header print

Conheça a Misteriosa Gruta de Conchas de Margate

 

Oculta no subsolo profundo na pequena cidade britânica de Margate, no condado de Kent, há uma gruta envolta em completo mistério. Adornada com 4,6 milhões de conchas e com 22 metros de passagens subterrâneas sinuosas que conduzem a uma câmara retangular, esta insólita gruta é, sem dúvida, um local digno de observação.

 

Narra a história que, em 1835, um agricultor estava, como de costume, trabalhando no campo, ao enfiar uma pá no solo, ela afundou na terra. O fazendeiro percebeu que estava de pé sobre algo oco, mas foi incapaz de ver qualquer coisa a partir da superfície. A notícia se espalhou pela cidade, e um professor da escola local ofereceu seu filho, Joshua, para que entrasse no buraco com uma vela e investigasse o que havia por lá. Depois de sair da caverna misteriosa, Joshua descreveu salas cheias de centenas de milhares de conchas cuidadosamente arranjadas.

A misteriosa gruta de conchas de Margate
A gruta das conchas é adornada com símbolos colocados como se fossem mosaicos feitos com milhões de conchas. Alguns deles celebram a vida; outros lembram da morte. 
A misteriosa gruta de conchas de Margate
A gruta das conchas apresenta uma passagem, uma cúpula e uma câmara de altar.
A misteriosa gruta de conchas de Margate
As conchas da gruta incluem vieiras, mexilhões, búzios, amêijoas, caramujos e ostras, e todas podem ser encontradas naquela região. No entanto, as conchas planas devem ter sido trazidas de outro lugar.
A misteriosa gruta de conchas de Margate
 
A misteriosa gruta de conchas de Margate
Com tantos e intrincados detalhes, em uma escala tão grande, duas questões ainda permanecem: que construiu esta caverna subterrânea e para quê?
A misteriosa gruta de conchas de Margate
Envolta em mistério, alguns acreditam que a gruta já teve significado religioso - principalmente devido ao teto abobadado e ao espaço reservado para um altar.
A misteriosa gruta de conchas de Margate

Ninguém sabe a idade desta gruta, mas algumas teorias indicam que ela tenha sido construída há cerca de 3 mil anos.

Outra teoria sustenta que a gruta foi criada como uma extravagância de um aristocrata em algum momento em 1700. Esta explicação proposta é validada pelo fato de que grutas subterrâneas foram realmente muito populares na Europa em 1700, especialmente entre os ricos. O único problema com esta teoria, porém, é que a localização desta gruta é numa terra de plantio - uma terra que nunca tinha sido parte de uma grande propriedade onde essas edificações criadas apenas por capricho e diversão teriam sido executadas.

Outros acreditam que ela pode ter sido usada como um calendário astrológico no passado.

Há aqueles também que dizem que a gruta deve, de alguma forma, estar conectada com os maçons ou os Cavaleiros Templários.

Outros acreditam que a gruta pode datar de 12 mil anos, sustentando que  está conectada a uma misteriosa cultura mexicana.

A misteriosa gruta de conchas de Margate

Seu mistério tem deixado as pessoas completamente perplexas, tanto assim que na década de 1930, eram realizadas sessões espíritas, com a esperança de entrar em contato com os espíritos de quem construiu a gruta.

Ao que parece, tão cedo não se irá descobrir a origem deste local misterioso. A idade das conchas pode ser determinada através de datação por carbono, de acordo com o site da Gruta das Conchas, mas é um processo caro e outras questões de conservação estão sendo priorizadas.

Uma coisa é clara, porém: a disposição das conchas deve ter levado inúmeras horas de minucioso trabalho.

A misteriosa gruta de conchas de Margate
Infelizmente, muitas conchas da gruta desapareceram ao longo do tempo, perdendo seu brilho através de danos causados pela água. Ela deve ter sido deslumbrante e colorida quando foi construída. Esta recriação mostra como pode ter sido na época. Com mais de 4,6 milhões de conchas, certamente deve ter sido impressionante!
A misteriosa gruta de conchas de Margate

Desde a sua descoberta, a Gruta de Conchas de Margate foi aberta ao público, pela primeira vez pelo pai de Joshua, o professor da escola. Em 1835, ele rapidamente comprou a terra e começou a renovar a gruta para torná-la adequada para receber visitantes. Dois anos depois, em 1837, o local foi aberto ao público pela primeira vez, recebendo a visita de curiosos turistas até hoje.

Créditos: viralnova.com

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: