header print

7 Tipos De Amor Que Você Precisa Conhecer

 Todos parecemos desejar um amor romântico, mas poucos de nós percebem que este tipo de amor está longe de ser atemporal e universal. O amor romântico, ao contrário, é uma construção moderna, que emergiu em conjunto com o que lemos nos romances. Mas há muitas outras maneiras de amar, nem todas consistentes ou consonantes com o amor romântico. Enquanto damos muita atenção e almejamos muito o amor romântico, tendemos a negligenciar os outros tipos de amor que geralmente são mais acessíveis e que, a longo prazo, podem ser mais genuínos e satisfatórios. Aqui estão sete tipos de amor que são levemente baseados em leituras clássicas, especialmente de Platão e Aristóteles, e no livro de 1973 de JA Lee, Colors of Love (Cores do Amor, na tradução livre). 
 
1. Erostipos de amor

Eros é um amor sexual e apaixonado e é mais parecido com a nossa construção moderna de amor romântico. Na mitologia grega, é uma forma de loucura trazida por uma das flechas de Cupido. Quando a flecha nos atinge, nos apaixonamos; assim foi com Páris e Helena, levando Troia à Guerra e, consequentemente, à queda, juntamente com grande parte do exército grego reunido. Nos tempos modernos, eros é percebido com a força vital mais ampla, algo semelhante à vontade de Schopenhauer, um processo fundamentalmente cego de luta pela sobrevivência e pela reprodução. 

2. Philia (ou Philos)

Philia, ou amizade, é compartilhada por boa vontade. Segundo Aristóteles, uma pessoa pode dar boa vontade a outra por uma dessas três razões: a pessoa é útil, é agradável e, acima de tudo, é boa. Amizades fundamentadas em bondade estão associadas não apenas a benefícios mútuos, mas também a companheirismo, confiabilidade e confiança. Para Platão, o melhor tipo de amizade é aquele que os amantes têm um pelo outro. Esse amor é um amor philia nascido de eros.

Por sua vez, ele se alimenta de eros para fortalecê-lo e desenvolvê-lo, transformando-o de um desejo por posse em um desejo compartilhado por um nível mais elevado de compreensão de si mesmo, do outro e do mundo. Para a filosofia, Philia, portanto, transforma o eros de um desejo por posse em um impulso. Os verdadeiros amigos procuram viver uma vida mais verdadeira e plena, relacionando-se uns com os outros autenticamente e ensinando uns aos outros sobre as limitações de suas crenças, bem como os defeitos de seu caráter. Eles se tornam o terapeuta um do outro.

3. Storgetipos de amor

Este é um amor familiar. É o amor que existe entre pais e filhos. Difere da maioria dos philia, pois tende, especialmente em crianças menores, a ser unilateral ou assimétrica. É a afeição nascida da familiaridade ou dependência e, ao contrário de eros ou philia, não depende de nossas qualidades pessoais. Durante os estágios iniciais de um relacionamento romântico, as pessoas esperam um desfiladeiro incondicional, mas encontram apenas a necessidade e a dependência de eros, e se tiverem sorte, a maturidade e a fertilidade da philia. Com tempo suficiente, o eros pode se transformar em storge. 

4. Ágape

Este é um amor universal. É o amor que temos por estranhos, natureza ou Deus. Não depende de filiação ou familiaridade. É também chamado de caridade (como visto pelos pensadores cristãos). Pode-se dizer que abrange o conceito moderno de altruísmo, que é definido como preocupação altruísta pelo bem-estar dos outros. Estudos recentes ligaram o altruísmo a vários benefícios. A curto prazo, o altruísmo nos deixa com um sentimento eufórico.

Em relacionamentos de longo prazo, está associada a uma melhor saúde física e mental e também à longevidade. Este tipo de amor ajuda a construir e manter o equilíbrio psicológico, social e ambiental que nos protege, sustenta e enriquece. Dadas as situações atuais em que o nosso planeta está, parece que todos nós podemos praticar um pouco mais de amor ágape.

5. Ludustipos de amor

Este é um tipo de amor lúdico ou descompromissado. Pode envolver atividades como provocações, dança ou flertes, sedução e relação volúvel. O foco é mais divertido e, às vezes, também somente a conquista, sem compromisso. Esses tipos de relacionamento são casuais, pouco exigentes e descomplicados. Mas eles podem ser muito duradouros. Esse tipo de amor funciona melhor quando ambas as partes são maduras e autossuficientes. Embora possam surgir problemas quando uma das partes confunde ludus com eros. 

6. Pragma

Esse amor é um amor prático e baseia-se na razão ou dever, e nos interesses de longo prazo. A atração sexual fica em segundo plano nesse amor, em favor de qualidades e compatibilidades pessoais, objetivos compartilhados e fazendo com que funcione. Nos tempos de casamentos arranjados, esse amor deve ter sido comum.

Embora seja percebido hoje como fora de moda, continua sendo difundido mais visivelmente em certos casais de celebridades e políticos de alto perfil. Enquanto a maioria dos relacionamentos começa como eros ou ludus, este tipo de relacionamento acaba sendo uma combinação de storge e pragma. Enquanto o pragma pode parecer oposto ao ludus, os dois podem coexistir com um fornecendo um contraponto ao outro. 

7. Philautia

Esse tipo de amor é conhecido como amor-próprio. Pode ser saudável ou insalubre. O amor-próprio insalubre é semelhante à arrogância. Enquanto na Grécia Antiga, uma pessoa acusada de arrogância colocou-se acima dos deuses, ou acima do bem maior, hoje passou a significar um senso inflado do status, habilidades ou realizações de alguém, especialmente quando acompanhado de altivez ou arrogância. Como desconsidera a verdade, a arrogância promove a injustiça, o conflito e a inimizade.

Enquanto isso, uma forma saudável de amor-próprio é semelhante à autoestima. Essa é nossa avaliação cognitiva e, acima de tudo, emocional de nosso próprio valor em relação à dos outros. É a matriz através da qual pensamos, sentimos e agimos. Reflete e determina nossa relação conosco, com os outros e com o mundo.  

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade