header print

Como Escolher o Melhor Calçado Para Dias Quentes

O Editor: Laura Dias

 Já estamos no outono no Brasil e é a partir de agora que as temperaturas começam a cair, teoricamente. Entretanto, o brasileiro tem desfrutado de dias quentes e ensolarados entremeados por dias de chuva.  Sabendo disso, é preciso manter os sapatos de verão à mão e saber qual é mais adequado em dias quentes. Este também é um bom momento para comprar calçados novos, pois há muitas promoções de troca de estação. Em qualquer cenário, você está correndo o risco de ter um problema em suas mãos, já que muitos dos sapatos que costumamos usar em dias quentes prejudicam nossos pés, deixando-os vulneráveis, com os chinelos sendo um dos mais perigosos do grupo. Para ajudá-lo nessa busca pelo calçado mais seguro, escrevemos este artigo inteiro dedicado aos prós e contras dos calçados para dias quentes.

1. Chinelos

Os chinelos são fáceis de colocar e retirar, e geralmente são fabricados com materiais resistentes à água que os tornam duráveis, especialmente quando usados ​​na praia. É por isso que colocar um par de chinelos na praia ou em um piquenique é aceitável. No entanto, usar chinelos por longos períodos de tempo (mais de 1-3 horas todos os dias) pode prejudicar sua saúde. Veja como:

  • Pode agravar problemas existentes, como calcanhares rachados, pé de atleta e calos.
  • Andar em chinelos por períodos extensos de tempo é mais cansativo do que qualquer outro calçado, já que eles não aderem bem ao pé e não têm apoio de salto e arco. 
 
usar chinelo
  • O desgaste prolongado dos chinelos pode causar bolhas entre os dedos.
  • Chinelos são especialmente propensos a causar uma condição chamada fasceíte plantar, que é o alongamento excessivo, inflamação e lacrimejamento da fáscia na parte inferior dos pés, que pode ocorrer como resultado de andar descalço ou em sapatos mal ajustados. 
  • Por fim, os chinelos não protegem o pé de quaisquer ferimentos e queimaduras de sol, por isso são inadequados para atividades esportivas, caminhadas ou até mesmo um churrasco. 

Para aproveitar ao máximo seus chinelos, siga estas dicas:

1. Não os use por mais de 3 horas diárias.

2. Quando você usar chinelos, não esqueça de passar protetor solar em cima dos pés, pois esta área é propensa a queima.

3. Faça pausas quando precisar andar por mais de 30 minutos em chinelos.

4. Use chinelos apenas quando forem necessários, como por exemplo na praia ou na piscina.

5. Opte por chinelos mais bem ajustados que se adaptem melhor ao pé, pois estes não baterão tanto nos seus calcanhares e serão mais confortáveis. Se você puder encontrar um, consiga um par com suporte de arco.

2. Sapatos Casuais (como sapatilha, tênis tipos Allstar, sapatênis)

usar chinelo

Todos estes sapatos são bastante populares no verão, já que são menos fechados do que uma bota, por exemplo. Eles oferecem mais proteção e ainda assim são fáceis de manter, ao contrário dos chinelos. No entanto, mesmo esses sapatos podem ser prejudiciais à sua postura e saúde, veja como:

  • Sapatos baixos geralmente não possuem apoio de calcanhar e arco, o que pode potencialmente causar alterações patológicas na postura, dor no joelho, etc.
  • As variedades mais baratas muitas vezes não são muito frescas e podem fazer seus pés suarem em dias quentes. Esse ambiente quente e úmido, por sua vez, pode promover a disseminação de bactérias e fungos, que podem causar desde chulé até infecções fúngicas. 

Para encontrar um bom par de calçados confortáveis para dias quentes, certifique-se de que eles são respiráveis e feitos de materiais de alta qualidade. Se seus sapatos não têm arcos ortopédicos, você pode comprar palmilhas especiais que impedem que seus pés fiquem machucados.

3. Sandálias

usar chinelo

Se procura um par de calçado aberto que seja extremamente respirável, ajustado e que suporte os pés, as sandálias são a sua melhor aposta. E enquanto ainda não são adequadas para corrida, visto que não oferecem proteção suficiente para os pés, elas são uma ótima opção para longas caminhadas pela cidade e outras atividades ao ar livre. Além disso, muitas vezes elas são feitas de materiais naturais que não deixam seus pés suados. Aqui está o que você deve estar ciente quando usar sandálias:

1. Sandálias podem ser muito diferentes. As solas de algumas sandálias são muito planas e finas, o que cria o mesmo tipo de repercussão que qualquer outro calçado plano: pés doloridos e cansados ​​e má postura. Por isso, recomenda-se escolher um par com sola mais grossa e arco suportado.

2. Escolha um par que seja ajustável para garantir que eles se ajustem aos pés, caso contrário, elas não serão melhores do que os chinelos.

3. Opte por materiais naturais que respiram e evitam que seus pés suem.

4. Ao escolher uma sandália de salto alto, não aceite mais de 5 cm e procure um salto ou uma plataforma robusta.

4. Sapatos de salto alto

Nesta categoria incluímos salto agulha, sapatos de plataforma, saltos mais baixos em uma variedade de estilos, materiais e formas. Quando o salto é maior do que 5 cm, pode causar vários problemas, como:

  • A bursite posterior é uma protuberância óssea no seu calcanhar, que parece um calo. Ela podem ser muito dolorosa e, infelizmente, é crônica.
usar chinelo

Ao usar saltos altos, você carrega a maior parte do seu peso sobre os dedos dos pés e as articulações esféricas dos pés, o que é uma postura pouco natural, pois normalmente o peso é distribuído uniformemente por todo o pé. Isso pode causar dor e ferimentos na parte da frente dos pés.
 
Quem usa sapatos de salto alto é mais propensos a torcer o tornozelo, que pode se esticar ou, em casos mais graves, romper os ligamentos na articulação do tornozelo.

Ainda assim, um belo sapato de salto alto pode acentuar sua postura e ser a única escolha complementar a um vestido em uma noite de gala. Aqui estão algumas dicas sobre como escolher e usar sapatos de salto alto:

1. Não pegue sapatos com um salto maior que 4 centímetros.

2. Opte por um salto médio ou plataforma e não por salto fine, que proporcionará mais apoio.

3. Não compre um par de saltos que não seja confortável ou estável, não importa o quão lindos eles possam parecer. Saltos desconfortáveis ​​são mais propensos a causar lesões nos pés e torcer os tornozelos.

4. Experimente seus sapatos de salto alto antes de usá-los. Embora isso seja verdade sobre a maioria dos sapatos, os saltos podem causar bolhas, por isso certifique-se de usá-los em casa antes de usá-los ao ar livre.

5. Sapatilhas e tênis

usar chinelo

O último item da nossa lista é provavelmente o melhor calçado. É respirável, leve, oferece ampla proteção, suporta os arcos dos pés e pode ser facilmente ajustado. É adequado para a maioria dos tipos de atividades e não machuca os pés. Mas mesmo esses sapatos aparentemente perfeitos podem ser potencialmente prejudiciais aos seus pés.

1. Por um lado, tênis de má qualidade muitas vezes não são frescos ​​o suficiente e podem exacerbar infecções de pé e bactérias, então escolha um par que é seja ventilado.

2. Mesmo as melhores sapatilhas de qualidade podem deixar os seus pés suados, por isso certifique-se de usar um par diferente todos os dias para os deixar ventilar.

3. Os tênis com sola grande tipo plataforma são uma tendência popular e podem ajudar a fortalecer os músculos dos pés, mas não são recomendados para idosos, pois podem afetar a força ou o equilíbrio muscular.

4. Não escolha um sapato apertado ou solto demais ao redor da ponta do pé, pois isso também pode afetar a distribuição de peso pelos pés. Um sapato muito apertado, por exemplo, pode até causar dormência e dor nos dedos dos pés, por isso é importante usar um par de tênis que caiba no tamanho e no formato do seu pé.

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Clique aqui "Registre-se", para concordar com os Termos e a Política de Privacidade