header print

6 Hábitos Para Sair da Melancolia

 Eu estava melancólico, me sentindo preso no pior dos estados de ânimo, com medo de não ter nada mais a oferecer, esperando que esse período de infelicidade sumisse. Lembrei que é preciso ser paciente, tendo em mente o que as experiências passadas me ensinaram. Apesar deste sentimento do qual não conseguia me livrar, disse a mim mesmo que logo as coisas iriam melhorar e, então, comecei a entender esse lampejo de esperança. Com um pouco de exame de consciência, procurei analisar a fundo as questões que estavam contribuindo para o meu estado de infelicidade e as coisas que eu poderia fazer para superá-lo.
 
6 Hábitos Para Sair da Melancolia
Com minhas experiências no passado, eu aprendi que, apesar de determinadas circunstâncias poderem fazer a minha vida infeliz, frequentemente esse sentimento vem do meu próprio pensamento, comportamento e hábitos. E aprendi muito mudando seis deles, que vou compartilhar agora com você.
1. Comparar a sua vida - e o que há nela - com a dos outros: Comparar o que os outros têm em relação a você (seus carros, casas, empregos, roupas, dinheiro...) pode realmente prejudicar sua auto-estima, criando um monte de sentimentos negativos.
Mude o seu hábito, comparando-se a si mesmo. Perceba o quão longe você chegou e quanto você cresceu e aprendeu ao longo do caminho. Olhe para o que você conseguiu, o que superou e o seu progresso na direção dos seus objetivos. Também aprenda a ser gentil com os outros, bem como a si mesmo, observando e analisando seus pensamentos. Muitas vezes, se você julga e critica as pessoas, você provavelmente vai acabar sendo mais crítico ainda em relação a si mesmo.
Como funciona: Ao criar esse hábito, você cria gratidão, apreço e bondade consigo mesmo e com os outros. Você aprende a ficar de bem com você mesmo e com as pessoas ao seu redor, em vez de competir com elas.
6 Hábitos Para Sair da Melancolia
 
2. Ter dificuldade em deixar um relacionamento ou amizade que já não serve pra você: Apegar-se a alguém que lhe trata mal muitas vezes pode ser o resultado da sua infelicidade, mas aprender a deixar um relacionamento tóxico ou que já devia ter terminado lhe trará uma plataforma essencial para o auto-crescimento.
Mude o seu hábito, aprendendo a deixar as coisas para trás e ir embora. Acabar com um relacionamento é sempre uma etapa difícil de superar, e quando você toma a decisão de afastar-se de alguém, muitas vezes, há uma série de duras lições que você terá que aprender. Perdoar a pessoa que lhe machucou talvez seja a lição mais difícil que você vai ter de suportar, especialmente quando você carrega ressentimentos em relação a ela.
Como funciona: Tenha em mente que se você deixar que esses sentimentos negativos persistam, você estará apenas prolongando o seu sofrimento. Também lembre que o perdão tem mais a ver com a cura dos sentimentos negativos dentro de nós mesmos do que com a necessidade de aceitar os erros dos outros.
3. Dizer "sim" aos pedidos de outras pessoas, quando o que você realmente quer dizer é "não": O "Sim" é tão fácil na nossa cultura. Ele sugere uma abordagem de braços abertos e demonstra bondade e altruísmo, enquanto a palavra "não" é geralmente desaprovada e mal-vista. Entretanto, quando você está constantemente dizendo "sim" para as coisas que não quer ou não tem tempo de fazer, ou quando coloca as necessidades dos outros acima de suas próprias, é nessa hora que você precisa impôr limites e ter a coragem de apenas dizer "não".
Mude o seu hábito, reconhecendo os momentos e situações onde você pode dizer "não" sem pensar duas vezes. Por exemplo, nos momentos em que você sente que está lutando com a sua consciência, ou que está sendo explorado pelos outros, ou talvez quando você acha que vai acabar em uma situação que o afasta de seus próprios objetivos ou responsabilidades, diga "não".
Como funciona: Ao dizer "não" para os outros, você pode se concentrar nas coisas que são realmente importantes para você.
6 Hábitos Para Sair da Melancolia
4. Buscar a perfeição constantemente: Quando você está constantemente à procura da felicidade através da perfeição, não vai ser fácil encontrá-la. Colocar a sua meta em um nível muito alto provavelmente vai levar à baixa auto-estima e ao sentimento de que você não é bom o suficiente.
Mude o seu hábito, buscando o que é apenas bom o suficiente. Isso não lhe dá a desculpa de ter preguiça. Em vez disso, aprenda a perceber quando deve deixar o seu perfeccionismo de lado e aprenda a ficar satisfeito com o que você fez e terminou.
Como funciona: Uma das melhores maneiras de deixar de lado o perfeccionismo é estabelecer um prazo. Faça o que você pode, da melhor maneira que pode, no prazo definido por você mesmo (você pode aplicar isto a tudo o que faz, seja em casa ou no trabalho), isso irá ajudá-lo a deixar de ter a necessidade de aperfeiçoar as coisas um pouco demais.
5. Sentir-se culpado sobre o passado e preocupado com o futuro: Passar muito tempo no passado, revivendo velhas memórias, conflitos e oportunidades perdidas, ou viver no futuro, imaginando como as coisas poderão dar errado no trabalho, em seus relacionamentos e com a sua saúde, pode evoluir para cenários terríveis que manipulam ainda mais a sua mente. Não viver no presente pode evitar que você tenha outras experiências maravilhosas.
Mude o seu hábito, tentando se envolver no que está fazendo. Não pensar no passado e não se sentir ansioso sobre o futuro é uma coisa impossível de fazer. Em vez disso, observe os seus pensamentos nos momentos em que sua mente começa a voar para coisas que raramente acontecem ou ansiedades que não vão ajudá-lo no presente. Você pode fazer isso parando para observar o que está fazendo e tentando exercer isso de forma tão completa quanto possível. Quando isso não ajudar, desvie a sua atenção para a sua respiração por alguns minutos, observando o que está ao seu redor.
Como funciona: Viver no presente lhe permitirá aprender com os erros do passado e tomar as melhores decisões para o seu futuro. Viver no presente não significa que você não deve planejar com antecedência, mas planeje para amanhã  - ou para o próximo ano - e não para um momento hipotético no futuro. Isso lhe trará ânimo e, ao mesmo tempo, uma sensação de segurança e estabilidade, especialmente em questões financeiras.
6 Hábitos Para Sair da Melancolia
6. Ficar em um mar de pensamentos negativos: Viver uma vida mais feliz se torna muito mais difícil quando você se deixa ser arrastado por vozes negativas. Ficar pensando nos detalhes negativos em sua vida e permitir que eles consumam seus pensamentos é uma outra maneira de fazer-se infeliz.
Mude o seu hábito, substituindo seus pensamentos negativos por influências poderosas. Dê uma olhada no que precisa mudar em sua vida. Começando com seu círculo social, dedique a maior parte do seu tempo para sair com pessoas positivas. Em momentos de isolamento, ouça músicas inspiradoras e leia livros estimulantes. Assista filmes que passam uma mensagem forte e programas de TV que façam você rir.
Como funciona: Fazer pequenos ajustes na sua rotina pode ajudar a mudar sua perspectiva de vida. Com uma mente equilibrada, você vai estar mais propenso a pensar criticamente e resolver quaisquer questões negativas que precisam mudar. Tenha em mente que, em nossos pensamentos negativos, muitas vezes fazemos tempestades em copo d'água. Frequentemente, o problema na sua cabeça pode ser resolvido se transformado em algo positivo ou útil.
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: