header print

8 Maneiras de NÃO Preparar Frango

 Qual é a melhor maneira de cozinhar frango? Seja preparando um peito de frango, assando uma ave inteira ou fritando algumas coxas e asas, Obtenha o melhor da sua ave evitando esses 8 erros!
 
cozinhar frango

Erro 1: Lavar o frango

Lavar o frango é completamente desnecessário, especialmente quando se cozinha uma ave inteira. Você está provavelmente espirrando água repleta de bactérias em todo o balcão ou pia da sua cozinha, onde elas vão ficar e se multiplicar. Em vez disso, lave todas as superfícies, pratos e mãos depois de manusear o frango cru.

Erro 2: Descongelar o frango sobre o balcão ou micro-ondas

Esses métodos incentivarão as bactérias a crescer e proliferar. As aves de criação não devem permanecer em temperaturas consideradas dentro da "zona de perigo". As bactérias crescerão rapidamente em temperaturas de 40 a 140 graus, duplicando seu número em apenas 20 minutos. Colocar frango no micro-ondas é simplesmente incentivar o crescimento de bactérias. O melhor e mais seguro método seria descongelar na geladeira um dia antes de cozinhar. Depois de descongelado, não deve ser congelado novamente.

Erro 3: Não secar o frango antes de cozinhar

Se você está fritando, assando ou grelhando seu frango, você deve sempre secar com um papel-toalha. Isso evita que o frango cozinhe no vapor enquanto cozinha. Se não estiver seco, liberará mais umidade durante todo o processo de cozimento. Não o secar significa um frango mais crocante e saboroso com a quantidade certa de umidade.

Erro 4: Usar um temporizador para determinar quando está pronto

Em vez de usar um temporizador, pegue um termômetro. O frango tende a variar em tamanho e forma, então não há tempo exato para o cozimento. Para garantir que seu frango é cozido com segurança, um pedaço de peito de frango desossado é cozido em 165 a 170 graus internos. Frango com osso deve ser cozido pelo menos a 180 a 185 graus internamente. Isso garante que a medula óssea seja cozida evitando uma aparência malcozida.

cozinhar frango

Erro 5: Cortar para ver se está pronto

Compreensivelmente, a maioria das pessoas corta o frango para ver se está pronto. No entanto, cortar o frango fará com que os líquidos saiam e sequem, deixando um pedaço seco, em vez de um prato molhadinho e saboroso. Vale a pena investir em um termômetro de cozinha.

Erro 6: Armazenar em qualquer lugar na geladeira

O frango deve ser armazenado na prateleira mais baixa, pois é onde o ar fica mais frio, sendo o local mais seguro para a ave. Armazená-lo adequadamente ajudará a evitar a contaminação cruzada e o crescimento de bactérias. Tenha certeza de que está bem embrulhado para evitar que a água do descongelamento vaze.

 

Erro 7: Cozinhar só peito de frango

Ao tentar se manter saudável, a maioria das pessoas recorre ao peito de frango, mas comer outras partes do frango também pode ser saudável. O frango de carne escura é magro e, se não for frito, continua úmido. Também contém mais ferro e zinco do que a carne branca de frango.

Erro 8: Não testar a frigideira antes de refogar

Para obter um bom refogado, você precisa preaquecer sua frigideira. Para verificar se está suficientemente aquecida, polvilhe a superfície com um pouco de água. Se chiar e evaporar imediatamente, estará quente o bastante. Isto é especialmente importante se cozinhar peito ou coxas com pele. A pele nunca ficará dourada ou crocante se não for feita em uma panela quente.

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade