-la em condições inadequadas pode ser perigoso. Então, antes de comprar, verifique as instruções de armazenamento do produto antes e depois da abrir. Não compre um frasco de maionese que pareça inchado, ou se o vidro estiver trincado.

Se a maionese for armazenada em um frasco transparente, certifique-se de que o conteúdo seja uniforme na textura e sem nenhum tipo de líquido. Os molhos de salada vendidos em embalagens de plástico ou frascos de vidro devem ser armazenadas na geladeira e, de acordo com instruções de órgão de saúde, esses produtos não devem ser comprados se não forem armazenados na temperatura recomendada, geralmente encontrada na embalagem.

2. Legumes e frutas secas
Embora muitos estabelecimentos ofereçam frutas secas e legumes em sacos plásticos fechados, grande parte dos hipermercados vendem esses alimentos a granel e, com isso, os produtos são expostos a pragas, insetos, bactérias e sujeiras. Por exemplo, se houver objetos estranhos na embalagem, como pedaços de madeira, pedaços de metal ou qualquer outra coisa, isso pode indicar que o produto foi mantido em condições inadequadas e que pode não estar muito bom para consumo.

 

3. Vegetais
Sabe aquela expressão "comer com os olhos"? Devemos levá-la em conta na hora de escolher os alimentos a seguir. Vegetais danificados e de aparência pálida indicam que já não estão mais frescos. Às vezes, esses sinais podem ser até um alerta para possíveis problemas de saúde, caso esses alimentos sejam consumidos. Embora os vegetais sejam um símbolo de saúde e de nutrição adequada, é muito importante saber como escolher corretamente cada um deles:

  • Batatas - Recomenda-se não comprar batatas verdes ou com manchas esverdeadas, porque não amadurecem em casa, como as bananas, por exemplo. Evite batatas com defeito ou brotos porque, ao contrário das frescas, elas contêm uma grande quantidade de toxinas que podem causar tonturas, problemas gastrointestinais, problemas no sistema nervoso e náuseas. Em casos extremos, até mesmo intoxicação alimentar.
  • Pepinos, berinjelas, cogumelos, couve-flor e brócolis - Os pepinos estão bons quando a sua cor varia de esverdeado a verde-escuro, e se estiverem amarelados ou pálidos, não estão mais frescos, muito menos comestíveis. Também deve ter consistência bem firme e não muito grosso. A berinjela fresca deve estar firme e com uma cor violeta clara. Quanto mais escura estiver a casca, menos fresca ela está. Couve-flor e brócolis são vegetais que muitas vezes contêm vermes, então certifique-se de que você não vê manchas escuras nos floretes, que devem estar firmes quando você apertá-los. Já os cogumelos devem estar com a parte de cima bem presa ao caule, e quanto mais aquele ‘chapeuzinho’ se abrir, menos fresco ele está. Além disso, o cogumelo escurece no processo de envelhecimento. 
  • Cebolas - Para escolher uma boa cebola, verifique se ela está firme, limpa e sem manchas escuras ou partes macias ao apertar. Se a haste começar a brotar, significa que está na prateleira há muito tempo. Cheire a cebola e ver se o cheiro está estranho, se estiver não compre! A cebola não deve ter um cheiro forte, a menos que esteja danificada, cortada ou estragada. Ao comprar cebolinha, é importante verificar se a borda entre as partes verde e branca está clara, e se estiver escura ou esverdeada, já não estão adequadas para consumo.
10 Dicas para não ser enganado no supermercado

4. Congelados
Se você precisa comprar produtos congelados, certifique-se de pegá-los somente no final, pois eles podem derreter e estragar enquanto você coloca outros produtos no carrinho. E o que deve ser verificado? Primeiro, sinta a embalagem e observe que o produto está completamente congelado e sem áreas suaves que indicam um descongelamento precoce. Além disso, evite comprar um produto refrigerado que não esteja bem frio ao tocá-lo.

Leia as instruções de armazenamento do produto e verifique a quantos graus deve ser mantido. Procure o indicador de temperatura que se pareça com um relógio dial / digital em cada congelador e verifique se os números listados não são diferentes dos listados nas instruções de armazenamento. Se houver uma diferença significativa entre a temperatura de refrigeração recomendada do produto e a mostrada no congelador da loja, não compre.

5. Chocolate
O chocolate é um produto sensível. Qualquer pequeno aumento ou mudança de temperatura pode danificá-lo e prejudicar o sabor, a qualidade, a textura e até mesmo a aparência. Um chocolate amargo de qualidade, por exemplo, contém ao menos 56% de cacau puro, em comparação à popular versão ao leite, que tem cerca de 36%. Além disso, verifique se o produto contém manteiga de cacau ou óleo de cacau natural, e nenhum outro óleo vegetal. Certifique-se de que a embalagem esteja bem fechada.

6. Conservas, enlatados e comida de bebê
Os alimentos em lata são amplamente usados por todos nós, assim como alguns alimentos em conserva. No entanto, é preciso tomar cuidado na hora de adquiri-los.

  • Conservas em lata - Não deve haver sinais de vazamentos, ferrugem, danos e, claro, não devem ser estar inchadas e amassadas.
  • Alimentos em frascos de vidro - É importante verificar se a tampa do frasco está funda e firmemente fresa.
  • Alimentos em embalagens flexíveis - Alguns alimentos são colocados em embalagens flexíveis de plástico, como castanhas e comida para bebês. Veja se a embalagem não está rasgada ou qualquer outro tipo de dano.
10 Dicas para não ser enganado no supermercado

7. Carnes
O que você deve verificar quando você vai comprar carne fresca, além da limpeza do açougue? Bem, a primeira coisa em que você deve se concentrar é a cor da carne, que deve estar em tons de vermelho-rosa e não brilhante. Se a cor for marrom ou vermelho brilhante, é um sinal de que não é carne fresca. Se você puder tocar a carne ou pedir ao açougueiro para pressioná-la (com luvas ou alguma proteção), faça isso, porque a carne fresca é flexível. Se você afundá-la com o dedo, vai voltar ao normal depois de alguns segundos.

Ao comprar carne moída fresca, há uma regra importante que você não deve esquecer: compre uma peça e diga ao açougueiro para moer na hora. Peça a ele que não adicione a carne da moagem inicial que sai da máquina, ou se tiver algo restante, porque essa carne restante deixada na máquina não estava em condições adequadas de resfriamento e pode ter sido exposta a várias bactérias.

8. Ovos
Quando você compra ovos, procure o selo de marcação que aparece em cada unidade. Cada um tem duas datas; a parte superior indica até quando os ovos podem ser vendidos e o fundo indica até quando podem ser consumidos se mantidos na geladeira. Mesmo que os ovos sejam mantidos refrigerados no hipermercado e você vê que a última data para uso na geladeira ainda é válida, mas a data de comercialização já passou, descarte-os.

10 Dicas para não ser enganado no supermercado

9. Peixe
É preciso tomar medidas importantes na hora de escolher peixe fresco: ele deve ter um aroma característico de onde veio - mar ou lagoa, e o cheiro deve ser muito suave. Se tiver um cheiro forte ou estranho, então não está fresco. Os olhos devem ser claros e brilhantes, e manchas brancas nos olhos indicam que foi congelado e descongelado. As brânquias devem estar vermelhas. O corpo do peixe deve ser rígido e flexível e, após uma ligeira pressão sobre a carne, deve retornar à forma original. Uma informação importante que deve ser levada em conta - apenas compre peixe fresco se estiver na geladeira e coberto de gelo.

10. Pão
O pão que você compra nos supermercados às vezes é armazenado incorretamente, o que prejudica sua qualidade e frescor. Se você quer saber está fresco, toque-o. O toque é uma das etapas mais importantes na compra do pão, e se faz um leve barulho com um toque suave, está fresco. Se estiver mais duro, provavelmente está ali há um bom tempo. O pão que é colocado na prateleira durante um longo período de tempo sem uma cobertura entra em processo de oxidação, o que faz com que endureça mais rapidamente, em comparação com o pão que é embalado hermeticamente e preserva seu frescor por um longo período de tempo. E assim como os congelados, deixe para comprar o pão no fim da compra. Se você tiver a sorte de pegar uma fornada, pode pegar unidades quentinhas e fresquinhas que você vai querer comer ali mesmo.

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade