header print

15 Concessões Que Vão te Deixar Mais Feliz

 Se pararmos para nos analisar, descobriremos que nossas vidas são conduzidas por diversos fatores que criam muita tensão, dor e sofrimento dentro de nós. Em vez de abandonar essas coisas para ficarmos livres e de bem conosco, nos apegamos a elas. E por quê? Isso faz parte do ego, que se apega ao sofrimento como forma de se sentir 'alimentado'. Mas não podemos fazer isso com nossas vidas e nosso bem-estar. Chega! De agora em diante, vamos adotar uma nova postura perante a vida e os desafios. Essas 15 concessões vão te ajudar.
 
15 concessões para você ser feliz

1. Desista da necessidade de estar sempre certo 
Muitos de nós não tolera a ideia de que podemos errar. Queremos estar sempre certos, e nossa mentalidade insiste nisso, mesmo que esse tipo de pensamento possa acabar com relacionamentos ou causar sofrimento e estresse a nós mesmos e aos outros. Simplesmente não vale a pena! Sempre que você sentir a necessidade de entrar em uma discussão, pergunte a si mesmo: "O meu ego é realmente tão grande?", ou "Eu prefiro estar certo ou prefiro ser legal?" 

2. Desista da necessidade de ter tudo sob controle 
Esteja disposto a desistir da necessidade de estar sempre no controle do que está acontecendo com você e com o que está ao seu redor – situações, eventos, pessoas e circunstâncias. Não importa quem seja: familiares, pessoas que você ama, colegas de trabalho ou apenas estranhos na rua. Deixe-as. Cada um tem seus desafios para enfrentar, assim como você tem os seus. Basta lembrar: "O mundo é derrotado por aqueles que o permitem, mas quando você tenta e tenta, o mundo sempre será invencível". 

3. Desista da culpa 
Desista da sua necessidade de culpar os outros pelo que você tem ou não tem, o que sente ou não sente. Pare de desperdiçar energia e assuma a responsabilidade por sua vida. 

4. Desista do derrotismo 
Muitas pessoas se machucam e se ferem por causa do pensamento negativo e da percepção derrotista de si mesmas. Não acredite em tudo que seu cérebro lhe diz, especialmente se for negativo. Você é melhor que isso! Eckhart Tolle disse certa vez: “A mente é um excelente instrumento, se usada corretamente. Usado erroneamente, no entanto, torna-se muito destrutiva”. 

5. Desista de crenças limitantes 
Desista das limitações de 'pode' ou 'não pode', e 'possível ou impossível'. De agora em diante, você não permitirá que as crenças limitantes te prendam no lugar errado. Abra suas asas e voe alto! A escritora Elly Roselle disse uma vez: “Uma crença não é uma ideia mantida pela mente, é uma ideia que mantém a mente”.

15 concessões para você ser feliz

6. Desista das reclamações 
Desista da constante necessidade de reclamar de todas as coisas, pessoas, situações, eventos e circunstâncias que fazem você se sentir infeliz e deprimido. Ninguém pode te deixar triste a esse ponto, e nenhuma situação pode te tornar infeliz, a menos que você permita. Não é a situação que desencadeia essas emoções, mas a sua escolha de como olhar para as coisas. Nunca subestime o poder do pensamento positivo. 

7. Desista das críticas 
Desista da necessidade de criticar coisas, eventos e pessoas que são diferentes de você. Somos todos diferentes, mas parecidos em uma coisa: queremos ser felizes, amados e compreendidos. Não julgue os meios que os outros adotam em seu caminho para atingir esse objetivo. 

 

8. Desista da necessidade de impressionar os outros 
Pare de tentar ser algo que você não é somente apenas para agradar os outros. A vida não funciona assim. Uma vez que você para de tentar ser outra pessoa, remove a máscara e começar a ser o seu "eu verdadeiro", vai atrair as pessoas certas, sem esforço. 

9. Desista de resistir à mudança 
Mudar é bom. A mudança nos ajuda a passar de um ponto para outro, e nos ajuda a melhorar tanto a nossa vida quanto a daqueles que estão ao nosso redor. Adote a mudança e não se oponha a ela. O conceituado escritor Joseph Campbell disse: "Siga sua felicidade e o universo abrirá portas onde havia apenas paredes". 

10. Desista dos rótulos 
Pare de rotular coisas, pessoas e eventos que você não entende ou que te parecem estranhos. Tente abrir a sua mente, passo a passo. As mentes só funcionam bem quando se abrem. O escritor e palestrante Wayne Dyer disse: "A maior forma de ignorância é quando você rejeita algo sobre o qual você não sabe nada".

15 concessões para você ser feliz

11. Desista dos seus medos 
O medo é apenas uma ilusão. Ele não existe, nós é que os criamos. Está tudo em nossas mentes. Corrija o que você sente por dentro e as coisas do lado de fora vão tomar o seu rumo por conta própria. Franklin Roosevelt disse: "A única coisa que devemos temer é o próprio medo". 

12. Desista das desculpas 
Guarde todas as desculpas em uma caixa e mande-as embora, porque você não precisa delas. Muitas vezes nos limitamos às nossas desculpas. Em vez de crescer e melhorar a nós mesmos e nossas vidas, ficamos presos em nossas próprias mentiras e nos desculpamos depois. No final, 99,9% dessas desculpas não são reais. 

13. Desista do passado 
Isso é difícil, especialmente quando o passado parece muito melhor do que o presente, e o futuro parece assustador. Mas tenha em mente que o momento atual é tudo o que você tem e é tudo que você precisa. Tenha em mente que o passado que hoje você sente falta, lá atrás era o presente que você ignorou. Pare de se iludir. Esteja presente em tudo que você faz e aproveite a vida – afinal, a vida é uma jornada, não um destino. Adote uma visão clara para o futuro, mas não se esqueça de estar presente no aqui e no agora. 

14. Desista de apegos 
Para muitos, esse conceito é difícil de entender, mas, com o tempo, a prática, a sinceridade e a conscientização, ficará óbvio. Faça uma distinção entre as coisas que você ama e as coisas que mantém. Então vai notar que são duas coisas diferentes – o amor vem de um sentimento puro, enquanto o apego vem do medo. Depois de deixar as coisas irem, vai ter mais serenidade e paciência. 

15. Desista da necessidade de satisfazer as expectativas dos outros 
Muitas pessoas vivem uma vida que não é delas, e vivem suas vidas de acordo com o que os outros pensam o que é bom e certo para eles. De acordo com o que os pais dizem, a empresa dita, os membros da comunidade esperam e o governo determina. A cultura em que vivemos pavimenta uma "norma" que nos faz ignorar nossa voz interior e perder o controle. Com o tempo, esquecemos o que nos faz felizes e o que realmente queremos. Não deixe que isso te desvie do caminho que está pavimentando.

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade