header print

Coisas estranhas que nosso corpo faz e por quê

O Editor: Anna D.
 Nosso corpo faz coisas curiosas, como bocejos ou soluços, só para citar algumas. Mas por que isso acontece? Depois de fazer algumas pesquisas, compilamos uma lista das 10 coisas mais comuns - porém estranhas - que nosso corpo faz, com uma explicação científica simples de "como" e "por quê". Estas são as perguntas que sempre foram feitas, mas nunca receberam respostas.
 

1. Amnésia alcoólica

10 coisa estranhas que acontecem com nosso corpo
Se você já consumiu grandes quantidades de álcool, há uma boa chance de você não se lembrar de parte do tempo em que estava embriagado. Estudos mostram que o álcool pode impedir que o cérebro transfira dados de memória a curto e longo prazo. Ele interfere nos receptores do cérebro que carregam glutamato, um composto que carrega sinais entre os neurônios.
Eles são responsáveis pelo envio de sinais entre partes do cérebro. Isso faz com que alguns neurônios funcionem, enquanto outros são bloqueados, impedindo efetivamente que diferentes partes do seu cérebro se comuniquem e lembrem-se dos eventos que ocorreram durante esse período.

2. O apêndice

Durante anos, os médicos trataram o apêndice como um órgão vestigial que é mais prejudicial do que útil. Os apêndices podem ficar inflamados e romper, o que representa uma séria ameaça à nossa vida. Muitos médicos realizaram e ainda realizam apendicectomias desnecessárias em apêndices saudáveis como medida preventiva.

No entanto, após anos de pesquisa, os pesquisadores finalmente descobriram o motivo pelo qual ainda temos o apêndice: ele fornece um refúgio seguro para as boas bactérias que vivem em nossos intestinos em tempos de doenças graves, mantendo-as seguras enquanto o corpo combate a infecção. permitindo que eles retornem ao sistema digestivo, aumentando nossa imunidade.

3. Um nó na garganta

10 coisa estranhas que acontecem com nosso corpo

Você já sentiu alguma coisa na garganta quando sabe muito bem que não há nada lá? Isso é mais comum quando recebemos más notícias ou quando estamos prestes a chorar. Essa reação faz parte do mecanismo de "lutar ou fugir" em humanos quando estão sob estresse severo ou em perigo. Parte da resposta inclui respiração rápida.

O fenômeno é auxiliado pela expansão de suas cordas vocais para permitir mais entrada de ar. Quando você tenta engolir, seus músculos trabalham efetivamente um contra o outro, causando a sensação de inchaços.

4. Arrepio em sua coluna vertebral

Esse calafrio na base da coluna, geralmente acompanhado de arrepios na pele pode ocorrer em diferentes situações. Geralmente ocorre durante uma situação estressante, quando o cérebro libera grandes quantidades de adrenalina no sistema, aumentando a atenção e o tempo de reação.

A adrenalina também faz os cabelos se arrepiarem e os músculos contraírem. Isso também pode acontecer quando você experimenta outras emoções intensas, como paixão, ou quando ouve música de que realmente gosta, pois elas também podem causar liberação de adrenalina.

5. Dedos das mãos e pés enrugados

10 coisa estranhas que acontecem com nosso corpo

Você provavelmente percebeu que, depois de passar muito tempo em uma banheira ou piscina, seus dedos das mãos e pés se enrugam. Os cientistas agora acreditam que resolveram esse mistério. Experimentos mostraram que pessoas com dedos das mãos e pés enrugados têm melhor aderência em superfícies molhadas.

Acredita-se que isso tenha ajudado nossos ancestrais a fazer melhor uso das ferramentas em ambientes com água. Suas habilidades aprimoradas melhoraram sua taxa de sobrevivência, levando ao gene que causa as rugas nos dedos se espalharem e permanecerem na nossa espécie.

6.Náuseas provocadas pelo movimento
10 coisa estranhas que acontecem com nosso corpo
Muitos de nós podemos sentir-nos repentinamente mal quando estamos em um veículo em movimento, como carros, barcos e aviões. A sensação é geralmente de tontura e náusea, com possíveis vômitos. A razão para isso é que seu corpo percebe uma coisa, enquanto seus olhos vêem algo diferente, por exemplo: você está sentado no barco e, embora pareça que a água está calma, seu ouvido interno sente que o barco está balançando.
Isso leva a uma sensação de desequilíbrio no ouvido interno, que por sua vez causa náusea, que, se não tratada, pode levar ao vômito.

7. Cócegas

Todos nós já fomos objeto de cócegas em algum momento de nossas vidas. Pode ser divertido, mas a maioria das pessoas não gosta e prefere evitá-las completamente. Recentemente, uma pesquisadora chamada Christine Harris ofereceu uma explicação que pode surpreendê-lo: ela afirma que pode ser uma maneira de nos ensinar habilidades de luta.

Ela observa que os membros da família costumam fazer cócegas, fazendo com que o destinatário se movimente para defender-se e tente "escapar" da sensação rapidamente e, portanto, ensina o destinatário como escapar de um agressor sem causar danos físicos ou psicológicos.

8. Sensação de vibração fantasma
110 coisa estranhas que acontecem com nosso corpo
Você já sentiu que seu telefone está vibrando e o verifica apenas para descobrir que não está? Esta é uma condição médica conhecida, chamada "síndrome da vibração fantasma". Atualmente, a explicação mais provável para isso é que seu cérebro está interpretando mal os sinais que está recebendo do seu corpo devido ao leve movimento do tecido da sua roupa, acreditando ser o telefone.
9. Bocejar
10 coisa estranhas que acontecem com nosso corpo
É muito contagioso. Simplesmente olhar a foto de uma pessoa (ou um animal) bocejando, ou até mesmo ler este texto agora, pode fazer você bocejar. Em 2014, finalmente surgiu uma teoria global que explica que o corpo que boceja para resfriar o cérebro.
Bocejar atrai ar frio e aumenta a circulação no cérebro, eliminando o excesso de calor. Sabe-se que nosso cérebro esquenta durante situações estressantes e antes do exercício, bem como quando estamos cansados. E quando estamos entediados, o aumento da circulação mantém o cérebro mais alerta.

10. O soluço

Todo mundo passa por um período de soluço durante a vida e, exceto em casos raros, essa reação involuntária se dissipa rapidamente. Os cientistas agora acreditam que os soluços evoluíram como uma maneira de os bebês expulsarem o ar do estômago, permitindo que eles efetivamente arrotassem e sugassem leite.
Essa teoria é corroborada pelo fato de que apenas os mamíferos têm soluços.
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade