header print

Como Aceitar e Curar a Sua Criança Interior e Ser Feliz

 

O autoconhecimento é importante, mas sabemos que é uma tarefa difícil que nos faz ver situações difíceis de nossa vida que até então tentamos evitar. Embora alguns processos possam ser dolorosos, são importantes para que possamos mudar nossa mentalidade e deixar para trás algumas lembranças que persistem em bater na nossa porta.

Embora ninguém goste de passar por crises, elas são importantes, pois são um passo para nossa evolução como indivíduos. Por exemplo, há a crise da adolescência que nos prepara para as responsabilidades da vida adulta, e a temida ‘crise de meia-idade’ nos mostra como devemos agir para vivermos na maturidade. Passamos por dores e momentos tristes, mas, no final, sempre encontramos a paz interior e a felicidade.

 

Independentemente dos problemas com os quais estamos lidando atualmente, nosso subconsciente tem uma enorme bagagem que fatos, situações e memórias acumuladas ainda na infância que nunca desaparecem. Essa nossa ‘criança interior’ vai estar conosco por toda vida, em cada passo de nossos caminhos, exercendo uma grande influência sobre como pensamos e agimos.

Por isso, traumas e problemas não resolvidos podem nos dificultar a pensar diretamente quando se trata de lidar com os problemas do presente. Superar esse obstáculo exige reunir coragem suficiente para poder enfrentá-los. Por isso, para iniciar esse processo delicado, mas muito importante, você pode seguir esses quatro passos iniciais:

 
1. Fale com a sua criança interior
4 Passos para curar a sua criança interior
Imagine-se em uma certa idade na sua infância, e imagine-se conversando com a criança que você já foi. Lembre-se de suas esperanças e medos naquela idade, e dialogue consigo. Diga a essa criança que tudo está bem, que você a ama, a ouve e compreende. Diga que você a protegerá contra quaisquer perigos ou danos.
 
2. Visualize
4 Passos para curar a sua criança interior

Encontre um "lugar seguro" para que você visualize e comece a relaxar o seu corpo. Respire profundamente até se sentir confortável e pronto para embarcar em uma viagem ao seu passado. Na internet, você pode encontrar meditações guiadas e exercícios de visualização para a cura da sua criança interior. 

Um exercício de visualização vai lhe dar a oportunidade de obter uma compreensão mais profunda da sua situação atual, ao mesmo tempo que desenvolve um poderoso sentimento de compaixão por si mesmo. Basta garantir que você realize um exercício de visualização de forma segura e gentil. Se você quiser obter a ajuda de um terapeuta profissional para esse fim, então nem pense duas vezes e procure um bom psicoterapeuta.

3. Perdoe
4 Passos para curar a sua criança interior

Nossa criança interna pode levar muita culpa e arrependimento latentes, e isso exerce uma grande influência nas decisões que tomamos mais tarde na vida. Por exemplo, se você tem um irmão ou irmã que foi constantemente comparado com você, ou foi repreendido pelos pais quando estava crescendo, pode ter alimentando, mesmo que no seu subconsciente, mágoa e rancor por esses parentes próximos.

Ao longo dos anos, você pode ter se encontrado segurando essa culpa e, assim, continuou minando e evitando seu próprio sucesso. Em uma situação como esta, você precisa entender que o que aconteceu não foi culpa sua. Por isso, se perdoe e pare de impedir o seu crescimento como indivíduo.

4. Abrace a solidão
4 Passos para curar a sua criança interior

Nós usualmente encobrimos nossa criança interior devido a sentimentos de falha, usando uma "máscara" socialmente apropriada à medida que os anos passam. Com isso, deixamos nosso verdadeiro eu para trás, mas, com o passar do tempo, percebemos que essa máscara é falsa e não nos serve mais.

A única maneira de corrigir isso é estar ciente do isolamento e da solidão do seu verdadeiro eu. Ele só pode vir à tona quando todas as camadas acumuladas de defesa e proteção são destravadas e removidas.

Reconhecer a culpa, a solidão e a mágoa que defendemos pode nos levar a parar de nos sentirmos envergonhados e desconfortáveis conosco, e assim nós nos mostramos para o mundo como realmente somos. Dê voz à sua criança interior, para que ela possa sair desse esconderijo e ser amada por quem ela realmente é.

Fonte | Imagens: Deposit Photos e Pixabay

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade