header print

12 Hábitos Que Te Impedem de Ser Feliz

Todos nós estamos em busca de algo: uma família bem estruturada, boa saúde, uma carreira que nos satisfaça profissional e financeiramente, além de bens materiais, como carro, casa, dinheiro na conta bancária, etc. Mas o que de fato nos move é a busca pela felicidade. Muitos acham que ser feliz é ter bens, já outros preferem viajar, enquanto alguns optam por uma vida tranquila ao lado da família, mas todos nós queremos ser felizes do nosso jeito.

Com o passar do tempo, é normal que criemos hábitos, e nem todos são ruins para nós. O ideal é criar hábitos saudáveis, como praticar exercícios físicos, se alimentar adequadamente, aprender coisas novas... Enfim, práticas que nos induzem a uma vida melhor.

No entanto, infelizmente, muitas pessoas têm hábitos negativos, que destroem a sua felicidade. Isso resulta em uma série de problemas na vida - as pessoas se afastam, os sonhos não são realizados, o dinheiro diminui e até a saúde piora. Por isso, separamos aqui 12 hábitos nocivos que podem estar levando a sua felicidade embora. Leia com atenção e reflita, ou mande este artigo para alguém que esteja seguindo esses costumes.

 
 
 

1. Se apegar aos seus valores e se recusar a ceder ou mudar

A vida é um constante aprendizado, dos 10 aos 80 anos. Se você fecha as portas para o aprendizados, imediatamente para de crescer, em todos os sentidos, desde o profissional até como indivíduo. Deixe de lado essa ideia de que não precisamos de novos ensinamentos e valores só porque a idade avança. Muitas pessoas terminaram sozinhas por estarem apegadas a valores arcaicos. O mundo muda, as sociedades também. O resultado são novos amigos e uma nova forma de ver a humanidade.

 

2. Resistir aos desafios e mudanças da vida

Nada pode ser tão doloroso quanto resistir aos desafios que a vida lhe propõe. Isso é teimosia, e faz muito mal. Mesmo que sejam mudanças difíceis no início, tenha em mente que tudo isso faz parte do processo da vida e que no fim tudo irá terminar bem. Mesmo que você goste de uma vida tranquila com foco na rotina, algo pode acontecer. Encare com um aprendizado. Se ainda estiver difícil, olhe para trás e veja quantas situações difíceis você já superou ao invés de brigar com si mesmo e com o seu destino.
 

3. Ouvir a opinião de quem não importa

As pessoas adoram opinar, principalmente de forma negativa e desencorajadora. O que você quer para a sua vida diz respeito a si mesmo, para os seus anseios, necessidades e a sua forma de ser feliz. A maioria das pessoas, por estarem tão renitentes a mudanças ou até mesmo infelizes, têm o péssimo hábito de criticar a vida dos outros e, pior ainda, quando alguém está disposto a mudar. Porém, um hábito ainda pior é ouvir e aceitar essas opiniões. Feche seus ouvidos e bloqueie sua mente contra opiniões alheias que não acrescentam nada à sua vida e siga em frente.

 
 

4. Focar sua vida na vida dos outros

Isso é muito comum em casais e vida em família, e pode ser muito nocivo não somente para você mas também para o outro. Só pensar e agir para o outro, de acordo com o outro e negligenciar a sua vida pode ser muito nocivo. Quantas pessoas fazem isso e estão infelizes? É claro que a felicidade do seu companheiro ou família são importantes, mas se você está infeliz, isso vai refletir nos seus relacionamentos. Faça o seu próprio caminho e divida com eles.
 

5. Pensar só nos problemas

Problemas todos nós temos. Não adianta. Faz parte da vida e é uma oportunidade de aprendizado e amadurecimento, independentemente da faixa etária. E esses problemas podem se tornar grandes monstros que podem te engolir por completo se você pensar nisso noite e dia. Isso pode até te paralisar, e então como resolver tudo isso?

Antes de tudo, dê um passo de cada vez, resolva as coisas sem se preocupar com o amanhã. E o mais importante: mantenha uma atitude positiva, isso vai lhe ajudar a controlar a sua mente e os pensamentos negativos. Tudo tem solução. Além disso, não esqueça que, mesmo com problemas, sempre temos coisas boas na nossa vida. Pense nisso.
 

6. Achar que está sempre certo

Volte ao tópico 3 deste artigo. Você pode estar fazendo algo parecido. Ao insistir em dizer que está sempre com a razão e que a sua opinião é a que vale, está perdendo a maravilhosa oportunidade de aprender coisas novas, além de destruir relacionamentos.

Nem sempre estamos certos. Saiba ouvir o outro. Isso é essencial em uma relação, seja a dois ou com familiares, amigos e até mesmo no ambiente de trabalho. Ao insistir na sua opinião, além de afastar pessoas queridas, você corre o grande risco de se tornar uma pessoa solitária e infeliz justamente pela falta de flexibilidade.

 
 

7. Não deixar o outro ir

É muito importante construir relacionamentos saudáveis e com amor, mas preste atenção no que está acontecendo no seu relacionamento agora. Por acaso o outro retribui da mesma forma que você? Se a resposta for não, isso significa que a relação está a ponto de terminar. E, sim, é muito doloroso, principalmente quando amamos o outro, mas o melhor a fazer é deixar a outra pessoa ir. Aprisioná-la em um relacionamento é prejudicial à saúde psíquica, física e sentimental. Se você realmente ama alguém, deve permitir que ela siga o seu caminho. E se a pessoa está infeliz, você também estará. Isso é agir com egoísmo, e egoísmo nos torna infelizes. E o mesmo vale para familiares, amigos e filhos. A felicidade é livre.
 

8. Amar mais os outros do que a si mesmo

É importante amarmos os outros, como cônjuges, filhos, familiares, amigos, enfim. Amor é essencial em nossas vidas. Agora pare e reflita: há quanto tempo você não ama a si mesmo? O amor próprio reflete nos outros. Você simplesmente não pode sentir isso por todos e esquecer do seu bem-estar emocional. Um dia a vida lhe pedirá para olhar para si, não esqueça dos seus sentimentos, da sua saúde, da sua vida! É um reflexo natural: quanto mais gostar de si mesmo, mais os outros gostarão de você.

10. Achar que as pessoas devem ser como você

Isso é como uma extensão do egoísmo. Além de agir pensando única e exclusivamente em si mesmo, tentar mudar a forma como os outros agem, pensam, enfim, vivem, também é ser um pouco egoísta. E pense: assim como você, os outros também passam por situações difíceis e dias ruins, portanto, respeite. E tem mais: achando que os outros precisam ser como você só vai te trazer muita frustração.
 

11. Apegar-se ao passado

Este é um dos piores tópicos. Esquecer o passado é imprescindível para ter uma vida plena e cheia de felicidade. Mas você pode perguntar agora: mas a minha vida estava melhor há anos, eu tinha isso e aquilo, e agora? Mesmo assim. Pense que, assim como aquele momento passou, este também irá passar e assim por diante. A vida é cíclica. Guarde as boas lembranças com carinho na sua memória, mas sem apego. Quanto aos momentos difíceis, esses sim devem ser apagados da memória. Estar conectado ao passado, seja ele bom ou ruim, vai te trazer infelicidade.

 

12. Esperar a felicidade

Da mesma forma que se apegar ao passado vai te deixar infeliz, pensar que a felicidade está no futuro vai te tornar, além de infeliz, uma pessoa muito ansiosa. Muitos dizem: "quanto tiver aquele carro serei feliz", ou "quando eu tiver aquele relacionamento aí sim serei feliz", e por aí vai. E o que você tem hoje? Não conta? O que te impede de ser feliz com o que você tem? Como disse Buda: "O segredo da saúde, mental e corporal, está em não se lamentar pelo passado, não se preocupar com o futuro, nem se adiantar aos problemas, mas viver sábia e seriamente o presente".

 
Fonte: lifehack.org

 

Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer:
Registre-se Gratuitamente
Você quis dizer: